Apropriações simbólicas e espaciais em organizações: o “jeitinho brasileiro” no bar “sofá da hebe”

ID:
50200
Resumo:
O presente artigo busca desvendar os aspectos simbólicos que permeiam a cultura organizacional de um bar, localizado num espaço de Vitória/ES. A organização que iniciou suas atividades sem placa de identificação, em uma loja preterida pelo comércio local, adotou como nome o apelido atribuído ao espaço em frente à sua fachada. Este é o "Sofá da Hebe", um espaço frequentado por jovens nas noites capixabas. Para a consecução do objetivo, desenvolveu-se uma pesquisa de cunho qualitativo e inspiração etnográfica. A obtenção de dados se fez por meio de observações participantes, diário de campo e entrevistas não estruturadas. Os dados foram tratados com o uso da análise de conteúdo. A categoria central que norteou a interpretação dos dados foi o jeitinho. Assim, os resultados mostram que este se faz presente no cotidiano dessa organização em suas variações de favor, quebra galho, navegação social e contravenção.
Citação ABNT:
DOMINGUES, F. F.; GRIPP, E. C. M. B.; FANTINEL, L. D. Apropriações simbólicas e espaciais em organizações: o “jeitinho brasileiro” no bar “sofá da hebe”. Farol - Revista de Estudos Organizacionais e Sociedade, v. 4, n. 09, p. 205-255, 2017.
Citação APA:
Domingues, F. F., Gripp, E. C. M. B., & Fantinel, L. D. (2017). Apropriações simbólicas e espaciais em organizações: o “jeitinho brasileiro” no bar “sofá da hebe”. Farol - Revista de Estudos Organizacionais e Sociedade, 4(09), 205-255.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/50200/apropriacoes-simbolicas-e-espaciais-em-organizacoes--o----jeitinho-brasileiro----no-bar----sofa-da-hebe---/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português