Liderança transacional e transformacional: uma análise fatorial exploratória sobre as variáveis influenciadoras Outros Idiomas

ID:
51106
Resumo:
O perfil do líder é fundamental para o sucesso de uma organização, uma vez que o mesmo necessita desenvolver competências para o alcance dos resultados almejados pela organização. Diante disso, o objetivo desse estudo é analisar o perfil de liderança dos estudantes do curso de Direito de uma Instituição de Ensino Superior (IES) localizada na Serra Gaúcha/RS. Para tanto, foi aplicada a pesquisa descritiva de caráter exploratório por meio da abordagem quantitativa junto a 151 alunos de uma Instituição de Ensino Superior (IES) da Serra Gaúcha/RS. A análise dos resultados foi realizada por meio da técnica de análise fatorial exploratória com auxílio do software IBM® SPSS® (versão 20.0). Os resultados da pesquisa demonstraram que ambos os estilos estão presentes nos participantes. No entanto, o estilo transformacional gerou o agrupamento de um maior número de variáveis, resultando nos seguintes fatores: relações humanas e criatividade. Por sua vez, o estilo de liderança transacional apresenta os seguintes fatores: conservadorismo; pressão e iniciativa; e rigidez e regras estritas. Tendo em vista a relevância do assunto pesquisado, sugere-se que novas pesquisas investiguem, com maior profundidade, os antecedentes.
Citação ABNT:
GUERRA, R. M. A.; TARTAROTTI, S.; CAMARGO, M. E. Liderança transacional e transformacional: uma análise fatorial exploratória sobre as variáveis influenciadoras. Revista Eletrônica de Administração e Turismo, v. 12, n. 6, p. 1482-1502, 2018.
Citação APA:
Guerra, R. M. A., Tartarotti, S., & Camargo, M. E. (2018). Liderança transacional e transformacional: uma análise fatorial exploratória sobre as variáveis influenciadoras. Revista Eletrônica de Administração e Turismo, 12(6), 1482-1502.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/51106/lideranca-transacional-e-transformacional--uma-analise-fatorial-exploratoria-sobre-as-variaveis-influenciadoras/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ABBADE, E. B.; BRENNER, F. Perfil de liderança e tomada de decisão. Revista de Administração FACES Journal, Belo Horizonte, v. 8, n. 1, p. 107-127, 2009.

ALMEIDA, D.; SANTOS, M. A. R. dos; COSTA, A. F. B. Aplicação do coeficiente alfa de cronbach nos resultados de um questionário para avaliação de desempenho da saúde pública. XXX Encontro Nacional de Engenharia de Produção. São Carlos, SP, 2010.

BATISTA, N. P. de O.; KILIMNIK, Z. M.; REIS NETO, M. T. Influência dos estilos de liderança na satisfação no trabalho: um estudo em uma entidade de fins não econômicos. NAVUS – Revista de Gestão e Tecnologia, Florianópolis, SC, v. 6, n. 3, p. 24-39, 2016.

BEZERRA, F. A.; CORRAR, L. J. Utilização da análise fatorial na identificação dos principais indicadores para avaliação do desempenho financeiro: uma aplicação nas empresas de seguros. Revista Contabilidade & Finanças – USP, São Paulo, v. 17, n. 42, p. 50-62, 2006.

CAMPELO, A. M. Gestão de pessoas: compreendendo o comportamento humano nas organizações. Recife: Editora do Autor, 2005.

CAMPOS, H. L.; ARAÚJO, E. M.; MORAES, L. F. R.; KILIMNIK, Z. M. Estilos de liderança e interferência no nível de confiança organizacional: um estudo de caso. Revista Gestão e Planejamento, Salvador, v. 14, n. 3, p. 389-409, 2013.

CARVALHO NETO, A.; TANURE, B.; SANTOS, C. M. M.; LIMA, G. S. Executivos brasileiros: na contramão do perfil deificado da liderança transformacional. Revista de Ciências da Administração, v. 14, n. 32, p. 35-49, 2012.

CASTRO Jr., D. F. L. de; GONÇALO, C. R.; ROSSETTO, C. R.; DELUCA, M. A. de M. Reflexos das capacidades mercadológicas no desempenho: hotelaria executiva. Revista de Administração FACES Journal, Belo Horizonte, v. 15, n. 1, p. 44-63, 2016.

DIAS, M. A. M. J.; BORGES, R. S. G. Estilos de liderança e desempenho de equipes no setor público. Revista Eletrônica de Administração, Porto Alegre, v. 21, n. 1, p. 200-221, 2015.

