Competências Docentes para o Ensino Superior em Administração: A Ótica dos Graduandos de três Universidades Da Bahia Outros Idiomas

ID:
49941
Resumo:
Fruto de uma pesquisa mais ampla sobre docência superior no campo da Administração, este artigo buscou identificar quais as competências que compõem o perfil do professor excelente na área de Administração na ótica dos próprios estudantes de graduação em Administração. A pesquisa adotou uma abordagem qualiquantitativa, utilizando-se do Discurso do Sujeito Coletivo como estratégia de análise dos dados. O material empírico foi coletado junto a 87 estudantes de graduação de três universidades da Bahia. A partir da análise do material empírico, identificou-se 44 competências caracterizadoras do professor excelente na área de Administração, embora somente 22 delas foram mais profundamente analisadas devido ao quesito representatividade. Convém ressaltar que tais competências corroboram as pesquisas anteriores sobre o tema (MARSH, 1991; FRIEDMAN, 1999; LOWMAN, 2007; PAN et al., 2009; DELANEY et al., 2010) e, em certa medida, acrescentam detalhes a partir da apresentação dos discursos coletivos.
Citação ABNT:
SOUZA-SILVA, J. C.; PAIXÃO, R. B.; SILVA, A. P.; ALVES, M. V. P. Competências Docentes para o Ensino Superior em Administração: A Ótica dos Graduandos de três Universidades Da Bahia. Organizações & Sociedade, v. 25, n. 86, p. 457-484, 2018.
Citação APA:
Souza-silva, J. C., Paixão, R. B., Silva, A. P., & Alves, M. V. P. (2018). Competências Docentes para o Ensino Superior em Administração: A Ótica dos Graduandos de três Universidades Da Bahia. Organizações & Sociedade, 25(86), 457-484.
DOI:
10 .1590/1984-9250866
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/49941/competencias-docentes-para-o-ensino-superior-em-administracao--a-otica-dos-graduandos-de-tres-universidades-da-bahia/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ALEAMONI, L. M. Student Rating Myths Versus Research Facts From 1924 to 1998. Journal of Personnel Evaluation in Education, v. 13, n. 2, p. 153-166, 1999.

AXELROD, P. Student perspectives on good teaching: what history reveals. Academic Matters, v. 14, n. 1, p. 61-74, 2006.

BAUER, M. A. L. Os Paradoxos da Administração: ambiguidades e desafios no ensino e aprendizagem de administração. Revista ANGRAD, v. 5, p. 41-58, 2004.

BENNIS, W. G.; O’TOOLE, J. How business schools lost their way. Harvard Business Review, v. 5, n. 83, p. 98-104, 2005.

BOYATZIS, R. E. The competent Manager. New York: John Wiley & Sons, 1982.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9394, 20 de dezembro de 1996.

BROPHY, J.; GOOD, T. Teacher behavior and student achievement. In: WITTROCK, M. Handbook of research on teaching. 3. ed. New York: Macmillan, p. 328-375, 1996.

CHISM, N. V. N. Teaching Awards: What do They Award? The Journal of Higher Education, v. 77, n. 4, p. 589-617, july/aug.; 2006.

CRAWFORD, L.; NAHMIAS, A. H. Competencies for managing change. International Journal of Project Management, v. 28, n. 4, p. 405-412, 2010.

DELANEY, J. et al. Students’ perceptions of effective teaching in higher education. St. Johns’, NL: Distance Education and Learning Technologies, 2010.

FLEURY, M. T.; FLEURY, A. Alinhando estratégia e competências. Revista de Administração de Empresas, v. 44, n. 1, p. 44-57, 2004.

FREITAS, M. E. A carne e os ossos do ofício acadêmico. Organizações & Sociedade, Salvador, v. 14, n. 42, p. 187-191, 2007.

FRIEDMAN, I. A. Appropriate Teacher Work-Autonomy Scale. Educational and Psychological Measurement, v. 59, p. 58-76, 1999.

