Restrições de Resgate em Fundos de Ações, Liquidez dos Ativos e Desempenho Outros Idiomas

ID:
52855
Resumo:
Este trabalho analisou a relação entre restrições de resgate e liquidez dos ativos sob gestão de fundos de ações brasileiros, bem como seu efeito no desempenho. A amostra contou com 2.706 fundos de ações brasileiros com investimentos em ações listadas na BM&FBovespa ou em cotas de outros fundos de ações no período entre 2009 e 2016. Os dados foram analisados a partir de estatísticas descritivas e aplicação de modelos de regressão linear com dados em painel. Os resultados indicaram que as restrições de resgate impactam positivamente o desempenho dos fundos de ações. Além disso, os resultados sugeriram que as restrições de resgate possibilitam aos fundos explorar investimentos menos líquidos em ações e em cotas de outros fundos. Por outro lado, o investimento em ativos de baixa liquidez por parte dos fundos de ações não necessariamente está relacionado à melhores indicadores de performance.
Citação ABNT:
BORGES JUNIOR, D. M.; MALAQUIAS, R. F. Restrições de Resgate em Fundos de Ações, Liquidez dos Ativos e Desempenho . Revista de Administração de Empresas, v. 59, n. 1, p. 43-56, 2019.
Citação APA:
Borges Junior, D. M., & Malaquias, R. F. (2019). Restrições de Resgate em Fundos de Ações, Liquidez dos Ativos e Desempenho . Revista de Administração de Empresas, 59(1), 43-56.
DOI:
http://dx.doi.org/10.1590/S0034-759020190105
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/52855/restricoes-de-resgate-em-fundos-de-acoes--liquidez-dos-ativos-e-desempenho-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português