Mapeando a Produção Acadêmica dos Artigos Divulgados do Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade Outros Idiomas

ID:
51839
Periódico:
Resumo:
O objetivo deste estudo foi mapear o perfil da produção acadêmica dos artigos divulgados do Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade. Metodologicamente, utilizaram-se as técnicas de análise bibliométrica e de rede social em 520 artigos. Os resultados mostram predominância de pesquisas publicadas em parceria; Gilberto José Miranda e Roberto Patrus foram os autores mais profícuos; a Universidade de São Paulo (USP) se destacou como a instituição mais produtiva. Baixa densidade nas redes sociais dos autores e instituições. E os temas: caso de ensino, formação discente, educação a distância, ensino em administração, ensino-aprendizagem, estratégias de aprendizagem, pesquisa científica em administração, estratégia empresarial, estudos organizacionais e pós-graduação stricto sensu em administração foram os mais divulgados. Conclui-se o mapeamento das pesquisas publicadas no Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade em 2007, 2009, 2011, 2013 e 2015, contribuindo para melhor entender a difusão do conhecimento científico manifestado por este evento na literatura acadêmica nacional.
Citação ABNT:
RIBEIRO, H. C. M.Mapeando a Produção Acadêmica dos Artigos Divulgados do Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade. Sinergia, v. 22, n. 2, p. 9-22, 2018.
Citação APA:
Ribeiro, H. C. M.(2018). Mapeando a Produção Acadêmica dos Artigos Divulgados do Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade. Sinergia, 22(2), 9-22.
DOI:
https://doi.org/10.17648/sinergia-2236-7608-v22n2-8083
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/51839/mapeando-a-producao-academica-dos-artigos-divulgados-do-encontro-de-ensino-e-pesquisa-em-administracao-e-contabilidade/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ANDRIOLA, W. B.; SULIANO, D. C. Avaliação dos impactos sociais oriundos da interiorização da Universidade Federal do Ceará (UFC). Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 96, n. 243, p. 282-298, 2015.

ANPAD – Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração. Apresentação. Disponível em: . Acesso em 05 jul.2018.

ANPAD – Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração. Divisões acadêmicas/comitês científicos/temas de interesse. Disponível em: . Acesso em: 04 jul.2018.

ARBOIT, A. E.; BUFREM, L. S. Produção de trabalhos científicos em eventos nacionais da área de ciência da informação. Transinformação, v. 23, n. 3, p. 207-217, 2011.

BARROS, M. J. F. de; PASSOS, E. S. Remando a favor da maré: racionalidade instrumental no curso de administração de empresas. Organizações & Sociedade, v. 7, n. 19, p. 161-174, 2000.

BERTERO, C. O.; CALDAS, M. P.; WOOD Jr., T. Produção científica em administração de empresas: provocações, insinuações e contribuições para um debate local. Revista de Administração Contemporânea, v. 3, v. 1, p. 147-178, 1999.

BOLZAN, L. M.; ANTUNES, E. D. D. O que clamam as vozes dos pesquisadores e sobre o que elas se calam ao abordarem o ensino em administração no Brasil? Revista ADM.MADE, v. 19, n. 3, p. 77-93, 2015.

CORDEIRO, R. A.; SILVA, A. B. da. Os estilos de aprendizagem influenciam o desempenho acadêmico dos estudantes de finanças? Revista de Administração da UFSM, v. 5, n. 2, p. 243-261, 2012.

COSTA, R. S. da; NOGUEIRA, D. P. Perfil e evolução do ENANPAD: Análise bibliométrica e sociométrica da área de ensino e pesquisa em administração e contabilidade de 2001 a 2014. Revista Espacios, v. 37, n. 21, p. 20-31, 2016.

ENCONTRO DE ENSINO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE (EnEPQ). Apresentação. Disponível em: . Acesso: 10 jan.2018.

ESPARTEL, L. B.; BASSO, K.; TOMAZELLI, J. B.; CALLEGARO, A. R. C.; VISENTINI, M. S. Co-autoria em ensino e pesquisa em administração e contabilidade no Brasil: uma década em análise. Revista de Administração Imed, v. 1, n. 1, p. 01-28, 2011.

FARIA, M.; FIGUEIREDO, K. F. Casos de ensino no Brasil: análise bibliométrica e orientações para autores. Revista de Administração Contemporânea, v. 17, n. 2, p. 176-197, 2013.

FRANCISCHETTI, C. E.; POKER JUNIOR, J. H.; PADOVEZE, C. L. Contabilometria: análise bibliométrica, tendências e reflexões em publicações da base de dados scopus de 1982 até 2014. Brazilian Journal of Quantitative Methods Applied to Accounting, v. 4, n. 1, p. 31-44, 2017.

FRANCISCO, E. de R. RAE-eletrônica: exploração do acervo à luz da bibliometria, geoanálise e redes sociais. Revista de Administração de Empresas, v. 51, n. 3, p. 280-306, 2011.

LARA, F. L.; SILVA, M. C. da; COSTA, F.; MORAES, N. M. Panorama das publicações nacionais de caso de ensino na área de contabilidade e administração. XXIV Congresso Brasileiro de Custos, Anais eletrônicos..., 2017.

LORDSLEEM, N. L. C.; ARAÚJO, R. M. de; OLIVEIRA, B. M. K. de; ALEXANDRE, M. L. de O. Ensino e pesquisa em administração: um estudo bibliométrico de publicações do Enanpad (2001-2008). Revista Ciências Administrativas, v. 15, n. 2, p. 356-378, 2009.

