Comitê de Pronunciamentos Contábeis: Análise da Produção Acadêmica Divulgada em Periódicos Nacionais da Área de Contabilidade de 2005 a 2014 Outros Idiomas

ID:
52653
Periódico:
Resumo:
O objetivo deste estudo foi analisar a produção acadêmica do tema Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC) divulgada em periódicos nacionais da área de Contabilidade de 2005 a 2014. Metodologicamente utilizaram-se as técnicas de análise bibliométrica e de rede social. Os principais achados foram: observou-se que o tema CPC vem em evolução, especialmente a partir do ano de 2009. O periódico Pensar Contábil foi o que mais publicou sobre o tema analisado. A Universidade de São Paulo (USP) se destacou como a mais profícua. No que se refere às redes de coautoria e das Instituições de Ensino Superior (IESs), verificou-se baixa densidade em ambas. Os CPCs 29, 01 e 04 ficaram em realce neste estudo.. E os temas mais abordados foram: ativos intangíveis, evidenciação contábil, ativos biológicos, normas internacionais de contabilidade, valor justo e impairment test. Conclui-se que esta pesquisa evidenciou como estão o desenvolvimento, difusão e socialização do tema CPC nas revistas da área de Contabilidade no Brasil, proporcionando com isso contemplar características importantes, contribuindo a posteriori para formar opiniões, gerar ideias, criar uma agenda de pesquisa e consequentemente alavancar ainda mais este assunto, não somente no campo contábil, mas também na área de gestão e correlatas.
Citação ABNT:
RIBEIRO, H. C. M.Comitê de Pronunciamentos Contábeis: Análise da Produção Acadêmica Divulgada em Periódicos Nacionais da Área de Contabilidade de 2005 a 2014. Pensar Contábil, v. 20, n. 73, p. 55-65, 2018.
Citação APA:
Ribeiro, H. C. M.(2018). Comitê de Pronunciamentos Contábeis: Análise da Produção Acadêmica Divulgada em Periódicos Nacionais da Área de Contabilidade de 2005 a 2014. Pensar Contábil, 20(73), 55-65.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/52653/comite-de-pronunciamentos-contabeis--analise-da-producao-academica-divulgada-em-periodicos-nacionais-da-area-de-contabilidade-de-2005-a-2014/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ALBUQUERQUE FILHO, J. B.; MACHADO-DA-SILVA, C. L. Práticas organizacionais e estrutura de relações no campo do desenvolvimento metropolitano. Revista de Administração Contemporânea, v. 13, n. 4, p. 626-646, 2009.

ALMEIDA, N. S. de; LEMES, S. Evidências do entendimento de quatro pronunciamentos contábeis por auditores independentes do Brasil. Revista de Administração Contemporânea, v. 17, n. 1, p. 83-105, 2013.

ANDRADE, M. E. M. C.; SILVA, D. M. da; MALAQUIAS, R. F. Escolhas contábeis em propriedades para investimento. Revista Universo Contábil, v. 9, n. 3, p. 22-37, 2013.

AVELINO, B. C.; PINHEIRO, L. E. T.; LAMOUNIER, W. M. Evidenciação de ativos intangíveis: estudo empírico em companhias abertas. Revista de Contabilidade e Organizações, v. 6, n. 14, p. 22-45, 2012.

BEUREN, I. M.; ALMEIDA, D. M. Impactos da implantação das normas internacionais de contabilidade na controladoria: um estudo à luz da teoria da estruturação em uma empresa têxtil. Revista de Administração da USP, v. 47, n. 4, p. 653-670, 2012.

BEUREN, I. M.; SOUZA, J. C. de. Em busca de um delineamento de proposta para classificação dos periódicos internacionais de contabilidade para o Qualis CAPES. Revista Contabilidade & Finanças, São Paulo, v. 19, n. 46, p. 44-58, jan/abr, 2008.

BORDIN, A. S.; GONÇALVES, A. L.; TODESCO, J. L. Análise da colaboração científica departamental através de redes de coautoria. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 19, n. 2, p. 37-52, 2014.

BRIZOLLA, M. M. B.; PLETSCH, C. S.; FASOLIN, L. B.; SILVA, A. da; ROSA, F. S. da. Determinantes da avaliação dos ativos biológicos a valor justo, em empresas listadas na BM&FBovespa. Revista Ambiente Contábil, v. 6, n. 2, p. 152-169, 2014.

CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. < http://qualis.capes.gov.br/webqualis>. Acesso em:16abr.2015.

CAPOBIANGO, R. P.; SILVEIRA, S de F. R.; ZERBATO, C.; MENDES, A. C. A. Análise das redes de cooperação científica através do estudo das coautorias dos artigos publicados em eventos da Anpad sobre avaliação de políticas públicas. Revista de Administração Pública, v. 45, n. 6, p. 1869-1890, 2011.

CARDOSO, R. L.; SILVA, M. A.; MÁRIO, P. do C.; IUDÍCIBUS, S. de. Análise da regulação da contabilidade à luz da teoria tridimensional do direito de Miguel Reale. Revista Universo Contábil, v. 6, n. 1, p. 06-27, 2010.

CARVALHO, L. N. G. de; COSTA, P de S.; OLIVEIRA, A. T. de. Impairment no setor público: particularidades das normas nacionais e internacionais. Revista de Administração Pública, v. 44, n. 4, p. 839-876, 2010.

COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS (CPC). Pronunciamentos. < http://www.cpc.org.br/CPC/Documentos-Emitidos/Pronunciamentos>. Acesso em:13abr.2015.

COSTA, J. A.; THEÓPHILO, C. R.; YAMAMOTO, M. M. A Aderência dos pronunciamentos contábeis do CPC às normas internacionais de contabilidade. Contabilidade, Gestão e Governança, v. 15, n. 2, p. 110-126, 2012.

CRISÓSTOMO, V. L. Ativos Intangíveis: estudo comparativo dos critérios de reconhecimento, mensuração e evidenciação adotados no Brasil e em outros países. Contabilidade, Gestão e Governança, v. 12, n. 1, p. 50-68, 2009.

FERNANDES, B. V. R.; LIMA, D. H. S. de; VIEIRA, E. T.; NIYAMA, J. K. Percepção de docentes de cursos de graduação em ciências contábeis sobre a função e atuação do comitê de pronunciamentos contábeis. Revista Universo Contábil, v. 7, n. 4, p. 60-81, 2011.

FIGUEIRA, L. M.; RIBEIRO, M de S. Análise da evidenciação sobre a mensuração de ativos biológicos: antes e depois do CPC 29. Revista Contemporânea de Contabilidade, v. 12, n. 26, p. 73-98, 2015.

HOLTZ, L.; ALMEIDA, J. E. F. de. Estudo sobre a relevância e a divulgação dos ativos biológicos das empresas listadas na BM&FBovespa. Sociedade, Contabilidade e Gestão, v. 8, n. 2, p. 28-46, 2013.

IKUNO, L. M.; NIYAMA, J. K. Uma análise epistemológica das pesquisas em contabilidade internacional: um estudo em periódicos internacionais de língua inglesa. Revista Ambiente Contábil, v. 7, n. 1, p. 109-131, 2015.

KOLOZSVARI, A. C.; MARQUES, J A V da C.; MACEDO, M A da S. Escolhas contábeis: análise dos efeitos da mensuração a custo ou a valor justo das propriedades para investimento sobre o desempenho reportado no segmento de exploração imobiliária. Pensar Contábil, v. 16, n. 61, p. 18-27, 2014.

LEITE, D. U.; PINHEIRO, L. E. T. Disclosure de ativo intangível: um estudo dos clubes de futebol brasileiros. Revista Enfoque: Reflexão Contábil, v. 33, n. 1, p. 89-104, 2014.

LEMES, S.; CARVALHO, L. N. G. de. Comparabilidade entre o resultado em BR GAAP e U.S. GAAP: evidências das companhias brasileiras listadas nas bolsas norte-americanas. Revista Contabilidade & Finanças, v. 20, n. 50, p. 25-45, 2009.

MACIAS-CHAPULA, C. A. O papel da informetria e da cienciometria e sua perspectiva nacional e internacional. Ciência da Informação, v. 27, n. 2, p. 134-140, 1998.

MARTES, A. C. B.; BULGACOV, S.; NASCIMENTO, M. R. do; GONÇALVES, S. A.; AUGUSTO, P. M. Fórum – redes sociais e interorganizacionais. Revista de Administração de Empresas, v. 46, n. 3, p. 10-15, 2006.

