Representações Sociais e Pobreza no Planalto Norte Catarinense: Voz das Beneficiárias do Programa Bolsa Família Outros Idiomas

ID:
52790
Resumo:
O objetivo do estudo foi o de analisar as representações sociais dos sujeitos sobre sua condição de pobreza bem como suas implicações no desenvolvimento do Planalto Norte Catarinense. Na realização de pesquisa exploratória com 115 mulheres beneficiárias do Programa Bolsa Família, residentes nos municípios de Mafra, São Bento do Sul, Três Barras e Irineópolis, constatou-se que as pesquisadas entendiam a pobreza a partir de uma visão multidimensional, para a qual a ausência de renda não é o único fator considerado provocador desta condição. Como principais resultados pôde-se apontar que a pobreza foi amplamente assumida pelas entrevistadas com o sentido da privação de liberdade; que na região do Planalto Norte Catarinense os discursos conseguiram fazer uma relação do seu desenvolvimento pessoal com o desenvolvimento de seu lugar – o município. Outro fator relevante nos discursos sobre o desenvolvimento que as entrevistadas conseguiram identificar foi de que o Programa Bolsa Família, mesmo nas condições objetivas de sua concessão, as colocaria em condição melhor do que de outras pessoas. Haveria então alguma inclusão social, pois as entrevistadas sentiam-se atendidas em suas demandas. Concluiu-se então que os aspectos que favoreceriam o desenvolvimento da região também estariam relacionados com a sensação de liberdade de escolhas e de envolvimento social de seus sujeitos, permitindo que estes se identificassem ativos no processo de autodesenvolvimento com o desenvolvimento de sua região.
Citação ABNT:
MILANI, M. L.; PAWLOWYTSCH, P. W. M. Representações Sociais e Pobreza no Planalto Norte Catarinense: Voz das Beneficiárias do Programa Bolsa Família . Desenvolvimento em Questão, v. 17, n. 46, p. 199-217, 2019.
Citação APA:
Milani, M. L., & Pawlowytsch, P. W. M. (2019). Representações Sociais e Pobreza no Planalto Norte Catarinense: Voz das Beneficiárias do Programa Bolsa Família . Desenvolvimento em Questão, 17(46), 199-217.
DOI:
http://dx.doi.org/10.21527/2237-6453.2019.46.199-217
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/52790/representacoes-sociais-e-pobreza-no-planalto-norte-catarinense--voz-das-beneficiarias-do-programa-bolsa-familia-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ALBUQUERQUE, Roberto Cavalcanti de. Estratégia de desenvolvimento e combate à pobreza. Revista Estudos Avançados (IEA-USP), São Paulo, v. 9 n. 24, maio/ago. 1995. Disponível em: www.iea.usp.br/revista. Acesso em: 10 set. 2013.

ALVES-MAZZOTTI, A. J. Representações sociais: aspectos teóricos relacionados a educação. Múltiplas Leituras, Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, p. 29-45, 1º jul. 2008. Disponível em: https://www.metodista.br/revistas/ revistas-ims/index.php/ML/article/viewFile/1169/1181. Acesso em: 20 out. 2013.

ARRUDA, A. Teoria das representações sociais de gênero. Cadernos de Pesquisa, Rio de Janeiro, v. 1, n. 117, p. 127-148, 1º nov. 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cp/n117/15555.pdf. Acesso em: 16 out. 2013.

BERGER, Peter L.; LUCKMANN, Thomas A. A construção social da realidade: tratado da sociologia do conhecimento. Petrópolis: Vozes, 1996.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, de 5 de outubro de 1988. 1988. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm. Acesso em: 12 dez. 2017

BRASIL. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Censo 2010. 2010. Disponível em: http:// www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2010/calendario.shtm. Acesso em: 16 out. 2013.

BRASIL. Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea). Erradicação da pobreza no Brasil. Disponível em: www.ipea.gov.br. Acesso em: 10 jul. 2014.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). Programa Bolsa Família – como funcional. Disponível em: http://mds.gov.br/assuntos/bolsa-familia/o-que-e/como-funciona. Acesso em: fev. 2013 e fev. 2017.

CRESPO, A. P. A.; GUROVITZ, E. A pobreza como um fenômeno multidimensional. Rae – Eletrônica, São Paulo, v. 1, n. 2, p. 1-12, 30 jul. 2002. Mensal. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/raeel/v1n2/ v1n2a03.pdf. Acesso em: 7 jul. 2013.

