A Produção em Internacionalização do Ensino Superior: Uma Análise a Partir da Base da 'Web of Science' Outros Idiomas

ID:
52380
Resumo:
A internacionalização do ensino superior pode ser analisada sobre diversos prismas, diante disso a presente pesquisa justifica-se à medida que busca identificar e analisar os principais aspectos das publicações no campo de estudo, apontando os hot topics da temática. Para a realização deste estudo, utilizou-se a pesquisa bibliométrica na base de dados da Web of Science, compreendendo as publicações sobre o tema no período de 2007 a 2016. Foram encontradas 1146 publicações, que evidenciaram a existência de um grande número de autores e instituições que publicam sobre a temática, bem como diversas fontes de publicação. Nota-se ainda que grande parte dos estudos estão voltados para a área da educação e possuem o inglês como idioma predominante. Os termos “globalização” e “universidade” foram identificados como hot topics no estudo da temática, possivelmente por serem considerados termos correlatos ao objeto de estudo e não uma área específica de estudo.
Citação ABNT:
GAZZONI, F.; SCHERER, F. L.; PIVETTA, N. P.; PIVETA, M. N.; RIZZATTI, A. B. A Produção em Internacionalização do Ensino Superior: Uma Análise a Partir da Base da 'Web of Science'. Revista de Administração FACES Journal, v. 17, n. 4, p. 70-88, 2018.
Citação APA:
Gazzoni, F., Scherer, F. L., Pivetta, N. P., Piveta, M. N., & Rizzatti, A. B. (2018). A Produção em Internacionalização do Ensino Superior: Uma Análise a Partir da Base da 'Web of Science'. Revista de Administração FACES Journal, 17(4), 70-88.
DOI:
http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2018V17N4ART5882
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/52380/a-producao-em-internacionalizacao-do-ensino-superior--uma-analise-a-partir-da-base-da--web-of-science-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ALTBACH, P. G.; KNIGHT, J. The internationalization of higher education: Motivations and realities. Journal of studies in international education, v. 11, n. 3-4, p. 290-305, 2007.

ALTBACH, P. Globalization and the University: Realities in an Unequal World. In: ALTBACH, P.; FOREST, J. (eds.). International Handbook of Higher Education. Dordrecht: Springer, 2006.

ARAUJO, C. A. Bibliometria: evolução histórica e questões atuais. Em Questão: Revista da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da UFRGS, v. 12, n. 1, p. 11-32, jan. /jun. 2006. .

BANKS, M. G. An extension of the Hirsch index: indexing scientific topics and compounds. 2006. .

BORGES, G. D. R.; AMAL, M. Internacionalização de cursos stricto sensu: uma investigação sobre a distância psíquica e as práticas adotadas. Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL, v. 9, n. 2, p. 260-281, 2016.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. Acervo. 2017.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. Plano Nacional de Pós-Graduação – PNG 2011/2020. Vol. 1 – Brasilia, DF: CAPES, 2010.

DAL-SOTO, F.; ALVES, J. N.; SOUZA, Y. S. de. A produção científica sobre internacionalização da educação superior na Web of Science: características gerais e metodológicas. Educação em Revista, v. 32, n. 4, p. 229-249, 2016.

DE WIT, H. Globalisation and internationalisation of higher education. Revista de Universidad y Sociedad del Conocimiento (RUSC), v. 8, n. 2, p. 241-247, 2011.

DUTRA, I. I. C.; MARANHÃO, R. K. D. A. Internacionalização do ensino superior: um estudo sobre barreiras e possibilidades. Administração: Ensino e Pesquisa, v. 18, n. 1, p. 9-38, 2017.

FIGUEIRÓ, P. S.; RAUFFLET, E. Sustainability in higher education: a systematic review with focus on management education. Journal of Cleaner Production, v. 106, p. 22-33, 2015.

HIRSCH, J. E. An index to quantify an individual’s scientific research output. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, v. 102, n. 46, p. 16.56916.572, 2005.

JACKSON, J. Globalization, internationalization, and short-term stays abroad. International Journal of Intercultural Relations, v. 32, n. 4, p. 349-358, 2008.

KNIGHT, J. Higher Education in Turmoil: The Changing World of Internationalization. Rotterdam: Sense Publishers, 2008.

LIMA, M. C.; CONTEL, F. B. Internacionalização da educação superior: Nações ativas, nações passivas e a geopolítica do conhecimento. São Paulo: Alameda, 2011.

MACEDO, M. A. S.; CASA NOVA, S. P. C.; ALMEIDA, K. Mapeamento e análise bibliométrica da utilização da análise envoltória de dados (DEA) em estudos de contabilidade e administração. CGG - Contabilidade, Gestão e Governança, v.12, n. 3, p. 87-101, 2009.

MARINGE, F.; FOSKETT, N. Globalization and Internationalization in Higher Education: Theoretical, Strategic and Management Perspectives. London: Continuum International Publishing Group. 2010.

MARRARA, T. Internacionalização da Pós-Graduação: objetivos, formas e avaliação. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 4, n. 8, p. 245-262, 2007.

MOROSINI, M. C.; FERNANDES, C. M. B.; LEITE, D. et al. A qualidade da educação superior e o complexo exercício de propor indicadores. Revista Brasileira de Educação, v. 21, n. 64, p. 13-37, 2016.

RAASCH, C. et al. The rise and fall of interdisciplinary research: the case of open source innovation. Research Policy, v. 42, n. 5, p. 1138-1151, 2013.

SCOTT, P. The Global Dimension: Internationalising Higher Education. In: DE WIT, B. K. H. (ed.). Internationalization in Higher Education: European Responses to the Global Perspective. Amsterdam: European Association for International Education and the European Higher Education Society, 2005.

STALLIVIERI, L. O processo de internacionalização nas instituições de ensino superior. Educação Brasileira: Revista do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras, Brasília, v. 24, n. 48, p. 35-57, 2002.

TEICHLER, U. The Changing Debate on Internationalisation of Higher Education. Higher Education, v. 48, n. 1, p. 5-26, 2004.

TERRA, A.; LENGLER, J. F. B. internacionalização do ensino superior: Para onde estamos indo?Uma análise das publicações a partir da virada do milênio. Revista do CEPE, n. 44, p. 147-168, jul./dez. 2016.