Antecedentes do Orçamento Participativo nas Concessionárias de Veículos do Oeste e Noroeste do Paraná: Perfil dos Gestores, Estilo de Liderança e Assimetria da Informação Outros Idiomas

ID:
53186
Resumo:
Os orçamentos empresariais podem auxiliar os processos de planejamento e controle organizacional. Quando elaborado e desenvolvido de forma participativa pode proporcionar ambiente de cooperação, gerenciar conflitos e promover a interação entre diferentes níveis hierárquicos. O objetivo geral desta pesquisa quantitativa e descritiva foi analisar se o perfil, o estilo de liderança e a assimetria da informação dos gestores das concessionárias de veículos encorajam o orçamento participativo e identificar qual a relação entre essas variáveis. A coleta de dados ocorreu durante o mês de agosto de 2016 com 83 gestores da região oeste e noroeste do Paraná das dez marcas de veículos mais vendidos no Brasil, através de questionários eletrônicos e impressos em escala Likert. Utilizou-se o software SPSS Statistics na análise fatorial que foi analisada sob a ótica das teorias da liderança e da agência. Os resultados demonstraram que o incentivo dos gestores superiores, o estilo de liderança, a assimetria da informação e o perfil do gestor influenciam positivamente e de forma significativa a participação dos gestores subordinados no processo de elaboração do orçamento. O estilo de liderança e o perfil dos gestores também influenciam o incentivo à participação, enquanto que a assimetria da informação não é uma variável que impede a participação dos gestores subordinados na elaboração do orçamento.
Citação ABNT:
BORÇATO, E. C.; CARRASCO, C. S.; TOIGO, L. A.; VESCO, D. G. D. Antecedentes do Orçamento Participativo nas Concessionárias de Veículos do Oeste e Noroeste do Paraná: Perfil dos Gestores, Estilo de Liderança e Assimetria da Informação. Revista Capital Científico - Eletrônica, v. 17, n. 2, p. 55-69, 2019.
Citação APA:
Borçato, E. C., Carrasco, C. S., Toigo, L. A., & Vesco, D. G. D. (2019). Antecedentes do Orçamento Participativo nas Concessionárias de Veículos do Oeste e Noroeste do Paraná: Perfil dos Gestores, Estilo de Liderança e Assimetria da Informação. Revista Capital Científico - Eletrônica, 17(2), 55-69.
DOI:
10.5935/2177-4153.20190012
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/53186/antecedentes-do-orcamento-participativo-nas-concessionarias-de-veiculos-do-oeste-e-noroeste-do-parana--perfil-dos-gestores--estilo-de-lideranca-e-assimetria-da-informacao/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ANFAVEA - Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores. Anuário da indústria automobilística brasileira (2016). Disponível em: . Acesso em: 2 dez. 2016.

BABBIE, E. R. The practice of social research. Tradução Antonio G de Lorenzi. 11 ed). California: Wadsworth. 2006.

BANDURA, A. Social cognitive theory in cultural context. Applied Psychology, v. 51, n. 2, p. 269-250, 2002.

BASS, B. M.; AVOLIO, B. J. Transformational leadership and organization culture. Public Administration Quarterly, v. 7, p. 112-121, 1993.

BEUREN, I. M.; WIENHAGE, P. Folga organizacional no processo de gestão do orçamento: um estudo no SENAC de Santa Catarina. REAd, Revista Eletrônica de Administração, v. 75, n. 2, p. 274-300, 2013.

BRANT, P. S. A relação entre lideres e membros (LMX), estilos de liderança e seus impactos na satisfação no trabalho. 2012, 188 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Fundação Mineira de Educação e Cultura (FUMEC), Belo Horizonte, MG, 2012.

BURNS, J. M. Leadership. New York: Harper & Row Publishers, 1978.

CATELLI, A. (coord). Controladoria: uma abordagem da gestão econômica. 2. ed). São Paulo: Atlas, 2001.

COVALESKI, M.; Dirsmith, M. W. Budgeting as a means for control and loose coupling. Accounting, Organizations and Society, v. 8, n 4, p. 323-340, 1983.

DAL MAGRO, C. B; LAVARDA, C. E. F. Evidências sobre a caracterização e utilidade do orçamento empresarial nas indústrias de Santa Catarina. Advances in Scientific and Applied Accounting, v. 8, p. 39-62, 2015.

DUNK, A. S.; PERERA, H. The incident of budgetary slack: a field study exploration. Accounting, Auditing and Accountability Journal, v. 10, n. 5, p. 649-664, 1997.

FENABRAVE - Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores. (2016). Informativo - emplacamentos. 162. ed. São Paulo. http://www3.fenabrave.org.br:8082/plus/modulos/listas/index.php?tac=indices-e-numeros&idtipo=1&layout=indicese-numeros. Acesso em: 15 jul. 2016.

FERREIRA, F. B.; DIEHL, C. A. Orçamento empresarial e suas relações com o planejamento estratégico. Pensar Contábil, v. 14, n. 54, 2012.