FREIRE, L. de C. Pobreza multidimensional: uma aplicação às unidades federativas brasileiras. 2011, 72 p. Monografia (Curso de Ciências Econômicas) – Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2011.

LEFÈVRE, F.; LEFÈVRE, A. M. C.; TEIXEIRA, J. J. V. O discurso do sujeito coletivo: uma nova abordagem metodológica em pesquisa qualitativa. Caxias do Sul: Educs, 2000.

LUCKMANN, Thomas (ed.). Phenomenology and Sociology: selected readings. Penguin Books. 1978.

MOSCOVICI, S. A representação social da psicanálise. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

MOSCOVICI, S. Comunicação apresentada ao Colóquio sobre as representações sociais. EHESS, Paris, p. 8-10, jan. 1979.

MOSCOVICI, S. La Psychanalyse, son image, son public. Paris: PUF, 1961.

OLIVEIRA, M S. B. S. de. Representações sociais e sociedades: a contribuição de Serge Moscovici. Rev. Bras. Ci. Soc. [on-line], 2004, vol. 19, n. 55, p. 180-186, 2004. ISSN 0102-6909. http://dx.doi.org/10.1590/ S0102-69092004000200014.

PAUGAM, S. A desqualificação social: ensaio sobre a nova pobreza. Trad. Camila Giorgetti, Teresa Lourenço. São Paulo: Educ; Cortez, 2003.

PEREIRA-PEREIRA, P A. Necessidades humanas: subsídios à crítica dos mínimos sociais. São Paulo: Cortez Editora, 2000.

PNUD. Programa das Nações Unidas Para o Desenvolvimento. Desenvolvimento Humano e IDH. Disponível em: http://www.pnud.org.br/IDH/DH.aspx. Acesso em: 12 maio 2013.

PONTILI. R. A infra-estrutura escolar e as características familiares influenciando a freqüência e o atraso no ensino fundamental. Piracicaba: Esalq; USP, 2004.

ROCHA, S. Pobreza no Brasil: afinal do que se trata. Rio de Janeiro: FGV, 2006. 244 p.

SANTOS, L. M. N. Pobreza como privação de liberdade: um estudo de caso na favela do Vidigal no Rio de Janeiro. 2007. 191 p. Dissertação (Mestrado em Economia) – Pós-Graduação em Economia, Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2007. Disponível em: http://www.bdtd.ndc.uff.br/tde_arquivos/40/TDE2008-02-11T131509Z1261/Publico/2007-larissa_martins.pdf. Acesso em: 21 maio 2014.

SEN, A. K. Desenvolvimento como liberdade. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

SILVA, A. C.; BANDEIRA, E. S. F.; LOPES, E. B. In: JORNADA INTERNACIONAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS, 5., Aspectos conceituais e o processo de construção histórica. Pobreza no Brasil. 2011, São Luís. Anais [...] São Luís, MA: Ufma, 2011. p. 1-9. V. 1. Disponível em: http://www.joinpp.ufma.br/index.php. Acesso em: 10 ago. 2013.

SILVA, L. M.; BARROS, S. M. In: JORNADA INTERNACIONAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS, 3., Bolsa Família-Estratégia de Enfrentamento a Pobreza no Brasil. São Luiz, 2007. Anais [...] Maranhão. São Luís, MA: Ufma, 2007. p. 1-8. V. 1. Disponível em: http://www.joinpp.ufma.br/jornadas. Acesso em: 25 ago. 2013.

SILVA, L. P. V. Pobreza e suas formas de resistência e enfrentamento no Município de Belágua – MA. 2004. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Maranhão, Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas, São Luís, 2004.

SILVA, M. O. S. e. O debate sobre a pobreza: questões teórico-conceituais. In: Revistas de Políticas Públicas, São Luís: Universidade Federal do Maranhão, Unidade de Pós-Graduação em Ciências Sociais, v. 6, n. 2, p. 65-102, jan./jun. 2000.

VINHAS, H. E. F. Ensaio sobre a redução da pobreza no Brasil: mensuração e determinantes. 2006. 158 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade de São Paulo, Curso de Economia, São Paulo, 2006. Disponível em: www.teses.usp.br. Acesso em: 10 jul. 2013.