Desenvolvimento de Pessoas por Competências em uma Empresa de Sistemas Especializados da Região Oeste Catarinense Outros Idiomas

ID:
52421
Resumo:
Este artigo analisa as práticas de gestão de pessoas adotadas em uma empresa de sistemas especializados e suas contribuições para o desenvolvimento do capital intelectual, na perspectiva da gestão por competências. Os dados coletados permitiram conhecer o perfil profissional dos colaboradores, as políticas de gestão de pessoas e a importância do capital intelectual para a organização e seu impacto nos negócios e nos resultados. A organização reconhece a importância do capital intelectual em seus resultados financeiros e por isso investe em praticas de desenvolvimento de pessoas, contudo ainda precisa voltar seu olhar para a retenção do capital humano produzido.
Citação ABNT:
ROMAN, L. W.; SIMON, L. W.; ROMAN, I. P. Desenvolvimento de Pessoas por Competências em uma Empresa de Sistemas Especializados da Região Oeste Catarinense. Revista de Carreiras e Pessoas, v. 9, n. 1, p. 143-159, 2019.
Citação APA:
Roman, L. W., Simon, L. W., & Roman, I. P. (2019). Desenvolvimento de Pessoas por Competências em uma Empresa de Sistemas Especializados da Região Oeste Catarinense. Revista de Carreiras e Pessoas, 9(1), 143-159.
DOI:
http://dx.doi.org/10.20503/recape.v9i1.34090
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/52421/desenvolvimento-de-pessoas-por-competencias-em-uma-empresa-de-sistemas-especializados-da-regiao-oeste-catarinense/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ANDRADE, Maria Margarida de. Introdução a metodologia do trabalho científico: elaboração de trabalhos na graduação. 5 Ed. São Paulo: Atlas, 2001.

BARBALHO, Célia Regina Simonetti. Gestão baseada nas competências. Seminário Nacional De Bibliotecas Universitárias, UFAM, 2004. Disponível em: Acesso em: 19 nov. 2016.

BATOCCHIO, Antonio e BIAGIO, Luiz Arnaldo. A Importância da Avaliação do Capital Intelectual na Administração Estratégica. Disponível em: Acesso em: 10 mar. 2017.

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de pessoas: e o novo papel dos recursos humanos nas organizações. 3. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

COSTA, Eliezer Arantes da. Gestão Estratégica: da empresa que temos para a empresa que queremos. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2007.

DALMAU, Marcos Baptista Lopez. TOSTA, Kelly Cristina Benetti Tonani. Estratégia de gestão de pessoas. IESDE Curitiba, 2009.

DUTRA, Joel Souza. Gestão de pessoas: modelos, processos, tendências e perspectivas. São Paulo: Atlas, 2009.

FETZNER, Maria Amélia de Mesquita; FREITAS, Henrique. Implantação de tecnologia da informação nas organizações: os desafios da gestão da mudança. Anais do I Encontro da Administração da Informação (ENADI). Florianópolis. 24-26 out. 2007.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. 7 tiragem. São Paulo: Atlas, 2002.

HERNANDES, Carlos Alberto M. CRUZ, Cláudio Silva da. FALCÃO, Sérgio Dadnino. Combinando o Balanced Scorecard com a gestão do conhecimento. Disponível em: http://www.ceap.br/material/ MAT09042010215420.pdf. Acesso em: 15 mar. 2017.

KAPLAN, Robert S. e NORTON, David P. A estratégia em ação: Balanced Scorecard. 6ª ed. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

KUENZER, A. Z. Competência como Práxis: os dilemas da relação entre teoria e prática na Educação dos trabalhadores. Boletim Técnico do SENAC: Rio de Janeiro, v. 28, n. 2, p. 45-68, maio/ago.2013.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de Metodologia Científica. São Paulo: Atlas, 2003.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Análise do discurso: princípios & procedimentos. Campinas: Pontes, 2007

SANTOS, Armando Cuesta. Gestão do conhecimento, da organização que aprende e de competências: a era digital. São Paulo: R.Adm. 2003.

SILVA, Antônio Carlos Ribeiro de. Metodologia da pesquisa aplicada à contabilidade: orientações de estudo, projetos, relatórios, monografias, dissertações, teses. São Paulo: Atlas, 2003.

UBEDA, C. L.; SANTOS, F. C. A. Os principais desafios da gestão de competências humanas em um instituto público de pesquisa. Revista Gestão Produtiva, São Carlos, v. 15, n. 1, p. 189-199, jan.-abr. 2008. Disponível em: . Acesso em: 09 mai. de 2017.

VELOSO, Elza Fátima Rosa; DUTRA, Joel Souza; NAKATA, Lina Eiko. Percepção sobre carreiras inteligentes: diferenças entre as gerações y, x e baby boomers. Revista de Gestão, v. 24, Issue 2, p. 97-194 April–June 2016. Disponível em: Acesso em: 18 mai. de 2017.