MARTINS, L. B.; ZERBINI, T. Educação a distância em instituições de ensino superior: uma revisão de pesquisas. Revista Psicologia Organizações e Trabalho, v. 14, n. 3, p. 271-282, 2014.

MELLO, C. M. de; CRUBELLATE, J. M.; ROSSONI, L. Dinâmica de relacionamento e prováveis respostas estratégicas de programas brasileiros de pós-graduação em administração à avaliação da capes: proposições institucionais a partir da análise de redes de co-autorias. Revista de Administração Contemporânea, v. 14, n. 3, p. 434-457, 2010.

MIRANDA, A. C. C. de; CARVALHO, A. V.; RAMOS, A. S. M. Comunicação científica em administração. Revista Ciências Administrativas¸ v. 22, n. 2, p. 573-604, 2016.

PESSOA ARAÚJO, U.; MENDES, M. de L.; GOMES, P. A.; COELHO, S. de C. P.; BRITO, M. J. de. Trajetória e estado corrente da sociometria brasileira. Revista Hispana para el Análisis de Redes Sociales, v. 28, n. 2, p. 97-128, 2017.

PICOLI, F. R.; ABIB, G.; FONSECA, M. W. da. Balanced Scorecard: um estudo bibliométrico acerca da produção acadêmica da década de 2001-2011 no Brasil. Revista de Contabilidade e Controladoria, v. 4, n. 3, p. 128-142, 2012.

QUEVEDO-SILVA, F.; SANTOS, E. B. A.; BRANDÃO, M. M.; VILS, L. Estudo bibliométrico: orientações sobre sua aplicação. Revista Brasileira de Marketing, v. 15, n. 2, p. 246-262, 2016.

RIBEIRO, H. C. M. Bibliometria: quinze anos de análise da produção acadêmica em periódicos brasileiros. Biblios: Journal of Librarianship and Information Science, v. 7, n. 69, p. 1-20, 2017b.

RIBEIRO, H. C. M. Dez anos da produção científica da área temática educação e pesquisa em contabilidade publicada na AnpCONT. Revista Mineira de Contabilidade, v. 18, n. 3, p. 65-78, 2017a.

RIBEIRO, H. C. M. Redes sociais: uma metanálise nos periódicos da área de administração no Brasil. Gestão & Regionalidade, v. 30, n. 88, p. 62-80, 2014.

ROSSONI, L.; GUARIDO FILHO, E. R. Cooperação interinstitucional no campo da pesquisa em estratégia. Revista de Administração de Empresas, v. 47, n. 4, p. 74-88, 2007.

SANTOS, M. A.; PIRES, E. G.; MACAMBIRA, M. O.; BRUNI, A. L. A construção do conhecimento sobre ensino e aprendizagem em contabilidade: um olhar sobre os congressos USP e ANPCONT no período de 2007 a 2011. Revista Evidenciação Contábil & Finanças, v. 1, n. 1, p. 71-84, 2013.

SANTOS, V. dos; BEUREN, I. M.; NARDI, L. V.; VICENTI, T. Folga orçamentária: características das publicações em periódicos internacionais. Revista Contabilidade Vista e Revista, v. 27, n. 1, p. 88-110, 2016.

SCHWEITZER, F.; RODRIGUES, R. S. Produção científica em áreas multidisciplinares: educação a distância no Brasil. Revista da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS, v. 19, n. 1, p. 156-172, 2013.

SILVA, M. P. D.; MELO, M. C. de O. L.; MUYLDER, C. F. de. Educação a Distância em foco: um estudo sobre a produção científica brasileira. Revista de Administração Mackenzie, v. 16, n. 4, p. 202-230, 2015.

TEIXEIRA, M. L. M.; IWAMOTO, H. M.; MEDEIROS, A. Estudos bibliométricos (?) em administração: discutindo a transposição de finalidade. Administração: Ensino e Pesquisa, v. 14, n. 3, p. 423-452, 2013.

URBIZAGASTEGUI, R.; ARANGO, C. R. Crecimiento de la literatura sobre bibliometria, informetria y cienciometria en el Brasil. Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação, v. 2017

VENDRUSCOLO, M. I.; BEHAR, P. A. Educação e pesquisa em contabilidade: estado da arte do congresso USP de controladoria e contabilidade no período de 2004 a 2012. Revista Ambiente Contábil, v. 6, n. 1, p. 83-98, 2014.

VILAN FILHO, J. L. A colaboração científica nas áreas de informação no Brasil (1972-2013). Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação, v. 9, n. 1, p. 258-269, 2016.

WALTER, S. A.; AUGUSTO, P. O. M. Prática estratégica e strategizing: mapeamento dos delineamentos metodológicos empregados em estratégia como prática. Revista Eletrônica de Ciência Administrativa, v. 11, n. 1, p. 131-142, 2012.

WALTER, S. A.; BACHL, T. M.; BARBOSA, F. Estratégia como prática: análise longitudinal por meio de bibliometria e sociometria. Revista Brasileira de Estratégia, v. 5, n. 3, p. 307-323, 2012.

ZAPPELLINI, M. B.; FEUERSCHÜTTE, S. G. O uso da triangulação na pesquisa científica brasileira em administração. Administração: Ensino e Pesquisa, v. 16, n. 2, p. 241-273, 2015.

ZERBINI, T.; ABBAD, G. Estratégias de aprendizagem em curso a distância: validação de uma escala. Psico-USF, v. 13, n. 2, p. 177-187, 2008.