DIAS, M. A. M. J.; BORGES, R. S. G. Performance and leadership style: when do leaders and followers disagree? RAM. Revista de Administração Mackenzie, v. 18, n. 2, p. 104129, mar./apr., 2017.

DUARTE, G. A.; PAPA, A. C. A utilização da liderança situacional como diferencial estratégico para as organizações contemporâneas. Revista de Administração da UFSM, Santa Maria, v. 4, n. 3, p. 364-377, 2011.

FÁVERO, L. P.; BELFIORE, P.; SILVA, F. L. da.; CHAN, B. L. Análise de Dados: modelagem multivariada para tomada de decisões. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.

FERNANDES, F. M. M. A relação entre a personalidade multicultural e a liderança transformacional na gestão de equipas multiculturais. 2014. 41 f. Tese (Mestrado) Instituto Universitário de Lisboa, Mestrado em Gestão de Recursos Humanos, 2014.

FIELD, A. Descobrindo a estatística usando o SPSS. 2. ed. Porto Alegre: ArtMed, 2009.

FIGUEIREDO FILHO, D. B.; PARANHOS, R.; SILVA JR., J. A.; ALVES, D. P.; ROCHA, E. C. da; SILVA, A. H.; OLIVEIRA, L. E. Análise fatorial garantida ou o seu dinheiro de volta: uma introdução à redução de dados. Revista Eletrônica de Ciência Política, vol. 5, n. 2, p. 185-211, 2014.

FONSECA, A. M. de O.; PORTO, J. B.; BARROSO, A. C. O efeito de valores pessoais nas atitudes perante estilos de liderança. Revista de Administração Mackenzie, São Paulo, v. 13, n. 3, p. 122-149, 2012.

GERVAZIO, F. V.; GIRALDI, J. de M. E.; COSTA, A. L.; CALDANA, A. C. F. Dimensões de valores pessoais instrumentais e terminais: um estudo comparativo entre Brasil e Tailândia. Revista de Administração FACES Journal, v. 15, n. 1, p. 98-117, 2016.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

GIL, A. C. Gestão de pessoas: enfoque nos papéis profissionais. São Paulo: Atlas, 2012.

GIRARDI, D.; SOUZA, I. M. de; GIRARDI, J. de F. O processo de liderança e a gestão do conhecimento organizacional: as práticas das maiores indústrias catarinenses. Revista de Ciências da Administração, v. 14, n. 32, p. 65-76, 2012.

HAIR, Jr. J. F.; BLACK, W. C.; BABIN, B. J.; ANDERSON, R. E.; TATHAM, R. L. Análise Multivariada de Dados. Bookman, 2009.

HEINZEN, D. A. de M.; MARINHO, S. V.; NASCIMENTO, S. do. O posicionamento epistemológico das pesquisas brasileiras no campo da estratégia voltada às instituições de ensino superior. Revista Gestão Organizacional, v. 6, p. 83-95, 2013.

HELLWIG, B. C.; CARRION, R. M. A participação no processo decisório: um estudo na economia solidária. Revista de Gestão USP, São Paulo, v. 14, n. 4, p. 1-14, 2007.

HUNING, D.; KLAM, A.; BENCKE, F. F. Análise da atuação e do perfil de liderança dos gestores de instituições financeiras de grande porte na cidade de Chapecó/SC. Reuna, Belo Horizonte/MG, v. 19, n. 4, p. 63-80, 2014.

ISIDRO-FILHO, A.; GUIMARÃES, T. de A. Estilos de liderança e mecanismos de aprendizagem em organizações: análise de suas relações em uma organização financeira. Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, v. 6, n. 3, p. 361-378, 2008.

LEAL, E. A.; ALBERTIN, A. L.; PEREIRA, J. M.; NOMELINI, Q. S. S. Utilização da análise fatorial para identificação dos fatores determinantes da aceitação do uso de tecnologias de informação na educação a distância. XXXV Encontro da ANPAD, Rio de Janeiro, 2011.

LÜTKEMEYER FILHO, M. G.; ROEHEVACCARO, G. L.; FREITAS, E. C. Identification of customer satisfaction in services: a study on agribusiness dealers. Revista Brasileira de Gestão e Negócios, v. 17, n. 58, p. 1408-1425, out./dez. 2015.

LUZ, J. R. de M.; CARVALHO, J. R. M. de; CAVALCANTI, P. R. N. Aplicação da análise fatorial na identificação dos fatores de custos da qualidade das empresas do setor de construção civil de Campina Grande, PB. Revista Capital Científico, Vol. 13, n. 3, 2015.

