Poder, diferença e subjetividade: a problematização do normal Outros Idiomas

ID:
50386
Resumo:
O presente artigo tem como objetivo apresentar o Grupo de Estudos sobre Poder em Organizações (GEPO). Neste sentido, vale ressaltar que o GEPO busca romper com o mainstream funcionalista presente nos estudos organizacionais, problematizando as relações de poder e saber que produzem o “normal” e o “diferente” por meio da construção discursiva de categorias identitárias, além de problematizar aspectos epistemológicos e ontológicos relacionados aos estudos organizacionais. Os principais conceitos, temas, autores e pesquisas trabalhadas pelo GEPO são apresentados.
Citação ABNT:
SOUZA, E. M.Poder, diferença e subjetividade: a problematização do normal. Farol - Revista de Estudos Organizacionais e Sociedade, v. 1, n. 1, p. 113-160, 2014.
Citação APA:
Souza, E. M.(2014). Poder, diferença e subjetividade: a problematização do normal. Farol - Revista de Estudos Organizacionais e Sociedade, 1(1), 113-160.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/50386/poder--diferenca-e-subjetividade--a-problematizacao-do-normal/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português