A Influência de Atividades Extracurriculares no Desenvolvimento de Competências Gerenciais em Grupos de Pesquisa Outros Idiomas

ID:
52613
Resumo:
Este estudo visou identificar relações entre atividades extracurriculares (AE) e domínio de competências gerenciais (CG) em grupos de pesquisa (GP) brasileiros com uso da escala de domínio de CG em GP desenvolvida por Freitas e Odelius (2017), juntamente com questões relativas à contribuição de AE para o desenvolvimento de CG em GP. O questionário eletrônico foi aplicado a 528 participantes e submetido a estatísticas descritivas, análise de correlação Kendall-tau b e teste Kruskal-Wallis. A análise dos dados permitiu inferir que: 1) atuação em grupos de pesquisa, iniciação científica, extensão universitária, estágio, atuação profissional em geral, trabalho voluntário e projeto de consultoria se correlacionam com domínio de CG em todas as suas dimensões; 2) atuação em empresa júnior não se revelou capaz de influenciar significativamente o domínio de CG em GP; e 3) há diferenças significativas no domínio de CG em função do papel exercido no GP, do tipo de instituição, da área do conhecimento, da escolaridade, e do tempo de experiência com pesquisa acadêmica. Ao final, foram apresentadas conclusões, limitações e agenda para pesquisas futuras.
Citação ABNT:
FREITAS, P. F. P.; MONTEZANO, L.; ODELIUS, C. C. A Influência de Atividades Extracurriculares no Desenvolvimento de Competências Gerenciais em Grupos de Pesquisa. Administração: Ensino e Pesquisa, v. 20, n. 1, p. 1-25, 2019.
Citação APA:
Freitas, P. F. P., Montezano, L., & Odelius, C. C. (2019). A Influência de Atividades Extracurriculares no Desenvolvimento de Competências Gerenciais em Grupos de Pesquisa. Administração: Ensino e Pesquisa, 20(1), 1-25.
DOI:
10.13058/raep.2019.v20n1.1070
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/52613/a-influencia-de-atividades-extracurriculares-no-desenvolvimento-de-competencias-gerenciais-em-grupos-de-pesquisa/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ABBAD, G. S.; BORGES-ANDRADE, J. E. Aprendizagem humana em organizações de trabalho. In: ZANELLI, J. C.; BORGES-ANDRADE, J. E.; BASTOS, A. V. B.(org.) Psicologia, organizações e trabalho no Brasil. Porto Alegre: Artmed. 2004, p. 237-275.

ALLEN, K.; GALIANO, M.; HAYES, S. Empresas globais e o trabalho voluntário no mundo: relatório final do projeto de pesquisa sobre voluntariado empresarial global. São Paulo: Associação Internacional de Esforços Voluntários, 2011. Disponível em: < https://www.iave.org/iavewp/wp-content/uploads/2017/04/MBG-ReportGCVC-EmpresasGlobais-e-o-Voluntariado-no-mundo_ReportGCVC_port.pdf>

ARNS, J. W.; PRICE, C. To market, to market: The supervisory skills and managerial competencies most valued by new library supervisors. Library Leadership & Management, v. 21, n. 1, p. 13-19, 2007. Disponível em < https://journals.tdl.org/llm/index.php/llm/article/download/1657/937>

AVELINO, G. I. B; NUNES, S. C.; SARSUR, A. M. Modelo de gestão por competências: a aderência dos gestores para o alcance do desempenho organizacional superior. Revista Economia & Gestão, v. 16, n. 44, p. 24-50, 2016. http://dx.doi.org/10.5752/P.19846606.2016v16n44p24

BASTOS, A. V. B.; GONDIM, S. M. G.; LOIOLA, E. Aprendizagem organizacional versus organizações que aprendem: características e desafios que cercam essas duas abordagens de pesquisa. Revista de Administração da Universidade de São Paulo, v. 39, n. 3, p. 220-230, 2004. Disponível em < http://www.spell.org.br/documentos/download/16796>

BERVANGER, E.; VISENTINI, M. S. Publicações científicas brasileiras sobre empresas juniores na área de administração: um estudo bibliométrico. Revista de Gestão, v. 23, n. 3, p. 197-210, 2016. dx.doi.org/10.1016/j.rege.2016.06.002

