Impacto do Disclosure Voluntário: Valor da Empresa e Informações Socioambientais nas Companhias Abertas Outros Idiomas

ID:
50536
Resumo:
O estudo teve como objetivo analisar a relação entre o disclosure voluntário das informações socioambientais e o valor da empresa, nas firmas listadas na B3 S/A Brasil Bolsa Balcão (B3), as quais compõem o índice IBRX Brasil, no período de 2010 a 2015. Para tanto, realizou-se uma discussão teórica acerca do disclosure ambiental voluntário e do valor da firma. As informações foram coletadas nos relatórios de sustentabilidade e na base de dados Economatica®. Evidenciaram-se dados relativos à variável independente relatório de sustentabilidade e às variáveis dependentes preço das ações, fluxo futuro esperado de caixa e custo de capital próprio. Como resultado, verificou-se que 75% das companhias brasileiras analisadas divulgam informações socioambientais as quais não impactaram as medidas de valor das empresas, ou seja, a divulgação de informações socioambientais não impacta ou afeta o desempenho das companhias que compõem o mercado brasileiro.
Citação ABNT:
COSTA, I. L. S.; CORREIA, T. S.; PAULO, E.; LUCENA, W. G. L. Impacto do Disclosure Voluntário: Valor da Empresa e Informações Socioambientais nas Companhias Abertas . Contabilidade, Gestão e Governança, v. 21, n. 2, p. 271-287, 2018.
Citação APA:
Costa, I. L. S., Correia, T. S., Paulo, E., & Lucena, W. G. L. (2018). Impacto do Disclosure Voluntário: Valor da Empresa e Informações Socioambientais nas Companhias Abertas . Contabilidade, Gestão e Governança, 21(2), 271-287.
DOI:
http://dx.doi.org/10.21714/1984-3925_2018v21n2a7
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/50536/-impacto-do-disclosure-voluntario--valor-da-empresa-e-informacoes-socioambientais-nas-companhias-abertas-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Adams, C.; Hill, W.; Roberts, C. (1998). Corporate social reporting practices in Western Europe: legitimating corporate behavior? The British Accounting Review, 30(1), 1-21. Doi: https://doi.org/10.1006/bare.1997.0060

Alafi, K.; Hasoneh, A. B. (2012). Corporate social responsibility associated with customer satisfaction and financial performance a case study with Housing Banks in Jordan. International Journal of Humanities and Social Science, 2(15), 102-115.

Alencar, R. C. (2007). Nível de disclosure e custo de capital próprio no mercado brasileiro. Tese de doutorado, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil.

Almeida, T. A.; Santos, L. M. F.; Cabral, A. C. A.; Santos, S. M.; Pessoa, M. N. M. (2015). Estrutura de propriedade e disclosure econômico e socioambiental nas maiores empresas do Brasil. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade - REPeC, 9(4), 362-379. Doi: http://dx.doi.org/10.17524/repec.v9i4.1289

Angotti, M.; Macedo, H. C.; Bispo, O. N. A. (2016). Poder preditivo e value relevance da demonstração do resultado abrangente: uma análise das companhias brasileiras listadas na BM&FBOVESPA. Enfoque Reflexão Contábil, 35(3), 1-17. Doi: http://dx.doi.org/10.4025/enfoque.v35i3.32635

Aras, G.; Aybars, A.; Kutlu, O. (2010). Managing corporate performance: investigating the relationship between corporate social responsibility and financial performance in emerging markets. International Journal of Productivity and Performance Management, 59(3), 229-254. Doi: http://doi.org/http://dx.doi.org/10.1108/17410401011023573

Ballestero, A.; Nogueira, I. V.; Vitorino Filho, V. A. (2016). Análise do nível de disclosure voluntário e o custo de capital das empresas brasileiras: no período de 2008 a 2012. Contabilidade, Gestão e Governança, 19(3), 356-375.

Belo, N. M. & Brasil, H. G. (2006). Assimetria informacional e eficiência semiforte de mercado. Revista de Administração de Empresas - RAE, Edição Especial Minas Gerias, (46), 48-57. Doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-75902006000500004

Bewley, K.; Li, Y. (2000). Disclosure of environmental information by Canadian manufacturing companies: a voluntary disclosure perspective. Advances in Environmental Accounting and Management, (1), 201-226. Doi: http://dx.doi.org/10.1016/S1479-3598(00)01011-6

Borba, J. A.; Rover, S.; Murcia, F. D. R. (2006). Do Brazilian corporations disclose environmental information?Evidences from financial statement published in the New York Securities Exchange (NYSE) and in the Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA). In: 18 Asian-Pacific Conference, Maui, Hawaii. Doi: https://doi.org/10.16930/2237-7662/rccc.v7n21p9-22

