Discutindo a Natureza Ideológica dos Delineamentos Teóricos Habermasianos e sua Apropriação pela Gestão Social no Campo da Administração Outros Idiomas

ID:
51697
Periódico:
Resumo:
O objetivo deste artigo é discutir o caráter ideológico dos delineamentos teóricos de Jürgen Habermas acerca de sua noção de esfera pública no bojo de sua teoria democrática deliberativa, bem como sua apropriação teórico-conceitual pela gestão social no campo da administração. Nosso propósito é contribuir com uma abordagem crítica à influência do pensamento habermasiano na conformação da concepção de gestão social, sobretudo no que tange à categoria da esfera pública, recorrendo ao tema ideologia à luz do Estado capitalista e da sociedade de classes. Para tanto, analisamos a evolução e as continuidades do pensamento de Habermas acerca da categoria da esfera pública e discutimos o alinhamento da gestão social com os pressupostos teórico-conceituais da teoria deliberativa habermasiana. Em seguida, defendemos o argumento de que o esforço teórico habermasiano aponta uma ideologia do consenso quanto aos desenvolvimentos sociais, bem como o de que, ao supor a possibilidade de um diálogo completamente espontâneo e não condicionado, Habermas acaba por projetar idealisticamente a comunicação intersubjetiva e a esfera pública enquanto instância “ideal” de discurso como garantias apriorísticas de sucesso. Concluímos que a esfera pública “real” deve ser tomada menos como arena de condições comunicativas idealísticas e mais como espaço deliberativo originariamente conflitual e assimétrico e que uma esfera pública eficaz deve abranger tanto a formação informal da opinião pública quanto a tomada formal de decisão coletiva, isto é, deve promover a efetiva partilha de poder decisório, tal como preconizada pela gestão social.
Citação ABNT:
PERSSON, E.; MORETTO NETO, L. Discutindo a Natureza Ideológica dos Delineamentos Teóricos Habermasianos e sua Apropriação pela Gestão Social no Campo da Administração. Cadernos EBAPE.BR, v. 16, n. 4, p. 578-593, 2018.
Citação APA:
Persson, E., & Moretto Neto, L. (2018). Discutindo a Natureza Ideológica dos Delineamentos Teóricos Habermasianos e sua Apropriação pela Gestão Social no Campo da Administração. Cadernos EBAPE.BR, 16(4), 578-593.
DOI:
http://dx.doi.org/10.1590/1679-395167095
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/51697/discutindo-a-natureza-ideologica-dos-delineamentos-teoricos-habermasianos-e-sua-apropriacao-pela-gestao-social-no-campo-da-administracao/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
CANÇADO, A. C.; PEREIRA, J. R.; TENÓRIO, F. G. Gestão social: epistemologia de um paradigma. Curitiba: CRV, 2013.

CANÇADO, A. C.; SAUSEN, J. O.; VILLELA, L. E. Gestão social versus gestão estratégica. In: TENÓRIO, F. G. (Org.). Gestão social e gestão estratégica: experiências em desenvolvimento territorial. Rio de Janeiro: FGV, 2013. p. 15-99.

CANÇADO, A. C.; TENÓRIO, F. G.; PEREIRA, J. R. Gestão social: reflexões teóricas e conceituais. Cadernos EBAPE.BR, v. 9, n. 3, p. 681-703, 2011.

EAGLETON, T. Ideologia: uma introdução. São Paulo: UNESP/ Boitempo, 1997.

FAIRCLOUGH, N. Language and power. London: Longman, 1989.

FAIRCLOUGH, N.; MULDERRIG, J.; WODAK, R. Critical discourse analysis. In: VAN DIJK, T. A. Discourse studies: a multidisciplinary introduction. 2. ed. London: Sage, 2011. p. 357-378.

FRANÇA FILHO, G. C. Definindo gestão social. In: SILVA JUNIOR, J. T. et al. Gestão social: práticas em debate, teorias em construção. Fortaleza: Imprensa Universitária, 2008.

FRASER, N. Rethinking the public sphere: a contribution to the critique of actually existing democracy. Social Text, n. 25-26, p. 56 80, 1990.

FRASER, N. Transnational public sphere: transnationalizing the public sphere – on the legitimacy and efficacy of public opinion in a postWestphalian world. Theory, Culture & Society, v. 24, n. 4, p. 7-30, 2007.

HABERMAS, J. Between facts and norms: contributions to a discourse theory of law and democracy. Cambridge: The MIT Press, 1996.

HABERMAS, J. Communication and the evolution of society. Cambridge: Polity Press, 1976.

HABERMAS, J. Faktizität und Geltung. Frankfurt: Suhrkamp. 1992.

HABERMAS, J. Further reflections on the public sphere. In: CALHOUN, C. (Ed.). Habermas and the public sphere. Cambridge: The MIT Press. 1992. p. 421-461.

HABERMAS, J. Mudança estrutural da esfera pública: investigações quanto a uma categoria da sociedade burguesa. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1984.

