Como a Identidade de uma São Paulo Cultural é Vendida: um Estudo da Agregação da Identidade de São Paulo, SP, Brasil Outros Idiomas

ID:
49674
Periódico:
Resumo:
A identidade é instável e devido a isso pode mudar com diversos fatores como: sociedade, época, atores sociais, política e meios de comunicação. Antes São Paulo era a terra da garoa, e hoje a garoa se tornou mínima perto do que acontece na vida cosmopolita da cidade. Com isso, o objetivo da presente pesquisa é investigar se a identidade de São Paulo faz jus ao que ela oferece de entretenimento cultural. Por meio de uma pesquisa de gabinete, analisam-se as identidades da cidade ao longo dos anos, assim como, através de uma coleta de dados online, estuda-se como as agências e operadoras turísticas representam a capital nos seus sites, ou seja, para os turistas. Os resultados da coleta foram reproduzidos em duas imagens de nuvens de palavras, uma com os adjetivos da descrição de “Sampa”, e outra com os atrativos mais indicados. Observou-se que o entretenimento na cidade já é destaque, sendo considerada a capital do entretenimento da América Latina.
Citação ABNT:
MASSINI, V. N.; LEONARDE, A. Como a Identidade de uma São Paulo Cultural é Vendida: um Estudo da Agregação da Identidade de São Paulo, SP, Brasil. Turismo em Análise, v. 29, n. 1, p. 74-88, 2018.
Citação APA:
Massini, V. N., & Leonarde, A. (2018). Como a Identidade de uma São Paulo Cultural é Vendida: um Estudo da Agregação da Identidade de São Paulo, SP, Brasil. Turismo em Análise, 29(1), 74-88.
DOI:
http://dx.doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v29i1p74-88
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/49674/como-a-identidade-de-uma-sao-paulo-cultural-e-vendida--um-estudo-da-agregacao-da-identidade-de-sao-paulo--sp--brasil/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BASTOS, S., & Nova, M. (2012). Guias de viagem e de turismo da Cidade de São Paulo (1924 e 1954): hospitalidade e patrimônio. Turismo em Análise, 23(3), 509-526. doi: 10.11606/issn.1984-4867.v23i3p509-526

BAUMAN, Z. (2005). Identidade: entrevista a Benedetto Vecchi (C. A. Medeiros, trad.). Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

BENHAMOU, F. (2007) A economia da cultura (G. G. Souza, trad.). Cotia: Ateliê Editorial.

BRAGA, D. C. (2005). À margem das feiras de negócios: uso do tempo livre do turista em São Paulo. Tese de Doutorado, Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo.

BRASIL. Ministério do Turismo. (2016). Estudo da demanda turística internacional 2011-2015. Brasília: Ministério do Turismo.

CARVALHO, L. (2006). Desafios para consolidar um destino turístico: estudo preliminar do caso cidade de São Paulo. Turismo em Análise, 17(3), 24. doi: 10.11606/issn.19844867.v17i3p24-35

CASTELLS, M. (2008). O poder da identidade (6ª ed.). São Paulo: Paz e Terra.

COELHO, T. (1989). O que é indústria cultural (13ª ed.). São Paulo: Brasiliense.

D’ALESSIO, P. (2008). São Paulo cidade espetáculo: metrópole da diversidade brasileira. São Paulo: Dialeto.

DEBORD, G. (2008). A sociedade do espetáculo. Rio de Janeiro: Contraponto.

DUMAZEDIER, J. (2000). Lazer e cultura popular (3ª ed.). São Paulo: Perspectiva.

GIOIELLI, R. (2005). A identidade líquida: a experiência identitária na contemporaneidade dinâmica. Dissertação de Mestrado, Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo.

HUGHES, H. (2004). Artes, entretenimento e turismo (M. A. Carvalho, trad.). São Paulo: Roca.

LEIVA, J. (Org.). (2014). Cultura SP: hábitos culturais dos paulistas [Versão digital]. São Paulo: Tuva. Recuperado de http://www.pesquisasp.com.br/index.html

LEONARDE, A., & Uvinha, R. R. (2016). A cidade do entretenimento: um estudo sobre a identidade cultural da cidade de São Paulo. Caderno Virtual de Turismo, 16(1), 32-45. doi: 10.18472/cvt.16n1.2016.0935

MAZZON, J., & Vera, L. (2008). A opinião dos turistas de negócios sobre a imagem da cidade de São Paulo. Turismo em Análise, 19(3), 345-368. doi: 10.11606/issn.19844867.v19i3p345-368

OBSERVATÓRIO do Turismo (2013). São Paulo: capital internacional dos negócios. São Paulo: Observatório do Turismo.

OBSERVATÓRIO do Turismo (2014). Quem foi turista em 2014? São Paulo: Observatório do Turismo.

OBSERVATÓRIO do Turismo (2017). São Paulo: cidade do mundo 2017. São Paulo: Observatório do Turismo.

PIRES, M. J. (2001). Lazer e turismo cultural. São Paulo: Manole.

SALIBA, E. T. (2014). Histórias, memórias, tramas e dramas da identidade paulistana. In P. Porta, História da cidade de São Paulo: a cidade na primeira metade do século XX (1890-1954) (pp. 555-585). São Paulo: Paz e Terra

TRIGO, L. G. G. (2003). Entretenimento: uma análise cultural e econômica. Tese de LivreDocência, Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo.

TRIGO, L. G. G. (2008). Entretenimento: uma crítica aberta. São Paulo: Senac.