Análise do Grau de Motivação Comparando os Fatores Expostos por Herzberg: Estudo de Caso em uma Empresa de Formação de Condutores Outros Idiomas

ID:
52415
Resumo:
Para compreender a motivação de cada trabalhador, Frederick Herzberg foi um dos primeiros pesquisadores a estudar as causas que influenciavam as pessoas a estarem ou não realizadas com seu trabalho. O presente artigo relata as teorias ligadas à motivação no trabalho, com o objetivo de verificar o grau de motivação dos funcionários da empresa CFC Alvorada em seu ambiente de trabalho. Esta pesquisa caracterizou-se como um estudo de caso único, exploratório e descritivo, onde foram divididas em duas técnicas de coleta de dados, sendo uma através de entrevista semi-estruturada e outra com um questionário de perguntas fechadas, onde foi possível constatar o nível de motivação dos pesquisado. Como resultado da pesquisa foi possível constatar que os motivos que deixam alguns colaboradores desmotivados é a insuficiência de uma comunicação clara e transparente que seja realizada de forma individual.
Citação ABNT:
LUIZ, D. S.; BERTONI, F. A.; MACHADO, G. B. Análise do Grau de Motivação Comparando os Fatores Expostos por Herzberg: Estudo de Caso em uma Empresa de Formação de Condutores. Revista de Carreiras e Pessoas, v. 9, n. 1, p. 28-45, 2019.
Citação APA:
Luiz, D. S., Bertoni, F. A., & Machado, G. B. (2019). Análise do Grau de Motivação Comparando os Fatores Expostos por Herzberg: Estudo de Caso em uma Empresa de Formação de Condutores. Revista de Carreiras e Pessoas, 9(1), 28-45.
DOI:
http://dx.doi.org/10.20503/recape. v9i1.37224
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/52415/analise-do-grau-de-motivacao-comparando-os-fatores-expostos-por-herzberg--estudo-de-caso-em-uma-empresa-de-formacao-de-condutores/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BASTOS, Vânia Lúcia Tórtora Magalhães, Motivação no trabalho. 29 f. (Trabalho monográfico para especialização em Reengenharia e Gestão de RH). Universidade Candido Mendes, Rio de JaneiroRJ, 2001.

BERGAMINI, Cecília Whitaker. Psicologia aplicada à administração de empresas: Psicologia do comportamento humano na empresa: 2ª ed. São Paulo: Atlas,1979.

BUENO, Marcos. As teorias de motivação humana e sua contribuição para a empresa humanizada: Revista do Centro de Ensino Superior de Catalão – CESUC – Ano IV – nº 06 – 1 º semestre – 2002.

BULGAVOV, Sergio. Manual de gestão empresarial. São Paulo: Atlas, 1999.

CHIAVENATO, Idalberto. Administração: teoria, processos e prática. 4 ed. Rio de Janeiro: Elsever, 2007.

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. 3. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.

CHIAVENATO, Idalberto. Recursos Humanos. Ed. Compacta, 5. Ed. São Paulo: Atlas, 1998.

CRESWELL, John W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativos e misto/Tradução Luciana de Oliveira da Rocha. 2. Ed. Porto Alegre: Artmed, 2007.

DAVIS, Keith e NEWSTROM, John W. Comportamento Humano no trabalho, uma abordagem Psicológica. Tradução de BERGAMINI, Cecília Whitaker e Coda, Roberto. Volume 1. São Paulo: Pioneira, 2002.

DEMO, Pedro. Metodologia científica em ciências sociais. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1995.

DUARTE, Rosália. Pesquisa Qualitativa: Reflexões sobre o trabalho de campo. Cadernos de Pesquisa da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, n.115. p.135-134. MAR/2002.

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Mini Aurélio: o dicionário da língua portuguesa. 8 ed. Curitiba: Positivo, 2010.

FIORELLI, José Osmir. Psicologia para administradores: integrando teoria e prática. 7 ed. São Paulo: Atlas, 2011.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GOMES, Eliane Dias; MICHEL, Murillo. A motivação de pessoas nas organizações e suas aplicações para obtenção de resultados. Revista Científica eletrônica de administração, n. 13, periódicos semestral, Dez/2007.

HITT, Michael A, MILLER, C.Chet e Colella, Adriana. Comportamento Organizacional: Uma abordagem estratégica. Tradução e revisão SOUZA, Teresa Cristina Padilha de. Rio de Janeiro: LTC, 2012.

JUNIOR BEDRAN, Paulo Elias; OLIVEIRA, Jorge Luiz Coimbra de. Motivação no trabalho: Avaliando o ambiente organizacional. V Congresso Nacional de Excelência em Gestão – 2, 3 e 4 de Julho de 2009. ISSN 1984 – 9354.

MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Introdução à administração. 8 ed. rev. e ampl. São Paulo: Atlas, 2011.

MAY, Tim. Pesquisa social: questões, métodos e processos. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2004.

SAMPAIO, Jáder dos Reis. O Maslow desconhecido: uma revisão de seus principais trabalhos sobre motivação. Revista de administração da universidade paulista RAUSP, n.1. p.5-16. JAN./FEV./MAR.2009.

TACHIZAWA, Takeshy; FERREIRA, Victor Cláudio Paradela, FORTUNA, Antônio Alfredo Mello. Gestão com pessoas: uma abordagem aplicada às estratégias de negócios. 5.ed. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

VERGARA, Sylvia Constante. Gestão de Pessoas: Administração de pessoal, Grupos de trabalho, Liderança, Pessoal – Motivação e Poder (Ciências Sociais). 15.ed.São Paulo: Atlas, 2014.

WOOD JUNIOR, Thomaz; PICARELLI FILHO, Vicente. Remuneração Estratégica. 3. Ed. rev. e ampl. São Paulo: Atlas, 1998.

YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamentos e métodos. 2. Ed. Porto Alegre: Bookman, 2005