FIELD, A. Discovering statistics using SPSS. Londres: Sage, 2005.

FIGUEREDO, S.; CAGGIANO, P. C. Controladoria: teoria e prática. 2. ed). São Paulo: Atlas, 1997.

FREZATTI, F. Orçamento Empresarial: Planejamento e Controle Gerencial. Editora Atlas AS, 2000.

FREZATTI, F.; RELVAS, T. R. S.; JUNQUEIRA, E.; NASCIMENTO, A. R. do; OYADOMARI, J. C. Críticas ao orçamento: problemas com o artefato ou a não utilização de uma abordagem abrangente de análise? ASAA-Advances in Scientific and Applied Accounting, v. 3, n. 2, p. 190-216, 2013.

FREZATTI, F.; ROCHA, W.; NASCIMENTO, A. R.; JUNQUEIRA, E. Controle gerencial: uma abordagem da contabilidade gerencial no contexto econômico, comportamental e sociológico. São Paulo: Atlas, 2009.

GABRIEL, L. F.; SCHNEIDER, A. H.; SKROBOT, F. C. C.; SOUZA, M. de. Uma análise da indústria automobilística no Brasil e a demanda de veículos automotores: algumas evidências para o período recente. In: ENCONTRO NACIONAL DE ECONOMIA, 2011, Foz do Iguaçu, PR. Anais...Paraná, v. 39, 2011.

KLANN, R. C.; GOMES, E. do C. O.; GREUEL, M. A.; BEZERRA, F. A. Influência do risco moral e da accountability nas tomadas de decisões. Revista Contabilidade Vista & Revista, v. 25, p. 99-118, 2014.

KYJ, L.; PARKER, R. J. Antecedents of budget participation: leadership style, information asymmetry, and evaluative use of budget. ABACUS - Journal of Accounting, Finance and Business Studies, v. 44, n. 4, 2008.

LAPSLEY, I. The accounting-clinical interface - implementing budgets for hospital doctors. Abacus, v. 37, p. 79-109, 2001.

LAVARDA, C. E. F.; Almeida, D. M. Participação orçamentária e assimetria informacional: um estudo em uma empresa multinacional. BBR-Brazilian Business Review, v. 10, n. 2, p. 74-96, 2013.

LEITE, R. M.; CHEROBIM, A. P. M. S.; SILVA, H. de F. N.; BUFREM, L. S. Orçamento empresarial: levantamento da produção científica no período de 1995 a 2006. Revista Contabilidade & Finanças, v. 19, n. 47, p. 56-72, 2008.

LIMA FILHO, R. N.; BRINI, A. L. Quanto mais faço, mais erro?Uma análise sobre a presença de vieses cognitivos em julgamentos sobre orçamento. Base, v. 10, n. 3, 2013.

LUNKES, R. J.; FELIU, V. M. R.; ROSA, F. S. Pesquisa sobre o orçamento na Espanha: um estudo bibliométrico das publicações em contabilidade. Revista Universo Contábil, v. 7, n. 3, p. 112-132, 2011.

LUNKES, R. J. Manual de orçamento. 2. ed). São Paulo: Atlas, 2009.

MALHOTRA, N. K. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. 4. ed). Porto Alegre: Bookman, 2006.

MALHOTRA, N. K. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. 6. ed). Porto Alegre: Bookman, 2012.

MARCHIORI, M. (Org.). Faces da cultura e da comunicação organizacional. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2006.

OTLEY, D. Performance management: a framework for management control system research. Management Accouting Research, 1999.

PADOVEZE, C. L.; BENEDICTO, G. C. Cultura organizacional: análise e impactos dos instrumentos no processo de gestão. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO, 23.; 2003, Rio de Janeiro. Anais...Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 2003.

PONTES, B. R. Avaliação de desempenho: métodos clássicos e contemporâneos, avaliação por objetivos, competências e equipes. 12. ed. São Paulo: LTr, 2014.

ROBBINS, S. P. Comportamento organizacional. São Paulo: Prentice Hall, 2002.

SILVA, M. Z.; LAVARDA, C. E. Orçamento empresarial: estudo comparativo entre publicações nacionais e internacionais. Base, v. 11, n. 3, 2014.

SIQUEIRA, M. M. M. Antecedentes de comportamentos de cidadania organizacional: analise de um modelo pos-cognitivo. 1995. 102 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília, Brasília, DF, 1995.

TABACHNICK, B. G.; FIDELL, L. S. Using multivariate statistics. 5 ed). Boston: Allyn and Bacon, 2007.

VASCONCELOS, I. F. G.; MASCARENHAS, A. O. Organizações em aprendizagem. São Paulo: Thomson Learning, 2007.

YUEN. D. C. Y. Goal characteristics, communication and reward systems, and managerial propensity to create budgetary slack. Managerial Auditing Journal, v. 19, n. 4, p. 517-532, 2004.

YUKL, G. Leadership in organizations. Seventh Edition. Upper Saddle River: Pearson Education, 2010.

ZDANOWICZ, J. E. Orçamento operacional. Porto Alegre: Editora Sagra, 1989.