HABERMAS, J. The philosophical discourse of modernity: twelve lectures. Cambridge: The MIT Press, 1990.

HABERMAS, J. The theory of communicative action: reason and rationalization of society. Cambridge: Polity Press, 1981.

HABERMAS, J. Toward a rational society. London: Heinemann, 1971.

JUSTEN, C. E.; MORETTO NETO, L. Que participação é essa?Do instrumentalismo legitimador à autopromoção emancipadora. Pensamento & Realidade, v. 28, n. 2, p. 77-95, 2013.

LEFORT, C. Esboço de uma gênese da ideologia nas sociedades modernas. Estudos do CEBRAP, n. 10, v. 1, p. 6-56, 1974.

LUBENOW, J. A. A despolitização da esfera pública em Jürgen Habermas sob a perspectiva sócio-política. Problemata: Revista Internacional de Filosofia, v. 3, n. 1, p. 54-95, 2012.

LUBENOW, J. A. Esfera pública e democracia deliberativa em Habermas: medo teórico e discursos críticos. Kriterion, n. 121, p. 227-258, 2010.

MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia alemã: crítica da mais recente filosofia alemã em seus representantes Feuerbach, B. Bauer e Stirner, e do socialismo alemão em seus diferentes profetas. São Paulo: Boitempo, 2007.

MELO, R. Repensando a esfera pública: esboço de uma teoria crítica da democracia. Lua Nova, n. 94, p. 11-39, 2015.

MÉSZÁROS, I. O poder da ideologia. São Paulo: Boitempo, 2014.

MORROW, R. A.; TORRES, C. A. Jürgen Habermas, Paulo Freire e a pedagogia crítica: novas orientações para a educação comparada. Educação, Sociedade & Culturas, n. 10, p. 123-155, 1998.

OLIVEIRA, V. A. R.; CANÇADO, A. C.; PEREIRA, J. R. Gestão social e esfera pública: aproximações teórico-conceituais. Cadernos EBAPE. BR, v. 8, n. 4, p. 613-626, 2010.

PÊCHEUX, M. Análise automática do discurso. In: GADET, F.; HAK, T. (Org.). Por uma análise automática do discurso: introdução à obra de Michel Pêcheux. Campinas: Unicamp, 1990. p. 61-161.

PERLATTO, F. Seletividade da esfera pública e esferas públicas subalternas: disputas e possibilidades na modernização brasileira. Revista de Sociologia e Política, v. 23, n. 53, p. 121-145, 2015.

POULANTZAS, N. O Estado, o poder, o socialismo. Rio de Janeiro: Paz & Terra, 2015.

POULANTZAS, N. Poder político e classes sociais. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1986.

SILVA, F. C. Espaço público em Habermas. Lisboa: Imprensa de Ciências Sociais, 2002.

SILVA, F. C. Habermas e a esfera pública: reconstruindo a história de uma ideia. Sociologia, Problemas e Práticas, n. 35, p. 117-138, 2001.

SUBIRATS, J. Cidadania e espaço público: a perspectiva da gestão social. (Posfácio) In: TENÓRIO, F. G. (Org.). Cidadania e desenvolvimento local. Rio de Janeiro: FGV; Ijuí: Unijuí, 2007. p. 632.

TENÓRIO, F. G. A trajetória do programa de estudos em gestão social (PEGS). Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 40, n. 6, p. 1145-1162, 2006.

TENÓRIO, F. G. et al. Critérios para a avaliação de processos decisórios participativos deliberativos na implementação de políticas públicas. In: ENCONTRO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E GOVERNANÇA DA ANPAD, 3., 2008, Salvador. Anais... Salvador: ENAPG, 2008.

TENÓRIO, F. G. Gestão social: uma perspectiva conceitual. Revista de Administração Pública, v. 32, n. 5, p. 7-23, 1998.

TENÓRIO, F. G. Inovando com democracia, ainda uma utopia. Novos Cadernos NAEA, v. 2, n. 1, p. 149-162, 1999.

TENÓRIO, F. G. (Org.). Cidadania e desenvolvimento local: critérios de análise. Rio de Janeiro: FGV, 2012.

TENÓRIO, F. G. (Re)visitando o conceito de gestão social. Desenvolvimento em Questão, v. 3, n. 5, p. 101-124, 2005.

TENÓRIO, F. G. Tem razão a administração? 3. ed. Ijuí: Unijuí, 2008.

TENÓRIO, F. G. Um espectro ronda o terceiro setor, o espectro do mercado. 3. ed. Ijuí: Unijuí, 2008.

THOMPSON, J. B. Ideologia e cultura moderna: teoria social crítica na era dos meios de comunicação de massa. 9. ed. Petrópolis: Vozes, 2011.

THOMPSON, J. B. Universal pragmatics. In: THOMPSON, J. B.; HELD, D. (Ed.). Habermas: critical debates. Londres: [s.n], 1982.