BRANDÃO, H. P. Aprendizagem, contexto, competência e desempenho: um estudo multinível. 2009. 345f. Tese (Doutorado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações). Programa de Pós-Graduação da Universidade de Brasília, Brasília, 2009. Disponível em < http://repositorio.unb.br/handle/10482/8322>

BRANDÃO, H. P. et al. Desenvolvimento e estrutura interna de uma escala de competências gerenciais. Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 26, n. 1, p. 171, 2010. https://dx.doi.org/10.1590/S0102-37722010000100019

BRANDÃO, H. P.; BORGES-ANDRADE, J. E.; GUIMARÃES, T. A. Desempenho organizacional e suas relações com competências gerenciais, suporte organizacional e treinamento. Revista de Administração de São Paulo, v. 47, n. 4, p. 523-539, 2012. http://dx.doi.org/10.5700/rausp1056.

BRITO-DE-JESUS, K. C. et al. Desenvolvimento de Competências Gerenciais de Gestores Públicos em Instituições Federais de Educação. Revista Interdisciplinar De Gestão Social, v. 5, n. 1, p 37-60, 2016. Disponível em < https://portalseer.ufba.br/index.php/rigs/article/viewFile/12292/11642>

CAMPION, M. A. et al. Doing competencies well: best practices in competency modeling. Personnel Psychology, v. 64, n. 1, p. 225-262, 2011. https://doi.org/10.1111/j.17446570.2010.01207.x

CAMPOS, E. B. D. et al. Necessidades de Treinamento: uma proposta de avaliação estratégica no contexto de empresas juniores brasileiras. Revista de Administração Mackenzie, v. 16, n. 6, p. 126-158, 2015. http://dx.doi.org/10.1590/167869712015/administracao.v16n6p126-158.

CAMPOS, E. B. D; ABBAD, G. S. Verbete: competência no trabalho. In: BENDASSOLLI, P. F. & BORGES-ANDRADE, J. E. (Org.) Dicionário de psicologia do trabalho e das organizações. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2014.

CASSUNDÉ, F. R. S. A. et al. [Re]pensando o estágio na formação profissional dos estudantes de administração: um estudo sobre a produção científica brasileira na área. Administração: Ensino e Pesquisa, v. 18, n. 3 p. 594–62, 2017. https://doi.org/10.13058/raep.2017.v18n3.703

CASSUNDÉ, F. R. S. A. et al. Participar ou não participar, eis a questão! Um estudo sobre o engajamento dos estudantes de Administração em atividades extracurriculares. ID on line Revista de Psicologia. v. 9, n. 26, Supl. Esp., p. 42-56, 2015. https://doi.org/10.14295/idonline.v9i26.327

CHOUHAN, V. S.; SRIVASTAVA, S. Understanding Competencies and Competency Modeling ― A Literature Survey. Journal of Business and Management, v. 16, n. 1, p. 14-22, 2014. https://doi.org/10.9790/487X-16111422

CLOSS, L.; ANTONELLO, C. S. História de vida: suas possibilidades para a investigação de processos de aprendizagem gerencial. Gestão. Org, v. 10, n. 1, p. 105-137, 2012. Disponível em < https://dialnet.unirioja.es/descarga/articulo/3927232.pdf>

CNPQ Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Diretório de Grupos de Pesquisa, 2017. Disponível em: . Acesso em: 7 jan. 2017.

COCHRAN, W. G. Sampling Techniques. New York: JohnWiley, 1977.

COLCIÊNCIAS Departamento Administrativo de Ciencia, Tecnología e Innovación. Modelo de medición de grupos de investigación, tecnológica o de innovación año 2015, 2015. Recuperado de http://www.colciencias.gov.co/sites/default/files/upload/noticias/mediciondegruposactene2015.pdf Acesso em: 28 jul. 2016

DANCEY, C. P.; REIDY, J. Estatística sem matemática para psicologia. Porto Alegre: Penso Editora, 2013.

