Relação entre a Qualidade da Gestão Fiscal e a Transparência dos Municípios Brasileiros Outros Idiomas

ID:
52028
Resumo:
O objetivo deste trabalho foi analisar a relação entre a qualidade da gestão fiscal e a transparência nos municípios brasileiros. Para tanto, foi realizado um estudo de caráter descritivo e quantitativo. Os dados foram secundários dos anos de 2015 e 2016. O indicador de qualidade da gestão fiscal utilizado foi o Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF); para transparência, foi utilizado o índice de transparência do Ranking Nacional de Transparência divulgado pelo Ministério Público Federal. As variáveis de controle foram Índice de Desenvolvimento Municipal, população, receita orçamentária bruta per capita, bem como dummies de tamanho e produtividade e arrecadação. A análise descritiva das variáveis de interesse da pesquisa identificou indicadores de gestão fiscal em níveis de dificuldade e transparência médios, heterogeneidade no tamanho, receita per capita e na transparência municipal. Por meio do modelo de regressão de mínimos quadrados generalizados (MQG), foi evidenciada uma relação positiva e significativa entre o indicador de qualidade de gestão pública municipal (IFGF) com todas as variáveis do modelo, validando o argumento teórico de que há influência dessas variáveis no indicador de qualidade de gestão pública municipal do Brasil. Portanto, aceita-se a hipótese geral da pesquisa ao se afirmar que a qualidade na gestão fiscal (IFGF) apresentou relação com a transparência dos municípios brasileiros e que a transparência municipal, Índice de Desenvolvimento Municipal, população, receita orçamentária bruta per capita , bem como dummies de tamanho e produtividade e arrecadação, estão relacionados com as variações do indicador de gestão fiscal.
Citação ABNT:
LEITE FILHO, G. A.; CRUZ, C. F.; NASCIMENTO, J. P. B.; SILVA, T. G. Relação entre a Qualidade da Gestão Fiscal e a Transparência dos Municípios Brasileiros. Cadernos Gestão Pública e Cidadania, v. 23, n. 76, p. 337-355, 2018.
Citação APA:
Leite Filho, G. A., Cruz, C. F., Nascimento, J. P. B., & Silva, T. G. (2018). Relação entre a Qualidade da Gestão Fiscal e a Transparência dos Municípios Brasileiros. Cadernos Gestão Pública e Cidadania, 23(76), 337-355.
DOI:
http://dx.doi.org/10.12660/cgpc.v23n76.75408
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/52028/relacao-entre-a-qualidade-da-gestao-fiscal-e-a-transparencia-dos-municipios-brasileiros/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Avelino, B. C. (2013). Características explicativas do nível de disclosure voluntário de municípios do estado de Minas Gerais: Uma abordagem sob a ótica da teoria da divulgação. (Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG).

Avelino, B. C.; Cunha, J. V. A.; Lima, G. A. S. F.; Colauto, R. D. (2014). Características explicativas do nível de disclosure voluntário de municípios do estado de Minas Gerais. Revista de Administração, Contabilidade e Economia, 13(2), 571-606.

Barros, L. M. (2014). A transparência fiscal eletrônica nos municípios do estado do Paraná: Avaliação do índice de transparência e as possíveis relações nesse processo. (Dissertação de mestrado, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR).

Beck, N.; Katz, J. N. (2011). Modeling dynamics in time-series–cross-section political economy data. Annual Review of Political Science, 14, 331-352. doi: 10.1146/annurev-polisci-071510-103222

Bernardo, J. S.; Reis, A. O.; Sediyama, G. A. S. (2017). Características explicativas do nível de transparência na administração pública municipal. Revista Ciências Administrativas, 23(2), 277-292. doi: 10.5020/23180722.23.2.277-292

Campos, A. M. (1990). Accountability: Quando poderemos traduzi-la para o português? RAP-Revista de Administração Pública, 24(2), 30-50.

Ckagnazaroff, I. B. (1989). A Nova Constituição: Uma nova administração municipal. RAP-Revista de Administração Pública, 23(4), 104-107.

Comin, D.; Ramos, F. M.; Zucchi, C.; Favretto, J.; Fachi, C. C. P. (2016). A transparência ativa nos municípios de Santa Catarina: Avaliação do índice de atendimento à Lei de Acesso à Informação e suas determinantes. Revista Catarinense da Ciência Contábil (CRCSC), 15(46), 24-34. doi: 10.16930/22377662/rccc.v15n46p24-34

Cruz, C. F. (2010). Transparência da gestão pública municipal: Referenciais teóricos e a situação dos grandes municípios brasileiros. (Dissertação de mestrado, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ).

Cruz, C. F.; Afonso, L. E. (2018). Gestão fiscal e pilares da Lei de Responsabilidade Fiscal: Evidências em grandes municípios. RAP-Revista de Administração Pública, 52(1), 126-148. doi: 10.1590/00347612165847

Cruz, C. F.; Ferreira, A. C. S.; Silva, L. M.; Macedo, M. A. S. (2012). Transparência da gestão pública municipal: Um estudo a partir dos portais eletrônicos dos maiores municípios brasileiros. RAP-Revista de Administração Pública, 46(1), 153-176. doi: 10.1590/ S0034-76122012000100008

Cruz, C. F.; Macedo, M. A. S.; Sauerbronn, F. F. (2013). Responsabilidade fiscal de grandes municípios brasileiros: Uma análise de suas características. RAP-Revista de Administração Pública, 47(6), 1375-1379. doi: 10.1590/S0034-76122013000600003

Cruz, C. F.; Silva, L. M.; Santos, R. (2009). Transparência da gestão fiscal: Um estudo a partir dos portais eletrônicos dos maiores municípios do Estado do Rio de Janeiro. Contabilidade, Gestão e Governança, 12(3), 102-115.

Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro. (2017). Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal. http:// www.firjan.com.br/ifdm/

Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro. (2017). Índice Firjan de Gestão Fiscal. http://www.firjan.com.br/ifgf/

Gujarati, D. N.; Porter, D. C. (2011). Econometria básica. 5 ed. Porto Alegre, RS: McGraw Hill.

Kelles, M. F. (2010). Dez anos da Lei de Responsabilidade Fiscal: Da idealidade à efetividade. Revista do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, 75(2), 77-96.

Klein, R. H.; Klein, D. C. B. (2017). Utilização da accountability theory em pesquisas sobre transparência governamental: Abordagens e perspectivas. XLI Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração (EnANPAD), São Paulo, SP.

Klering, L. R.; Kruel, A. J.; Stranz, E. (2012). Os pequenos municípios do Brasil: Uma análise a partir de índices de gestão. Análise Revista de Administração da PUCRS, 23(1), 31-44.

Kopits, G.; Craig, J. (1998). Transparency in government operations [Ocasional Paper 158]. International Monetary Fund. http://www.imf.org/external/pubs/cat/longres.aspx?sk=2476

Leite, G.; Filho, Santiago, W. P.; Otoni, B. S.; Veloso, J. T. R.; Ferreira, K. R. (2015). Efeitos da Lei de Responsabilidade Fiscal nos indicadores de desenvolvimento e de responsabilidade social dos municípios do Estado de Minas Gerais. Revista Mineira de Contabilidade, 16(2), 14-25.

Lock, F. N. (2003). Transparência da gestão municipal através das informações contábeis divulgadas na internet. (Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, PE).

Ministério Público Federal. (2017). Ranking nacional da transparência. http://www.rankingdatransparencia.mpf.mp.br/

Nd. (2000). Lei Complementar n. 101, de 4 de maio de 2000. Estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e dá outras providências. Brasília, DF.

Oliveira, A. C.; Santos, N. A. (2017). Transparência passiva nos pequenos municípios brasileiros. XI Congresso Anpcont, Belo Horizonte, MG.

Piccoli, M. R.; Arpini, M. (2018). A accountability e os motivos que ensejaram a rejeição das contas dos municípios catarinenses. Revista de Administração e Contabilidade, 10(1), 36-47.

Pinho, J. A. G.; Sacramento, A. R. (2009). Accountability: Já podemos traduzi-la para o português? RAP-Revista de Administração Pública, 43(6), 1343-1368. doi: 10.1590/S0034-76122009000600006

Platt, O. A.; Neto, Cruz, F.; Ensslin, S. R.; Ensslin, L. (2007). Publicidade e transparência das contas públicas: Obrigatoriedade e abrangência desses princípios na administração pública brasileira. Contabilidade Vista & Revista, 18(1), 75-94.

Reis, A. O.; Ferreira, M. A. M.; Ferreira, M. A. S. (2015). Análise dos fatores determinantes da transparência orçamentária pública em nível nacional. XV Congresso USP Controladoria e Contabilidade, São Paulo, SP.

Ribeiro, C. P. P.; Zuccolotto, R. (2009). Índice de transparência fiscal das contas públicas dos municípios obtidos em meios eletrônicos de acesso público. XXXIII Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração (EnANPAD), São Paulo, SP.

Ribeiro, C. P. P.; Zuccolotto, R. (2012). Fatores determinantes da transparência na gestão pública dos municípios brasileiros. V Encontro de Administração Pública e Governo (EnAPG), Salvador, BA.

Rodrigues Júnior, M.; Salgueiro, V. (2015). Transparência na gestão fiscal nos municípios do estado do Ceará. Revista Controle – Doutrina e Artigos, 13(1), 47-63.

Sacramento, A. R. S.; Pinho, J. A. G. (2007). Transparência na administração pública: O que mudou depois da Lei de Responsabilidade Fiscal?Um estudo exploratório em seis municípios da Região Metropolitana de Salvador. Revista de Contabilidade da UFBA, 1(1), 48-61.

Schedler, A. (1999). Conceptualizing accountability. In A. Schedler, L. Diamond, & M. F. Plattner (Eds.), Self-restraining state: Power and accountability in new democracies. (pp. 13-28). London, UK: Lynne Rienner Publishers.

Silva, T. G. (2009). Transparência das contas públicas e Lei de Responsabilidade Fiscal: Detalhamento da despesa em portais de transparência do governo federal. (Dissertação de mestrado, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ).

Washington, S. P.; Karlaftis, M. G.; Mannering, F. L. (2011). Statistical and econometric methods for transportation data analysis. 2 ed. Boca Raton, FL: CRC Press.

Wooldridge, J. M. (2006). Introdução à econometria: Uma abordagem moderna. São Paulo, SP: Cengage Learning.

Wright, G. A. (2013). Análise dos fatores determinantes da transparência fiscal ativa nos municípios brasileiros. (Dissertação de mestrado, Universidade de Brasília/UFPB/ UFRN, João Pessoa, PB).

Wright, G. A.; Paulo, E. (2014). Análise dos fatores determinantes de transparência fiscal ativa nos municípios brasileiros. VIII Congresso Anpcont, Rio de Janeiro, RJ.

Zuccolotto, R.; Teixeira, M. A. C. (2014). As causas da transparência fiscal: Evidências nos estados brasileiros. Revista Contabilidade & Finanças, 25(66), 242-254. doi: 10.1590/1808-057x201410820