A Cooperação no Contexto das Transformações Sociais e do Desenvolvimento Local: O Caso da Rota das Salamarias - RS Outros Idiomas

ID:
52043
Resumo:
A Rota das Salamarias é uma rota turística criada a partir da iniciativa de alguns agricultores com o propósito de diversificar as atividades das propriedades rurais, visando a complementariedade de renda dos pequenos agricultores. Nessa perspectiva, este artigo tem por objetivo analisar as ações de cooperação existentes entre os proprietários das pequenas propriedades rurais na Rota das Salamarias - RS, por meio da verificação das transformações sociais e da importância de tal aglomerado produtivo para com o desenvolvimento local. Para tanto, realizou-se uma pesquisa exploratória, do tipo estudo de caso, com abordagem qualitativa dos dados. Os resultados revelam a existência da cooperação entre os agricultores pertencentes à rota pesquisada, confirmando intensa participação, interação, solidariedade e confiança entre os participantes, o que impacta em diferentes transformações sociais. Diante deste contexto, a participação na rota possibilita o desenvolvimento local não só do ponto de vista econômico, mas também da preservação dos recursos naturais, bem como da melhora das relações sociais, proporcionando maior qualidade de vida aos envolvidos.
Citação ABNT:
COLET, D. S.; MOZZATO, A. R. A Cooperação no Contexto das Transformações Sociais e do Desenvolvimento Local: O Caso da Rota das Salamarias - RS . Gestão & Regionalidade, v. 34, n. 102, p. 179-191, 2018.
Citação APA:
Colet, D. S., & Mozzato, A. R. (2018). A Cooperação no Contexto das Transformações Sociais e do Desenvolvimento Local: O Caso da Rota das Salamarias - RS . Gestão & Regionalidade, 34(102), 179-191.
DOI:
10.13037/gr.vol34n102.4180
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/52043/a-cooperacao-no-contexto-das-transformacoes-sociais-e-do-desenvolvimento-local--o-caso-da-rota-das-salamarias---rs-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BALESTRIN, A.; VERSCHOORE, J. R.; REYES JUNIOR, E. O campo de estudo sobre redes de cooperação interorganizacional no Brasil. Revista de Administração Contemporânea – RAC, Curitiba, v. 14, n. 3, p. 458-477, mai./jun. 2010.

BALESTRIN, A.; VERSCHOORE, J. Redes de cooperação empresarial: estratégias de gestão na nova economia. Porto Alegre: Bookman, 2008.

BORTOLASO, I.; VERSCHOORE, J. R.; ANTUNES JUNIOR, J. A. V. Estratégias cooperativas: avaliando a gestão da estratégia em redes de pequenas e médias empresas. Revista Brasileira de Gestão e Negócios, São Paulo, v. 14, n. 45, p. 419-437, out./dez. 2012

BRITO, E. P. Z.; MARIOTTO, G. Benefits of Cooperation between Buyers and Providers: a study in the field of information and communications technology. Brazilian Journal of Business Management, v. 21, 2013.

BUARQUE, S. C. Construindo o desenvolvimento local sustentável: metodologia de planejamento. Rio de Janeiro: Garamond, 2006.

CASAROTTO FILHO, N; PIRES, L.H. Redes de pequenas e médias empresas e desenvolvimento local: Estratégias para a conquista de competitividade global com base na experiência italiana. 2ª ed. São Paulo: Atlas, 2001.

COLET, D. S.; MOZZATO, A. R. “Um por todos e todos por um”: Relações Interorganizacionais na Rota das Salamarias. Gestão e Planejamento, v. 17, n. 2, p. 332-347, maio/ago. 2016.

CUNHA, S.; CUNHA, J. Competitividade e sustentabilidade de um cluster de turismo: uma proposta de modelo sistêmico de medida do impacto do turismo no desenvolvimento local. RAC, Rio de Janeiro, v. 9, p. 101-123, 2005. Número especial

DENZIN, N. K; LINCOLN, Y. S. Handbook of qualitive research. 2. ed. Thousand Oaks: Sage, 2000.

FLICK, U. Introdução à pesquisa qualitativa. Trad. Joice Elias Costa. 3. ed. São Paulo: Artmed, 2009.

FROEHLICH, J. M. O “local” na atribuição de sentido ao desenvolvimento. Revista Paranaense de Desenvolvimento, Curitiba, n.94, p. 87-96, maio/dez. 1998.

GOULART, S. Uma Abordagem ao Desenvolvimento Local Inspirada em Celso Furtado e Milton Santos. Cadernos EBAPE.BR, v. IV, n. 3, 2006.

MOZZATO, A. R.; CARRION, R. M.; MORETTO, C. Globalização, desenvolvimento sustentável e governança a importância dos espaços socioterritoriais. Ensaios FEE, Porto Alegre, v. 35, n. 1, p. 75-100, jun. 2014.

MOZZATO, A. R.; STORTI, A. T.; RANZI, C. Relacionamentos interorganizacionais de cooperação: vantagem competitiva para o arranjo produtivo de gemas e pedras preciosas da cidade de Soledade/RS. Revista Perspectiva (online), v. 1, p. 105-118, 2013.

NEUMANN, L.; HEXSEL, A.; BALESTRIN, A. Desafios à cooperação em aglomerados produtivos: um estudo de caso no segmento de malhas do sul do Brasil. Revista de Administração e Contabilidade da Unisinos, v.8, n.3, p.220230, jul./set. 2011.

OLIVEIRA, M. F.; MARTINELLI, D. P. Negociação, Cooperação e Desenvolvimento Local sob uma Perspectiva Sistêmica: um Estudo de Caso no Arranjo Produtivo Local de Fruticultura de Jaíba-Mg. VIII Encontro de Estudos em Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas – EGEPE, Goiânia. Anais.... Goiânia, 2014.

SANTOS, M. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. 2. ed. São Paulo: Hucitec, 1997.

SANTOS, M. O retorno do território. In: SANTOS, Milton; SOUZA, Maria Adélia A. de; SILVEIRA, Maria Laura (Orgs.). Território: globalização e fragmentação. 4. ed. São Paulo: Hucitec: ANPUR, 1998. p. 15-20.

SEN, A. Desenvolvimento como liberdade. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

SILVA, G. M.; NEVES, J. A. B. D Divisão do trabalho social e arranjos produtivos locais: reflexos econômicos de efeitos morais de redes interorganizacionais. Revista de Administração Mackenzie, v. 14, v. 1, jan./fev. 2013.

TENÓRIO, F. G. (Org). Cidadania e Desenvolvimento Local. Ijuí: Unijuí, 2007.

TENÓRIO, F. G. Cidadania e desenvolvimento local: critérios de análise. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2012.

VALE, G. M. V. Territórios Vitoriosos: O papel das redes organizacionais. Rio de Janeiro: Editora Garamond, 2007.

VERSCHOORE, J.; BALESTRIN. A. Fatores Relevantes para o Estabelecimento de Redes de Cooperação entre Empresas do Rio Grande do Sul. Revista de Administração Contemporânea RAC, Curitiba, v. 12, nº 4, p. 1043-1069, Out/Dez. 2008

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

YIN, R. K. Pesquisa qualitativa do início ao fim. Trad. Daniel Bueno. Porto Alegre: Penso, 2016.