DENISON, D. R.; HOOIJBERG, R.; QUINN, R. E. Paradox and performance: Toward a theory of behavioral complexity in managerial leadership. Organization Science, v. 6, n. 5, p. 524-540, 1995. https://doi.org/10.1287/orsc.6.5.524

DI MAGGIO, P. J.; POWELL, W. W. The iron cage revisited institutional isomorphism and collective rationality in organizational fields. In: BAUM, J.; DOBBIN, F. (Org.). Economics Meets Sociology in Strategic Management, v. 17, Emerald Group Publishing Limited, 2000, p. 143-166. https://doi.org/10.1016/S0742-3322(00)17011-1

DOS-SANTOS, M. G. et al. Aprendizagem socioprática e individual-cognitiva na empresa júnior brasileira. Administração: Ensino e Pesquisa, v. 16, n. 2, p. 309-339, 2015. https://doi.org/10.13058/raep.2015.v16n2.235

DUTRA, J. S. Competências: Conceitos e instrumentos para a gestão de pessoas na empresa moderna. São Paulo: Atlas, 2008.

FERNANDEZ, F. F.; ODELIUS, C. C. Validação de uma escala de domínio de competências em grupos de pesquisa. Revista de Administração FACES Journal, v. 12, n. 2, p. 81-97, 2013. http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2013V12N2ART1277

FERNANDEZ, S.; CHO, Y. J.; PERRY, J. L. Exploring the link between integrated leadership and public sector performance. The Leadership Quarterly, v. 21, n. 2, p. 308-323, 2010. https://doi.org/10.1016/j.leaqua.2010.01.009

FIOR, C. A.; MERCURI, E. Formação universitária: o impacto das atividades não obrigatórias. In: MERCURY, E.; POLYDORO, S.A. J. (Org.). Estudante universitário: características e experiências de formação. Taubaté: Cabral Editora; 2003.

FONSECA, R. M. G. S. D. et al. Formação de um grupo de pesquisa em enfermagem na área da saúde da mulher e gênero. Texto & Contexto-Enfermagem, v. 21, n. 4, p. 990-998, 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072012000400032.

FREITAS JR., O. G. Um modelo de sistema de gestão do conhecimento para grupos d pesquisa e desenvolvimento. 2003. 310f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção). Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. Universidade Federal de Santa Catarina, 2003. Disponível em < http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/85845>

FREITAS, P. F. P. Relações entre competências gerenciais de líderes de grupos de pesquisa e resultados alcançados. 2016. 209f. Dissertação (Mestrado em Administração). Programa de Pós-Graduação em Administração. Universidade de Brasília, Brasília, 2016. Disponível em < http://repositorio.unb.br/handle/10482/19827>

FREITAS, P. F. P.; ODELIUS, C. C. Escala de competências gerenciais em grupos de pesquisa. Revista de Administração FACES Journal, v. 16, n. 4, p. 45-65, 2017. http://dx.doi.org/10.21714/1984-6975FACES2017V16N4ART4134

HENSELER, J.; RINGLE, C.; SINKOVICS, R. The use of partial least squares path modeling in international marketing. In: New challenges to international marketing. Emerald Group Publishing Limited, 2009. p. 277-319. Disponível em < https://www.research.manchester.ac.uk/portal/files/33613852/FULL_TEXT.PDF>

HIGUITA-LÓPEZ, D.; MOLANO-VELANDIA, J. H.; RODRÍGUEZ-MERCHÁN, M. F. Competencias necesarias en los grupos de investigación de la Universidad Nacional de Colombia que generan desarrollos de base tecnológica. Innovar, v. 21, n. 41, p. 209-224, 2011. Disponível em < http://www.redalyc.org/pdf/818/81822806016.pdf>

KRAHL, M. et al. Nursing students' experience in a research group. Revista brasileira de enfermagem, v. 62, n. 1, p. 146-150, 2009. http://dx.doi.org/10.1590/S003471672009000100023

KRUG, S. B. F. et al. Building paths, reporting experiences: the trajectory of the health studies and research group. Texto & Contexto-Enfermagem, v. 20, n. 4, p. 818-824, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072011000400023

LAUTENSCHLAGER, F. B. Percepção dos Graduandos sobre o desenvolvimento de Competências em uma Empresa Júnior de Psicologia. 2009. 119f. Dissertação (Mestrado em Psicologia). Programa de Pós-Graduação em Psicologia. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2009. Disponível em < http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/92411>

LEITE, M. T. S. Desenvolvimento de competências gerenciais e aprendizagem experiencial: um estudo entre os gerentes de agência do Banco do Brasil no Estado do Ceará. XXXIII Encontro da ANPAD, 33, 2009, São Paulo. Anais... São Paulo: ANPAD, 2009. Disponível em < http://www.anpad.org.br/admin/pdf/GPR3246.pdf>

