Composição do Conselho de Administração e Sensibilidade da Remuneração Executiva ao Desempenho de Mercado

ID:
52282
Resumo:
Este artigo investiga, no mercado de capitais brasileiro, o efeito da composição do conselho de administração na sensibilidade da remuneração dos executivos ao desempenho de mercado, conhecida como pay-performance sensitivity (PPS). Devido aos potenciais conflitos de agência entre acionistas controladores e minoritários e entre acionistas e gestores, os membros do conselho de administração da diretoria executiva ou indicados pelo acionista controlador teriam menos independência, o que pode comprometer a eficiência do monitoramento e, por consequência, reduzir a PPS. Pretende-se contribuir com o entendimento dos conflitos de agência ocorridos no mercado de capitais brasileiro e com a definição da configuração dos mecanismos de monitoramento e compensação que minimizam os custos totais de agência, maximizando a riqueza dos acionistas. Os resultados da pesquisa trazem implicações para a compreensão das relações de agência e para a governança corporativa no mercado de capitais brasileiro. Conclui-se que a relação entre o monitoramento exercido pelo conselho de administração e a compensação dos gestores é condição para sua eficácia como mecanismo de governança no mercado de capitais brasileiro. Analisaram-se dados do período de 2013 a 2015 de 92 empresas participantes do Índice Brasil 100 (IBRX 100) da Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo (BM&FBOVESPA). Além de testes de diferença entre médias e correlação, processaram-se estimações por meio da modelagem mínimos quadrados generalizados viáveis (feasible generalized least squares). A independência do conselho de administração em relação ao acionista controlador e à diretoria executiva pode funcionar como mecanismo de governança corporativa complementar à compensação dos executivos. Os resultados deste estudo indicam que a proporção de executivos e de membros independentes no conselho de administração reduz a PPS, medida de eficácia da compensação dos executivos operacionalizada pela relação contemporânea entre incremento da remuneração dos gestores e incremento de valor de mercado da empresa.
Citação ABNT:
BRANDÃO, I. F.; VASCONCELOS, A. C.; LUCA, M. M. M.; CRISÓSTOMO, V. L. Composição do Conselho de Administração e Sensibilidade da Remuneração Executiva ao Desempenho de Mercado. Revista Contabilidade & Finanças - USP, v. 30, n. 79, p. 28-41, 2019.
Citação APA:
Brandão, I. F., Vasconcelos, A. C., Luca, M. M. M., & Crisóstomo, V. L. (2019). Composição do Conselho de Administração e Sensibilidade da Remuneração Executiva ao Desempenho de Mercado. Revista Contabilidade & Finanças - USP, 30(79), 28-41.
DOI:
10.1590/1808-057x201806610
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/52282/composicao-do-conselho-de-administracao-e-sensibilidade-da-remuneracao-executiva-ao-desempenho-de-mercado/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português