MACIEL, W. R. E.; OLIVEIRA, D. M.; LIMA-FILHO, D. de O. Segmentação psicográfica dos consumidores de alimentos orgânicos. Revista Pretexto, v. 17, n. 3, p. 90-102, 2016.

MATTAR, F. N.; OLIVEIRA, B.; MOTTA, S. L. S. Pesquisa de Marketing: metodologia, planejamento, execução e análise. 7. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2014.

OLIVEIRA, M. A. de; POSSAMAI, O.; VALENTINA, L. V. O. D. Perfil e tendências da liderança em uma empresa brasileira líder mundial de mercado. Production, v. 25, n. 2, p. 379-390, 2015.

PEÑALOZA, V.; FIGUEIREDO, F. de C. Fatores que influenciam a estrutura de capital em micro e pequenas empresas. Revista Pretexto, v. 12, n. 1, p. 9-28, 2011.

PEREIRA, M. F.; CECCATO, C. M. T.; MELO, P. A. de. A influência do líder no processo de criatividade dos funcionários de centros de ensino de uma Universidade Pública Federal. Revista de Administração da Unimep, v. 5, n. 2, p. 125-148, 2007.

PESTANA, M. H.; GAGEIRO, J. N. Análise de dados para ciências sociais: a complementariedade do SPSS. 4º ed. Edições Sílabo: Lisboa, 2005.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. de. Metodologia do trabalho científico [recurso eletrônico]: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

ROBBINS, S. P.; DECENZO, D. A.; WOLTER, R. M. A nova administração. 1 ed. São Paulo: Saraiva, 2014.

ROLDAN, V. P. S.; CABRAL, A. C. de A.; PESSOA, M. N. M.; MELLO, R. B. de; SANTOS, S. M. dos; LIMA, T. C. B. de. Estilo de liderança e desempenho criativo em equipes de telejornalismo: um estudo em emissoras de TV cearenses. Revista Eletrônica de Ciência Administrativa, v. 12, n. 3, p. 334-352, 2013.

ROSÁRIO, D. K. M. H.; QUEIROZ, K. C. F. de; MARTINS, J. C. de O. Relações entre poder e comprometimento afetivo na gestão pública: estudo de caso em uma IFES Potiguar. Revista Eletrônica do Mestrado Profissional em Administração da Universidade Potiguar, v. 7, n. 1, p. 77-88, 2015.

ROSSONI, L.; ENGELBERT, R.; BELLEGARD, N. L. Ciência normal e suas ferramentas: Revisando os efeitos dos métodos de análise fatorial exploratória em Administração. Revista de Administração, São Paulo, v. 51, n. 2, p. 198-211, 2016.

SOUZA, C. L. C. de; TOMEI, P. A.; Impactos de uma liderança transacional em um processo de mudança transformacional. Revista Psicologia, Organizações e Trabalho, v. 8, n. 2, p. 98-120, 2008.

STRAPASSON, M. R.; MEDEIROS, C. R. G. Liderança transformacional na enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, v. 62, n. 2, p. 228-233, 2009.

THON, R. A.; PASSOS, P. C. B.; COSTA, L. C. A. da; PRATES, M. E. F.; NASCIMENTO JÚNIOR, J. R. A. do; VIEIRA, L. F. Estilo de liderança no contexto de treinadores de natação do Paraná. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano, v. 14, n. 5, p. 527-534, 2012.

TOMEI, P. A.; RICHE, L. Estilo de liderança e desempenho organizacional: uma descrição comparativa entre duas empresas. Contabilidade, Gestão e Governança, Brasília, v. 19, n. 1, p. 108-125, 2016.

VASCONCELOS, K. C. de A.; MERHI, D. Q.; SILVA Jr., A. da; SILVA, P. de O. M. da. Cultura, liderança e compartilhamento do conhecimento organizacional. Revista de Administração FACES Journal, Belo Horizonte, v. 12, n. 1, p. 13-31, 2013.

VIEIRA, P. R. da C.; RIBAS, J. R. Análise Multivariada com uso do SPSS. Rio de Janeiro: Editora Ciência Moderna Ltda., 2011.

WOLFF, L.; CABRAL, P. M. F.; LOURENÇO, P. R. M. R. da S. O papel da Liderança na Eficácia de Equipes de Trabalho. Revista Gestão & Tecnologia, Pedro Leopoldo, v. 13, n. 1, p. 177-204, 2013.

WRUBEL, Franciele; TOIGO, Leandro Augusto; LAVARDA, Carlos Eduardo Facin. Mudanças nas rotinas contábeis: contradições institucionais e práxis humanas. RACE: Revista de Administração, Contabilidade e Economia, Joaçaba/SC, v. 14, n. 3, p. 11751204, 2015.