LIMA, T. F.; CANTAROTTI, A. A formação e a construção de competências para atuação do profissional de secretariado executivo um estudo de caso em uma empresa júnior. Revista de Gestão e Secretariado, v. 1, n. 2, p. 94-122, 2010. http://dx.doi.org/10.1590/S010407072011000400023

LORBER, M.; SAVIČ, B. S. Perceptions of managerial competencies, style, and characteristics among professionals in nursing. Croatian medical journal, v. 52, n. 2, p. 198204, 2011. http://dx.doi.org/10.3325/cmj.2011.52.198

MARTINS-SILVA, P. O.; SILVA, C. S.; SILVA JÚNIOR, A. As competências dos administradores: seu processo de formação e as exigências do mercado de trabalho. Revista Contemporânea de Economia e Gestão, v. 14, n. 2, p. 111-142, 2016. http://dx.doi.org/10.19094/contextus.v14i2.821

MINTZBERG, H. Managing: desvendando o dia a dia da gestão. Tradução: Francisco Araújo da Costa. Revisão técnica: Roberto Fachin. Porto Alegre: Bookman, 2010.

MONTEZANO, L.; ABBAD, G. S.; FREITAS, P. F. P. Modelagem de competências profissionais de organização pública que atua no ramo de ciências forenses. Encontro da ANPAD, 40, 2016, Costa do Sauípe-BA. Anais... Costa do Sauípe: ANPAD, 2016.

NASCIMENTO, M.; BEZERRA, A.; MOROSINI, M. C. Política de Iniciação Científica no Brasil-Expectativas dos professores-orientadores de projeto. CIAIQ2014, v. 3, 2014. Disponível em < http://proceedings.ciaiq.org/index.php/CIAIQ/article/view/469/465>

NOBRE, R. S. et al. Vivenciando a extensão universitária através de ações de educação em saúde no contexto escolar. Revista de APS, v. 20, n. 2, p. 288-292, 2018. Disponível em < https://aps.ufjf.emnuvens.com.br/aps/article/view/2616/1091>

ODELIUS, C. C. et al. Processos de aprendizagem, competências aprendidas, funcionamento, compartilhamento e armazenagem de conhecimentos em grupos de pesquisa. Cadernos EBAPE, v. 9, n. 1, p. 199-220, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S1679-39512011000100012

ODELIUS, C. C. et al. Social Skills and Attitudes for Teamwork: Scale Development. Revista de Administração Contemporânea, v. 20, n. 2, p. 175-196, 2016. http://dx.doi.org/10.1590/1982-7849rac2016140057

ODELIUS, C. C.; PORTO, J.G.Q. Domínio e importância de competências: um estudo longitudinal com alunos do curso de graduação. Encontro da ANPAD, 40, 2016, Costa do Sauípe-BA. Anais... Costa do Sauípe: ANPAD, 2016.

OLIVEIRA, J. C. et al. Grau de competência gerencial em enfermagem na perspectiva de graduandos de uma universidade privada. Revista Esc Enfermagem USP, v. 43, n. esp 2, p. 1221-1225, 2009. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342009000600013

PEREIRA, A. K. et al. A importância das atividades extracurriculares universitárias para o alcance dos objetivos profissionais dos alunos de administração da Universidade Federal de Santa Catarina. Revista Gestão Universitária na América Latina GUAL, Edição Especial, p. 163-194, 2011. http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2011v4nespp163

PILLAY, R. Managerial competencies of hospital managers in South Africa: a survey of managers in the public and private sectors. Human Resources for Health, v. 6, n. 1, p. 4, 2008. https://doi.org/10.1186/1478-4491-6-4

PRESTON, M. S. Does office location influence the work actions of public sector human service managers? The effects of rural practice settings on core managerial role competencies. The American Review of Public Administration, v. 39, n. 6, p. 640-660, 2009. https://doi.org/10.1177/0275074008327511

RAPINI, M. S. Interação universidade-empresa no Brasil: evidências do Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq. Estudos Econômicos (São Paulo), v. 37, n. 1, p. 211-233, 2007. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-41612007000100008.

