Proposta de Reestruturação Organizacional do SESC/RN Outros Idiomas

ID:
50038
Resumo:
Sabendo-se da importância de se ter uma estrutura adequada às características e objetivos estratégicos da instituição, o presente estudo tem como objetivo elaborar uma proposta de reestruturação organizacional ao SESC/RN, tomando como base a literatura disponível. Para o alcance desse objetivo, a pesquisa, que se classifica como exploratória e descritiva, utiliza a estratégia de estudo de caso, já que representa o estudo de uma realidade única. Dessa maneira foram entrevistados 37 responsáveis pelas diferentes Unidades Organizacionais do SESC/RN. A partir dos dados colhidos, tornou-se possível avaliar com mais profundidade os componentes da antiga Estrutura Organizacional do SESC/RN, de forma a se identificar as principais lacunas a ela relacionadas. Por fim, uma nova Estrutura Organizacional foi proposta à instituição, tomando como base o Método de Estruturação sugerido por Seiffert e Costa, e os Componentes Organizacionais de Mintzberg.
Citação ABNT:
MARTINS, C. V.; ANDRADE, C. A.; FERNANDES, L. T.; COSTA, L. D. S. Proposta de Reestruturação Organizacional do SESC/RN . NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, v. 8, n. 3, p. 53-65, 2018.
Citação APA:
Martins, C. V., Andrade, C. A., Fernandes, L. T., & Costa, L. D. S. (2018). Proposta de Reestruturação Organizacional do SESC/RN . NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, 8(3), 53-65.
DOI:
http://dx.doi.org/10.22279/navus.2018.v8n3.p53-65.619
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/50038/proposta-de-reestruturacao-organizacional-do-sesc-rn-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BILHIM, J. Ciência na administração. Lisboa: Universidade Aberta, 2000.

CORAZZA, Rosana Icassatti. Gestão ambiental e mudanças da estrutura organizacional. RAE-eletrônica, v. 2, n. 2, p. 1-23, 2003.

CURY, Antônio. Organizações e métodos: uma visão holística. 8. ed. São Paulo: Atlas, 2005.

D’ASCENÇÃO, Luiz Carlos de. Organização sistemas e métodos: análise, redesenho e informatização de processos administrativos. São Paulo: Atlas, 2001.

GALBRAITH, Jay R. The business unit of the future. San Francisco: Jossey-Bass, 1993.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

JERICÓ, Marli de Carvalho; PERES, Aida Maris; KURCGANT, Paulina. Estrutura organizacional do serviço de enfermagem: reflexões sobre a influência do poder e da cultura organizacional. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 42, n. 3, p. 569-577, 2008.

LUPORINI, Carlos Eduardo Mor; PINTO Nelson Martins. Sistemas administrativos: uma abordagem moderna de O&M. São Paulo: Atlas, 1992.

MARTINS, Gilberto A. Estudo de caso: uma estratégia de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2006.

MINTZBERG, Henry. Structure in fives: Designing effective organizations. São Paulo: Prentice-Hall, Inc, 1993.

MINTZBERG, Henry; QUINN, James B. O processo da estratégia. Trad. James Sunderland Cook. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

NADLER, David; GERSTEIN, Marc S.; SHAW, R. Arquitetura organizacional: a chave para a mudança organizacional. Rio de Janeiro: Campus, 1993.

OLIVARES, Jose Enrique Louffat. Negociação para configurar o desenho da estrutura organizacional em rede. Caderno de Pesquisas em Administração, v. 9, n. 3, p. 13-26, 2002.

OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Sistemas de organização e métodos: uma abordagem gerencial. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2000.

OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Sistemas de organização e métodos: uma abordagem gerencial. São Paulo: Atlas, 2002.

OLIVEIRA, Maria Marly. Como fazer pesquisa qualitativa. Petrópolis: Vozes, 2007.

PATAH, Leandro Alves; CARVALHO, M. M. D. Alinhamento entre estrutura organizacional de projetos e estratégia de manufatura: uma análise comparativa de múltiplos casos. Gestão & Produção, v. 16, n. 2, p. 301-312, 2009.

SEIFFERT, Peter Quadros; COSTA, João Alípio da Silva. Estruturação organizacional: planejando uma nova estrutura. São Paulo: Atlas, 2007.

SILVA, Clóvis L. Machado da; FONSECA, Valéria Silva da. Estruturação da estrutura organizacional: o caso de uma empresa familiar. Organizações & Sociedade, v. 1, n. 1, p. 42-71, 1993.

SIQUEIRA, Mirlene Maria Matias; AMARAL, Derly Jardim do. Relações entre Estrutura Organizacional e Bem-Estar Psicológico. REA-Revista Eletrônica de Administração, v. 5, n. 1, p. 1-16, 2006.

TRIGUEIRO-FERNANDES, L. Componentes da Estrutura Organizacional e sua influência do comprometimento e desempenho da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Tese (Mestrado em Administração) Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.

VERGARA, Sylvia Constant. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2004.

VILLELA, Cristiane da Silva Santos. Mapeamento de processos como ferramenta de reestruturação e aprendizado organizacional. 2000. 81 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2000.

YIN, Robert K. Applications of case study research. New York: Sage, 2011.