FRIGA, P. N.; BETTIS, R. A.; SULLIVAN, R. S. Mudanças no ensino em Administração: novas estratégias para o século XXI. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, n. 1, v. 44, p. 96-115, 2004.

GODOY, A. S. et al. O desenvolvimento das competências de alunos formandos do curso de Administração: um estudo de modelagem de equações estruturais. Revista de Administração, São Paulo, v. 44, n. 3, p. 265-278, 2009.

GREENBERG, D. N.; CLAIR, J. A.; MACLEAN, T. L. Enacting the role of management professor: lessons from Athena, Promotheus, and Asclepius. Academy of Management Learning & Education, v. 6, n. 4, p. 439-457, 2007.

GROHMANN, M. Z.; RAMOS, M. S. Competências docentes como antecedentes da avaliação de desempenho do professor: percepção de mestrandos de Administração. Avaliação, v. 17, n. 1, p. 65-86, 2012.

GUSMÃO, S. S. A formação do professor para o ensino superior em Administração. 2014. 102f. Dissertação (Mestrado em Administração). Universidade Salvador, Salvador, 2014.

HAMACHEK, D. Effective teachers: what they do, how they do it, and the importance of self-knowledge. In: LIPKA, R. P.; BRINTHAUPT, T. M. (Org.). The role of self in teacher development. New York: State University of New York Press, p. 189-224, 1999.

JODELET, D. Répresentations sociales: un domaine en expansion. In: JODELET, D. (Org.). Répresentations sociales. Paris: PUF. p. 31-61, 1989.

KEMSHAL-BELL, G. The Online Teacher: Final Report prepared for the Project Steering Committee of the VET Teachers and On-line Learning Project. ITAM, ESD, TAFENSW. Department of Education and Training, TAFE NSW, 2001.

KORTHAGEN, F. A. J. In search of the essence of a good teacher: towards a more holistic approach in teacher education. Teaching and Teacher Education, v. 20, n. 1, p. 77-97, 2004.

KÜHL, M. R. et al. O valor das competências docentes no ensino da Administração. Revista de Administração, v. 48, n. 4, p. 783-799, 2013.

LE BOTERF, G. Desenvolvendo a competência dos profissionais. Porto Alegre: Bookman, 2003.

LEFEVRE, F. Depoimentos e discursos. Uma proposta de análise em pesquisa social. Brasília: Liberlivro Editora, 2005.

LEFEVRE, F.; LEFEVRE, A. M. C. Pesquisa de Representação Social: um enfoque qualiquantitativo. Brasília, DF: Liberlivro. 2. ed. 2012.

LEFEVRE, F.; LEFEVRE, A. M. C.; TEIXEIRA, J. J. V. O discurso do sujeito coletivo: uma nova abordagem metodológica em pesquisa qualitativa. Caxias do Sul: EDUCS, 2000.

LEFEVRE, F.; LEFEVRE, A. M. O sujeito coletivo que fala. Interface: Comunicação, Saúde e Educação, v. 10, n. 20, p. 517-524, 2006.

LOWMAN, J. Dominando as técnicas de ensino. São Paulo: Atlas, 2007.

MANGANELLI, A. A mercantilização do ensino superior: um olhar para os trabalhadores docentes. 2008. 103 f. Monografia (Bacharelado em Ciências Econômicas) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. 2008.

MARSH, D. Privatization under Mrs. Teacher: a review of the literature. Public Administration, v. 69, n. 4, 1991.

MARSH, H. W.; HATTIE, J. The relation between research productivity and teaching effectiveness: complementary, antagonistic or independent constructs? The Journal of Higher Education, v. 73, n. 5, p. 603-641, 2002.

McCLELLAND, D. C. Testing for competence rather than for intelligence. American Psychologist, v. 28, p. 1-14, 1973.

MIRON, M.; MEVORACH, M. The “good professor” as perceived by experienced teachers who are graduate students. Journal of Education and Training Studies, v. 2, n. 3, p. 82-87, 2014.

MORRISON, A.; MCINTYRE, O. Os professores e o ensino. Rio de Janeiro: Imago, 1997.