MARTINS, A. S.; OLIVEIRA, D. de L. Reconhecimento contábil da degeneração de ativos biológicos para a produção no cultivo de árvores frutíferas. Revista Contemporânea de Contabilidade, v. 11, n. 22, p. 73-94, 2014.

MAZZIONI, S.; POLITELO, L.; MOREIRA, W. J.; KLANN, R. C. Fatores determinantes na evidenciação da redução ao valor recuperável de ativos (impairment test) em empresas listadas na BM&FBovespa. Revista de Administração e Contabilidade da Unisinos, v. 11, n. 4, p. 276-291, 2014.

MELLO, C. M. de; CRUBELLATE, J. M.; ROSSONI, L. Dinâmica de relacionamento e prováveis respostas estratégicas de programas brasileiros de pós-graduação em administração à avaliação da Capes: proposições institucionais a partir da análise de redes de coautorias. Revista de Administração Contemporânea, v. 14, n. 3, p. 434-457, 2010.

NOGUEIRA JUNIOR, E.; JUCÁ, M. N.; MACEDO, M Á da S.; CORRAR, L. J. Início da adoção das IFRS no Brasil: Os impactos provocados na relação entre o lucro e o fluxo de caixa operacional. Revista Contabilidade Vista & Revista, v. 23, n. 1, p. 47-74, 2012.

NORONHA, D. P.; MARICATO, J de M. Estudos métricos da informação: primeiras aproximações. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, v. 13, n. 1, p. 116-128, 2008.

OLIVEIRA, N. A. L. de; COSTA JUNIOR, J. V. da; COUTINHO e SILVA, A. H. Regulação contábil no Brasil: uma análise dos processos de audiência pública do comitê de pronunciamentos contábeis (CPC) nos anos de 2007 a 2011. Advances in Scientific and Applied Accounting, v. 6, n. 1, p. 49-65, 2013.

OLIVEIRA, V. A.; LEMES, S. Nível de convergência dos princípios contábeis brasileiros e norte-americanos às normas do IASB: uma contribuição para a adoção das IFRS por empresas brasileiras. Revista Contabilidade & Finanças, v. 22, n. 56, p. 155-173, 2011.

ONO, H. M.; RODRIGUES, J. M.; NIYAMA, J. K. Disclosure sobre impairment: uma análise comparativa das companhias abertas brasileiras em 2008. Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ, v. 15, n. 1, p. 67-87, 2010.

PONTE, V. M. R.; DE LUCA, M. M. M.; SOUSA, H. V. de; CAVALCANTE, D. S. Práticas de divulgação do teste de redução ao valor recuperável de ativos pelas companhias abertas listadas na BM&FBovespa. Revista Contabilidade Vista & Revista, v. 22, n. 4, p. 113-144, 2011.

PONTE, V. M. R.; OLIVEIRA, M. C.; CAVALCANTE, D. S.; DE LUCA, M. M. M. Análise das práticas de divulgação do ajuste ao valor presente pelas companhias listadas na BM&FBovespa. Revista Universo Contábil, v. 8, n. 1, p. 53-69, 2012.

REINA, D. R. M.; REINA, D.; SILVA, S. F. da. Comparabilidade da informação contábil em empresas brasileiras após a adoção das normas internacionais de contabilidade. Revista Contemporânea de Contabilidade, v. 11, n. 23, p. 77-94, 2014.

RIBEIRO, H. C. M. Produção acadêmica do tema “Lei 11.638/07” divulgada em periódicos nacionais da área contábil entre os anos de 2008 a 2014. Pensar Contábil, v. 18, n. 65, p. 51-66, 2016.

RIBEIRO, H. C. M. Quinze anos de produção acadêmica do tema contabilidade internacional: uma análise bibliométrica em periódicos brasileiros. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, v. 8, n. 3, p. 326-343, 2014.

RIBEIRO, H. C. M.; SANTOS, M. C. dos. Perfil e evolução da produção científica do tema governança corporativa nos periódicos Qualis/Capes nacionais: uma análise bibliométrica e de redes sociais. Contabilidade, Gestão e Governança, v. 18, n. 3, p. 04-27, 2015.

