O Poder Explicativo do Lucro e do Fluxo de Caixa para o Retorno da Ação: Um Estudo nos Países da América Latina no Período de 2006 a 2016 Outros Idiomas

ID:
52648
Periódico:
Resumo:
O presente trabalho verificou a necessidade de inclusão do fluxo de caixa na avaliação do retorno da ação ao associar as variáveis de lucro e fluxo de caixa com análise da qualidade destas informações. Foram coletadas, na base de dados Economática, informações contábeis referentes ao lucro líquido, EBITDA, fluxo de caixa operacional e a variação dessas variáveis, divididas pelo número de ações, além do retorno anual percentual entre 2006 e 2016 no universo de empresas não-financeiras em seis países da América Latina: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru, com um total de 1.149 observações no período. O objetivo foi verificar qual a contribuição do fluxo de caixa associado aos lucros para o retorno, obtendo como resposta que o retorno pode ser explicado por ambas as variáveis. Os principais resultados apontam que o retorno pode ser explicado por uma métrica diferente da análise tradicional, e isto pode indicar um incremento da explicação do retorno por uma demonstração recentemente exigida pela legislação, se comparada a outras análises.
Citação ABNT:
CONSTANTINO, F. F. S.; PEREIRA, R. C. M.; SARLO NETO, A.; MACEDO, M. A. S.; EWBANK, H. O Poder Explicativo do Lucro e do Fluxo de Caixa para o Retorno da Ação: Um Estudo nos Países da América Latina no Período de 2006 a 2016 . Pensar Contábil, v. 20, n. 73, p. 4-12, 2018.
Citação APA:
Constantino, F. F. S., Pereira, R. C. M., Sarlo Neto, A., Macedo, M. A. S., & Ewbank, H. (2018). O Poder Explicativo do Lucro e do Fluxo de Caixa para o Retorno da Ação: Um Estudo nos Países da América Latina no Período de 2006 a 2016 . Pensar Contábil, 20(73), 4-12.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/52648/o-poder-explicativo-do-lucro-e-do-fluxo-de-caixa-para-o-retorno-da-acao--um-estudo-nos-paises-da-america-latina-no-periodo-de-2006-a-2016-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BARTH, M. E.; CRAM, D. P.; NELSON, K. K. Accruals and the prediction of future cash flows. The accounting review, v. 76, n. 1, p. 27-58, 2001.

BARTOV, E.; GOLDBERG, S. R.; KIM, M. S. The valuation relevance of earnings and cash flows: An international perspective. Journal of International Financial Management & Accounting, v. 12, n. 2, p. 103-132, 2001.

BROOKS, C. Introductory econometrics for finance. Cambridge University Press, 2002.

CAIO GALDI, F.; BROEDEL LOPES, A. Relação de longo prazo e causalidade entre o lucro contábil e o preço das ações: evidências do mercado latino-americano. Revista de Administração-RAUSP, v. 43, n. 2, 2008.

CORRAR, L. J.; PAULO, E.; DIAS FILHO, J. M. Análise multivariada: para os cursos de administração, ciências contábeis e economia. São Paulo: Atlas, 2014.

DE OLIVEIRA RITTA, C.; JACOMOSSI, F. A.; ROCHA FABRIS, T.; KLANN, R. C. Um estudo sobre causalidade entre EBITDA e retorno das ações de empresas brasileiras (2008-2014). Enfoque: Reflexão Contábil, v. 36, n. 2, 2017.

DECHOW, P. M. Accounting earnings and cash flows as measures of firm performance: The role of accounting accruals. Journal of accounting and economics, v. 18, n. 1, p. 3-42, 1994.

DECHOW, P. M.; KOTHARI, S. P.; WATTS, R. L. The relation between earnings and cash flows. Journal of accounting and Economics, v. 25, n. 2, p. 133-168, 1998.

FÁVERO, L. P.; BELFIORE, P.; SILVA, F. D.; CHAN, B. L. Análise de dados: modelagem multivariada para tomada de decisões. Rio de janeiro: Elsevier, 2009.

FÁVERO, L. P.; FÁVERO, P. Análise de dados: modelos de regressão com Excel®, Stata® e SPSS®. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015.

GUJARATI, D. N.; PORTER, D. C. Econometria Básica. 5. ed. AMGH Editora, 2011.

HAIR, J. F.; BLACK, W. C.; BABIN, B. J.; ANDERSON, R. E.; TATHAM, R. L. Análise multivariada de dados. Bookman Editora 2009.

HENDRIKSEN, E. S.; VAN BREDA, M. F. Teoria da contabilidade. São Paulo: Atlas, 1999.

KOTHARI, S. P. Capital markets research in accounting. Journal of Accounting and Economics, v. 31, n. 1-3, p. 105-231, 2001.

LATTIN, J.; CARROLL, J. D.; GREEN, P. E. Análise de dados multivariados. São Paulo: Cengage Learning, 2011.

LIVNAT, J.; ZAROWIN, P. The incremental information content of cash-flow components. Journal of Accounting and Economics, v. 13, n. 1, p. 25-46, 1990.

MALACRIDA, M. J. C. A relevância do lucro líquido versus fluxo de caixa operacional para o mercado de ações brasileiro. 2009. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade). Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade. Universidade de São Paulo: São Paulo, 2009.

MARTINS, V. G.; OLIVEIRA, A. S. D. (2013 Análise da Relação Entre a Relevância dos Fluxos de Caixa da DFC e o Desenvolvimento do Mercado de Capitais: um estudo comparativo entre Brasil e Estados Unidos. Revista Reuna, v. 18, n. 2, p. 45-64, 2013.

R CORE TEAM. R: A language and environment for statistical computing. R Foundation for Statistical Computing, Vienna, Austria. http://www.R-project.org/.(3.3.1). Software Vienna, Austria: R Foundation for Statistical Computing, 2013.

SANTIAGO, W. P. A influência do caixa, do lucro e dos accruals na predição de caixa: uma investigação com dados em painel das companhias brasileiras de capital aberto. Tese (Doutorado em Administração). Faculdade de Ciências Econômicas. Universidade Federal de Minas Gerais: Belo Horizonte, 2013.

STEVENSON, W. J. Estatística Aplicada à Administração. São Paulo: Harbra, 1981.

VERGARA, S. C. Projetos e Relatórios de Pesquisa em Administração. l0. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

WATTS, R. L.; ZIMMERMAN, J. L. Positive Accounting Theory. Englewood Cliffs, New Jersey: Prentice-Hall, 1986.

WOOLDRIDGE, J. M. Introdução à Econometria: uma abordagem moderna. Tradução da 4a ed. Norte-americana. São Paulo: Cengage Learning, 2014.