NOGUEIRA, A. J. F. M.; BASTOS, F. C. Formação em administração: o GAP de competências entre alunos e professores. Revista de Gestão, São Paulo, v. 19, n. 2, p. 221-238, 2012.

NOGUEIRA, D. R.; CASA NOVA, S. P. C.; CARVALHO, R. C. O. O bom professor na perspectiva da geração Y: uma análise sob a percepção dos discentes de Ciências Contábeis. Enfoque, v. 31, p. 37-52, 2012.

PAIXÃO, R. B. et al. O constructo assédio moral na relação aluno-professor na perspectiva de professores universitários. Revista de Gestão, v. 21, n. 3, p. 415-432, 2014.

PAIXÃO, R. B. et al. Por que ocorre?Como lidar?A percepção de professores de graduação em Administração sobre o assédio moral. Revista de Administração, São Paulo, v. 48, n. 3, p. 516-529, 2013.

PAN, D. et al. Profiling teacher/teaching using descriptors derived from qualitative feedback: formative and summative applications. Research High Education, v. 50, n. 1, p. 73-100, 2009.

PARRY, S. The quest for competences: competencies studies can help you make HR decision, but the results are only as good as the study. Trainning, v. 33, 48-56, 1996.

PEREIRA, L. M. R.; LOIOLA, E.; GONDIM, S. M. G. Aprendizagem de competências, suporte à transferência de aprendizagem e desempenho docente: evidências de validação de escala e teste de relações. Organizações & Sociedade, Salvador, v. 23, n. 78, p. 438-459, 2016.

PERRENOUD, P. 10 Novas Competências para ensinar. Porto Alegre: Artmed, 2000.

REICHEL, N.; ARNON, S. A multicultural view of the good teacher in Israel. Teachers and Teaching: theory and practice, v. 15, n. 1, p. 59-85, 2009.

SENO, J. P.; KAPPEL, L. B.; VALADÃO JÚNIOR, V. M. As percepções do professor universitário da área de gestão acerca das mudanças na educação superior: uma pesquisa com profissionais de instituições de ensino privadas do Triângulo Mineiro. Gestão & Regionalidade, v. 30, n. 88, p. 49-61, 2014.

SILVA, A. B.; COSTA, F. J. Itinerários para o desenvolvimento da competência docente na pós-graduação Stricto Sensu em Administração. Revista Economia & Gestão, v. 14, n. 34, p. 30-57, 2014.

SIQUEIRA, D. S. P. Administração - Há Vagas: expansão do ensino superior privado na Região Metropolitana de Salvador (1994 - 2000). 2001. 137 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2001.

SOUZA-SILVA, J. C. Aprendizagem organizacional: desafios e perspectivas ao desenvolvimento de comunidades de prática. Salvador: Editora Conhecimento Superior, 2007.

SOUZA-SILVA, J. C.; DAVEL, E. Concepções, práticas e desafios na formação do professor: examinando o caso do ensino superior de Administração no Brasil. Organizações e Sociedade, v. 12, n. 35, p.113-134, 2005.

TAKAHASHI, A. R. W. Cursos superiores de tecnologia em gestão: reflexões e implicações da expansão de uma (nova) modalidade de ensino superior em administração no Brasil. Revista de Administração Pública, v. 44, n. 2, p. 385-414, 2010.

TEIXEIRA, J. J. V.; LEFEVRE, F. Significado da intervenção médica e da fé religiosa para o paciente idoso com câncer. Ciência & Saúde Coletiva, v. 13, n. 4, p. 1247-1256, 2008.

TORDINO, C. A. Formação interdisciplinar de professores de Administração. Revista de Ciências da Administração, v. 10, n. 20, p. 95-115, jan./abr. 2008.

WHALE, D. Technology Skills a Criterion in Teacher Evaluation. Journal of Technology and Teacher Education, v. 14, n. 1, pp. 61-74, 2006.

ZARIFIAN, P. Objetivo competência: por uma nova lógica. São Paulo: Atlas, 2001.