Campbell, D. A (2004). Longitudinal and cross-sectional analysis of environmental disclosure in UK companies: a research note. The British Accounting Review, (36), 107-117. Doi: https://doi.org/10.1016/j.bar.2003.09.001

Campbell, J. L. (2007). Why would corporations behave in socially responsible ways?An institutional theory of corporate social responsibility. Academy of Management Review, 32(3), 946-967. Doi: https://doi.org/10.5465/amr.2007.25275684

Cardoso, V. I. C.; Luca, M. M. M.; Gallon, A. V. (2014). Reputação corporativa e o disclosure socioambiental de empresas brasileiras. Contabilidade, Gestão e Governança, 17(2), 26-44.

Chen, L.; Srinidhi, B.; Tsang, A.; Yu, W. (2016). Audited financial reporting and voluntary disclosure of corporate social responsibility (CSR) reports. Journal of Management Accounting Research, 28(2), 53-76. Doi: https://doi.org/10.2308/jmar-51411

Clarkson, P.; Fang, X.; Li, Y.; Richardson, G. (2013). The relevance of environmental disclosure: are such disclosures incrementally informative? Journal of Accounting and Public Policy, (32), 410-431. Doi: https://doi.org/10.1016/j.jaccpubpol.2013.06.008

Comier, D.; Magnan, M. (2013). The economic relevance of environmental disclosure and its impact on corporate legitimacy: an empirical investigation. Business Strategy and the Environment, 24(6), 431-450. Doi: 10.1002/bse.1829

Comissão de Valores Mobiliários. (1987). Parecer de Orientação CVM 15. Procedimentos a serem observados pelas companhias abertas e auditores independentes na elaboração e publicação das demonstrações financeiras, do relatório da administração e do parecer de auditoria relativos aos exercícios sociais encerrados a partir de dezembro de 1987. http://www.cvm.gov.br/legislacao/pareceresorientacao/pare015.html

Damodaran, A. (2012). Investment valuation: tools and techniques for determining the value of any assets. 3 ed. New Jersey: Wiley & Sons.

Dye, R. (2001). An evaluation of “essays on disclosure” and the disclosure literature in Accounting. Journal of Accounting and Economics, (32), 181-235. Doi: https://doi.org/10.1016/S0165-4101(01)00024-6

Fama, E. F.; French, K. R. (1992). The cross-section of expected stock returns. The Journal of Finance, 47(2), 427-465. Doi: 10.2307/2329112

Fernandes, S. M. (2012). A influência do disclosure ambiental na estrutura de capital das empresas brasileiras listadas na BM&FBOVESPA. Sociedade, Contabilidade e Gestão, 7(2), 41-54. Doi: http://dx.doi.org/10.21446/scg_ufrj.v7i2.13269

Fernandes, S. M. (2013). A influência do disclosure ambiental voluntário no custo da dívida. Revista de Administração e Inovação, 10(3), 165-183. Doi: http://dx.doi.org/10.5773/rai.v10i3.922

Fernandes, S. M. (2013). Fatores que influenciam o disclosure ambiental: um estudo nas empresas brasileiras no período de 2006 a 2010. Revista Ambiente Contábil, 5(2), 250267.

Forte, L. M.; Santos Neto, J. B.; Nobre, F. C.; Nobre, L. H. N.; Queiroz, D. B. (2015). Determinants of voluntary disclosure: a study in the Brazilian banking sector. Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, 5(2), 23-37.

Galbreath, J.; Shum, P. (2012). Do customer satisfaction and reputation mediate the CSR-FP link?Evidence from Australia. Australian Journal of Management, 37(2), 211-229. Doi: https://doi.org/10.1177/0312896211432941

García-Sánchez, I. M.; Martínez-Ferrero, J. (2017). Independent directors and CSR disclosures: the moderating effects of proprietary costs. Corporate Social Responsibility and Environmental Management, (24), 28-43. Doi: 10.1002/csr.1389

Gray, R.; Javad, M.; Power, D. M.; Sinclair, C. (2001). Social and environmental disclosure and corporate characteristics: a research note and extension. Journal of Business Finance and Accounting, 283(4), 327-356. Doi: 10.1111/1468-5957.00376

Hassel, L. G.; Nilsson, H.; Nyquist, S. (2005). The value relevance of environmental performance. European Accounting Review, 14(1), 41-61. https://doi.org/10.1080/0963818042000279722

Hummel, K.; Schlick, C. (2016). The relationship between sustainability performance and sustainability disclosure: reconciling voluntary disclosure theory and legitimacy theory. Journal of Accounting and Public Policy, 35(5), 455-476. Doi: https://doi.org/10.1016/j.jaccpubpol.2016.06.001

Igarashi, D. C. C.; Igarashi, W.; Lima, E. C.; Dalbello, L.; Hercos Junior, J. B. (2010). Análise do alinhamento entre o balanço social e o relatório de sustentabilidade dos três maiores bancos em atividade no Brasil. ConTexto, 10(18), 34-48.