REGO, R.; ZÓZIMO, J.; CORREIA, M. J. Voluntariado em Portugal: do trabalho invisível à validação de competências. Sociologia, Problemas e Práticas, n. 83, 2017. http://dx.doi.org/10.7458/SPP2017836498

REIS, D. G. O papel da reflexão na aprendizagem gerencial. 2007. 260f. Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas). Programa de Pós-Graduação em Administração. Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2007. Disponível em < http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/675>

RUAS, R.; COMINI, G. M. Aprendizagem e desenvolvimento de competências: articulando teoria e prática em programas de pós-graduação gerencial. Cadernos EBAPE, v. 5, n. edição especial, p. 1-14, 2007. http://dx.doi.org/10.1590/S1679-39512007000500004

SANT´ANA, R. G. S. et al. Competências na formação em administração: um estudo em curso de graduação de universidade pública brasileira. RACE, v. 16, n. 2, p. 479-504, 2017. http://dx.doi.org/10.18593/race.v16i2.10189

SANTANA, F. F.; MAIA, L. C. G. Gestor Universitário e Competências Gerenciais: do Perfil, Formação e Atuação. Encontro da ANPAD, 38, 2014, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2014.

SANTOS, N. G. Aspectos relevantes para programas de voluntariado no Brasil a partir de um estudo de caso. 2017. 84f. Dissertação (Mestrado Profissional em Sistemas de Gestão). Programa de Pós-Graduação do Departamento de Engenharia de Produção. Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2017. Disponível em < https://app.uff.br/riuff/handle/1/4707>

SHIPP, F.; BURNS, G.; DESMUL, C. Construct validity of ADHD-IN, ADHD-HI, ODD toward adults, academic and social competence dimensions with teacher ratings of Thai adolescents: Additional validity for the child and adolescent disruptive behavior inventory. Journal of Psychopathology and Behavioral Assessment, v. 32, n. 4, p. 557-564, 2010. https://doi.org/10.1007/s10862-010-9185-6

SILVA, C. S. C.; COELHO; P. B. M.; TEIXEIRA, M. A. P. Relações entre experiências de estágio e indicadores de desenvolvimento de carreira em universitários. Revista Brasileira de Orientação Profissional, v. 14, n. 1, p. 35-46, 2013. Disponível em

SILVA, D. L. B.; ALMEIDA, G. M. P.; FERREIRA, L. B. Desenvolvimento de Competências em Empresas Juniores: a experiência dos líderes nas EJs da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Seminário da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Turismo, 12, 2015, Natal. Anais... Natal: ANPTUR, 2015.

SOARES, L. R. et al. Iniciação científica na graduação: experiência da Liga da Mama da Universidade Federal de Goiás. Rev. bras. Mastologia, v. 27, n. 1, p. 21-26, 2017. https://doi.org/10.5327/Z201700010005RBM

TAVARES. M. B. et al. Extensão universitária: oportunidade de aprendizagem significativa para acadêmicos de enfermagem através da construção do conceito de determinantes sociais de saúde. Revista Conexão UEPG, v. 12, p. 462-475, 2016. http://dx.doi.org/10.5212/Rev.Conexao.v.12.i3.0008

TEIXEIRA, E. B.; VITCEL, M. S.; LAMPERT, A. L. Iniciação científica: desenvolvendo competências e habilidades na formação do administrador. Revista de Estudos de Administração, v. 8, n. 16, p. 115-144, 2008. Disponível em < http://www.spell.org.br/documentos/ver/1924/iniciacao-cientifica--desenvolvendocompetencias-e-habilidades-na-formacao-do-administrador/i/pt-br>

VALADÃO JÚNIOR, V. M.; ALMEIDA, R. C.; MEDEIROS, C. R. O. Empresa Júnior: espaço para construção de competências. Administração: ensino e pesquisa, v. 15, n. 4, p. 693-723, 2014. https://doi.org/10.13058/raep.2014.v15n4.1

VALENÇA, O. A. A. Currículo paralelo em medicina: o caso da Faculdade de Ciências Médicas de Pernambuco. 1999. Dissertação (Mestrado em Medicina). Programa de PósGraduação em Medicina. Universidade de São Paulo, São Paulo, 1999.

VIEIRA, A.; SILVA, P. L.; ITUASSU, L. T. Competências Gerenciais na Área da Saúde: Construção de uma Escala e Exploração dos Resultados. Encontro de Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho, 5, 2015, Salvador. Anais... Salvador: ANPAD, 2015.