Lógicas Institucionais: Um Estudo em uma Organização Privada de Ensino Superior do Sul do Brasil Outros Idiomas

ID:
54009
Resumo:
Lógicas dominantes têm sido substituídas pela ideia de diversas lógicas institucionais que interagem entre si. Especificamente no que se refere ao sistema educacional, tais lógicas são conflitantes, caracterizando o campo como um sistema híbrido de lógicas institucionais. O presente trabalho teve por objetivo identificar quais são as lógicas institucionais presentes em uma organização de ensino superior privada na região noroeste do estado do Paraná. A pesquisa, qualitativa do tipo descritiva, compreendeu a realização de entrevistas semiestruturadas com os diretores das diferentes áreas da organização, sendo a análise estruturada por meio da técnica de análise de conteúdo. Por principais resultados, identificouse que lógica de mercado é dominante na organização analisada. Outras lógicas para o andamento das atividades foram a de burocracia e a política. Verificou-se que o atendimento às lógicas dominantes levou ao surgimento de lógicas institucionais distintas, tais como profissões, cultura, tecnologia e diversidade. Diante disso, conclui-se que é a complexidade inerente às respostas às lógicas dominantes que leva a mudanças no cenário institucional.
Citação ABNT:
TOIGO, T.; FAVERO, M. B.; GUIMARÃES, A. F. Lógicas Institucionais: Um Estudo em uma Organização Privada de Ensino Superior do Sul do Brasil . Revista de Administração IMED, v. 9, n. 1, p. 150-166, 2019.
Citação APA:
Toigo, T., Favero, M. B., & Guimarães, A. F. (2019). Lógicas Institucionais: Um Estudo em uma Organização Privada de Ensino Superior do Sul do Brasil . Revista de Administração IMED, 9(1), 150-166.
DOI:
https://doi.org/10.18256/2237-7956.2019.v9i1.3076
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/54009/logicas-institucionais--um-estudo-em-uma-organizacao-privada-de-ensino-superior-do-sul-do-brasil-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português