ROSSONI, L.; GUARIDO FILHO, E. R. Cooperação entre programas de pós-graduação em administração no Brasil: evidências estruturais em quatro áreas temáticas. Revista de Administração Contemporânea, v. 13, n. 3, p. 366-390, 2009.

ROSSONI, L.; HOCAYEN-DA-SILVA, A. J. Cooperação entre pesquisadores da área de administração da informação: evidências estruturais de fragmentação das relações no campo científico. Revista de Administração da USP, v. 43, n. 2, p. 138-151, 2008.

SÁ, F. F. de; MALAQUIAS, R. F. Análise da percepção dos discentes do curso de graduação em ciências contábeis sobre expressões de incerteza contidas nos pronunciamentos emitidos pelo comitê de pronunciamentos contábeis. Revista de Contabilidade e Organizações, v. 6, n. 14, p. 77-105, 2012.

SANTOS, L. P. G. dos; LIMA, G. A. S. F. de; FREITAS, S. C. de; LIMA, I. S. Efeito da Lei 11.638/07 sobre o conservadorismo condicional das empresas listadas na BM&Fbovespa. Revista Contabilidade & Finanças, v. 22, n. 56, p. 174-188, 2011.

SILVA FILHO, A C da C. e; MARTINS, V. G.; MACHADO, M. A. V. Adoção do valor justo para os ativos biológicos: análise de sua relevância em empresas brasileiras. Revista Universo Contábil, v. 9, n. 4, p. 110-127, 2013.

SILVA, R. L. M. da; NARDI, P. C. C. Demonstrações contábeis no Brasil após adoção do CPC 13: reação do mercado de ações. Advances in Scientific and Applied Accounting, v. 7, n. 3, p. 362-385, 2014.

SOUZA, F. J. V. de; BARROS, C da C.; ARAÚJO, A. O.; SILVA, M. C. da. Produção científica sobre ativos biológicos e produtos agrícolas: um estudo entre os anos de 2006 e 2011. Custos e @gronegócio on line, v. 9, n. 1, p. 91-118, 2013.

SOUZA, M. T. S. de; RIBEIRO, H. C. M. Sustentabilidade ambiental: uma meta-análise da produção brasileira em periódicos de administração. Revista de Administração Contemporânea, Curitiba, v. 17, n. 3, p. 368-396, maio/jun, 2013.

TAVARES, M. F. N.; LOPES, J E de G.; RIBEIRO FILHO, J. F.; PEDERNEIRAS, M. M. M.; AMARO, R. G.; IUDÍCIBUS, S de. Uma contribuição epistemológica à contabilidade internacional: análise nas dissertações e teses brasileiras divulgadas no banco de dados de teses e dissertações (BDTD) entre 1999 e 2008. Advances in Scientific and Applied Accounting, v. 3, n. 2, p. 217-238, 2010.

TEODORO, J. D.; ESPEJO, M M dos S. B.; SCHERER, L. M.; BARROS, C. M. E. O processo de harmonização às normas internacionais sob a perspectiva da produção científica. Pensar Contábil, v. 13, n. 52, p. 5-14, 2011.

TOIGO, L. A.; GOLLO, V.; CUNHA, P. R. da. Pronunciamentos contábeis brasileiros: evidências do julgamento dos acadêmicos concluintes do curso de ciências contábeis. Revista Ambiente Contábil, v. 6, n. 2, p. 1-17, 2014.

VIVIANI, S.; HALL, R. J.; BECK, F.; KLANN, R. C. Evidenciação do ativo imobilizado nas empresas do setor de bens industriais da BM&FBovespa. Revista Enfoque: Reflexão Contábil, v. 33, n. 3, p. 21-34, 2014.

VOGT, M.; PLETSCH, C. S.; MORÁS, V. R.; KLANN, R. C. Determinantes do Reconhecimento das Perdas por Impairment do Goodwill. Revista Contabilidade & Finanças, v. 27, n. 72, p. 349-362, 2016.

ZANDONAI, F.; BORBA, J. A. O que dizem os achados das pesquisas empíricas sobre o teste de impairment: uma análise dos journals em língua inglesa. Contabilidade, Gestão e Governança, v. 12, n. 1, p. 24-34, 2009.