Margolis, J. D.; Elfenbein, H. A.; Walsh, J. P. (2009). Does it pay to be good?A metaanalysis and redirection of research on the relationship between corporate social and financial performance. [Working Paper]. Mossavar-Rahmani Center for Business and Government. Harvard University. Boston, MA, USA.

Martin, P. R.; Moser, D. V. (2016). Managers’ green investment disclosures and investors’ reaction. Journal of Accounting and Economics, 61(1), 239-254. Doi: https://doi.org/10.1016/j.jacceco.2015.08.004

Murcia, F. D.; Santos, A. (2009). Fatores determinantes do nível de disclosure voluntário das companhias abertas no Brasil. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, 3(2), 72-95. Doi: http://dx.doi.org/10.17524/repec.v3i2.68

Nd. (1976). Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976. Dispõe sobre as Sociedades por Ações. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L6404consol.htm

Nd. (2007). Lei nº 11.638, de 28 de dezembro de 2007. Altera e revoga dispositivos da Lei n.º 6.404, de 15 de dezembro de 1976, e da Lei n.º 6.385, de 7 de dezembro de 1976, e estende às sociedades de grande porte disposições relativas à elaboração e divulgação de demonstrações financeiras. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/lei/l11638.htm

Nd. (2009). Lei nº 11.941, de 27 de maio de 2009. Altera a legislação tributária federal relativa ao parcelamento ordinário de débitos tributários; concede remissão nos casos em que especifica; institui regime tributário de transição, [...] e dá outras providências. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato20072010/2009/lei/l11941.htm

Nossa, V. (2002). Disclosure ambiental: uma análise do conteúdo dos relatórios ambientais de empresas do setor de papel e celulose em nível internacional. Tese de doutorado, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil.

Peixoto, F. M.; Pains, M. B.; Araújo, A. A.; Guimarães, T. M. (2016). Custo de capital, endividamento e sustentabilidade empresarial: um estudo no mercado de capitais brasileiro no período de 2009 a 2013. RACE: Revista de Administração, Contabilidade e Economia, 15(1), 39-66. Doi: http://dx.doi.org/10.18593/race.v15i1.6281

Plumlee, M.; Brown, D.; Hayes, R. M.; R.; Marshall, S. (2015). Voluntary environmental disclosure quality and firm value: further evidence. Journal of Accounting and Public Policy, 34(4), 336-361. Doi: https://doi.org/10.1016/j.jaccpubpol.2015.04.004

Rodríguez, M. C.; Illescas, G. M.; Níckel, N. N. (2017). Experts or rivals: mimicry and voluntary disclosure. Journal of Business Research, (73), 46-54. Doi: https://doi.org/10.1016/j.jbusres.2016.12.003

Rover, S.; Santos, A. (2013). Divulgação do relatório de sustentabilidade e custo de capital próprio de companhias abertas no Brasil. Anais do Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 37. http://www.anpad.org.br/admin/pdf/2013_EnANPAD_CON1163.pdf

Saeidi, S. P.; Sofian, S.; Saeidi, P.; Saeidi, S. P.; Saaeidi, S. A. (2015). How does corporate social responsibility contribute to firm financial performance?The mediating role of competitive advantage, reputation, and customer satisfaction. Journal of Business Research, 68(2), 341-350. Doi: https://doi.org/10.1016/j.jbusres.2014.06.024

Salotti, B. M.; Yamamoto, M. M. (2005). Ensaio sobre a teoria da divulgação. Brazilian Business Review, 2(1), 53-70.

Sousa, C. B.; Silva, A. F.; Ribeiro, M. S.; Weffort, E. F. J. (2014). Valor de mercado e disclosure voluntário: estudo empírico em companhias listadas na BM&FBOVESPA. Revista Ambiente Contábil, 6(2), 94-115.

Van Beurden, P.; Gössling, T. (2008). The worth of values: a literature review on the relation between corporate social and financial performance. Journal of Business Ethics, 82(2), 407-424. Doi: 10.1007/s10551-0089894-x

Verrecchia, R. (2001). Essays on disclosure. Journal of Accounting and Economics, 32, 97180. Doi: https://doi.org/10.1016/S0165-4101(01)00025-8