Subsecretaria de gestão de programas, processos e projetos estratégicos nos moldes do escritório de gerenciamento de projetos: um estudo de caso no governo do distrito federal Outros Idiomas

ID:
54199
Resumo:
A grande participação do Estado na economia e o aumento da demanda pelos serviços públicos, tem exigido dos agentes públicos uma atuação mais responsável e eficiente, com vistas a suprir as necessidades dos cidadãos e melhorar a qualidade da gestão dos recursos. A atuação dos administradores públicos é sempre norteada por princípios e normas que exigem a execução de ações planejadas e transparentes, e que objetivam a prevenção de riscos e de desvios que possam comprometer o cumprimento dos programas. O uso da gestão de projetos tem contribuído para o alcance desses objetivos e possibilitado um melhoramento dos resultados. O estabelecimento dos Escritórios de Gerenciamento de Projetos representa um impacto positivo nas instituições, uma vez que, eles contribuem com o alinhamento das propostas dos projetos com os objetivos estratégicos. O estabelecimento dos escritórios de projetos, tanto no setor público quanto no setor privado, tem tornado mais simples, eficaz e eficiente a execução das fases dos processos, minimizando assim, as falhas no planejamento e contribuindo com a realização das etapas estabelecidas. Além disso, para o setor público, a adoção das boas práticas de gerenciamento de projetos representa a busca pela responsabilidade e pela excelência na gestão dos recursos públicos. Neste artigo, é feita uma análise da estrutura organizacional e das funções da Subsecretaria de Gestão de Programas, Processos e Projetos Estratégicos, da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão do Distrito Federal. Além dessa análise, será verificado o grau de alinhamento da metodologia de gerenciamento de projetos utilizada pela Unidade às práticas recomendadas pelo Project Management Institute (PMI).
Citação ABNT:
BARCA, G. B. V.Subsecretaria de gestão de programas, processos e projetos estratégicos nos moldes do escritório de gerenciamento de projetos: um estudo de caso no governo do distrito federal. Revista Inovação, Projetos e Tecnologias, v. 6, n. 2, p. 72-91, 2018.
Citação APA:
Barca, G. B. V.(2018). Subsecretaria de gestão de programas, processos e projetos estratégicos nos moldes do escritório de gerenciamento de projetos: um estudo de caso no governo do distrito federal. Revista Inovação, Projetos e Tecnologias, 6(2), 72-91.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/54199/subsecretaria-de-gestao-de-programas--processos-e-projetos-estrategicos-nos-moldes-do-escritorio-de-gerenciamento-de-projetos--um-estudo-de-caso-no-governo-do-distrito-federal/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Barcaui, A. B., & Quelhas, O. (2004). Perfil de escritórios de gerenciamento de projetos em organizações atuantes no Brasil. Revista Pesquisa e Desenvolvimento Engenharia de Produção, 2, 38-53.

Bomfin, D. F., de Ávila Nunes, P. C., & Hastenreiter, F. (2012). Gerenciamento de projetos segundo o guia PMBOK: desafios para os gestores. Revista de Gestão e Projetos-GeP, 3(3), 58-87.

Brasil (2000). Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000. Estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e dá outras providências. Brasília. Brasília.

Brasília. Lei Nº 5.796, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2016. Estima a receita e fixa a despesa do Distrito Federal para o exercício financeiro de 2017. Brasília, 2016.

Bredillet, C. N. (2008). Exploring research in project management: Nine schools of project management research (part 4). Project Management Journal, 39(1), 2-6002E

Bridges, D. N., & Crawford, J. K. (2000). How to startup and rollout a project office. In Proceedings of the Project Management Institute Annual Seminars & Symposium. Houston (Vol. 7).

Bridges, D. N. PMI. Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK). 5º edição, 2013.

Crawford, J. K. (2010). The strategic project office. CRC Press.

da Silva, M. S. A., & Gonzalez, M. O. A. (2013). Escritório de projetos em uma universidade pública: proposta de estruturação através de um núcleo de ideação. XXXIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção.

de Andrade, S. C., & Tait, T. F. C. (2012). Uma aplicação do guia PMBOK na gestão de projetos de software. Revista Brasileira de Computação Aplicada, 4(1), 2-11.

de Castro, M. C. (2009). Desenvolvendo a maturidade em gestão de projetos nas empresas através da implantação do PMO.

Decreto Nº 36.825, de 22 DE outubro de 2015 (2015). Dispõe sobre a estrutura administrativa da Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão do Distrito Federal. Diário Oficial do Distrito Federal. Brasília, DF: Governo do Distrito Federal.

Decreto nº 37.621, de 14 de setembro de 2016 (2016). Institui o Modelo de Gestão para Resultados do Distrito Federal, o Sistema Gestão-DF, o Selo Projeto Prioritário, normatiza a Rede de Gestão e dá outras providências. Diário Oficial do Distrito Federal. Brasília, DF: Governo do Distrito Federal.

de Melo, N. N., & de Almeida Farias, C. B. (2016). Boas práticas de gerenciamento de projetos para uma empresa de consultorias de negócios. Veredas Favip-Revista Eletrônica de Ciências, 9(1), 138157.

de Moraes, D. N., Drago, E., Gomi, E. S., Napoleão, L. B., & de Andrade, M. T. (2016). Uma Metodologia de Gerenciamento de Projetos.

Dinsmore, P. C., & da Silveira Neto, F. H. (2004). Gerenciamento de projetos: Como gerenciar seu projeto com qualidade, dentro do prazo e custos previstos. Qualitymark.

do Valle, A. B. (2007). Fundamentos do gerenciamento de projetos.

Englund, R. L., Graham, R. J., & Dinsmore, P. C. (2003). Creating the project office: A manager's guide to leading organizational change.

Giammalvo, P. D. (2007). Is Project Management a Profession? If yes, where does it fit in and if not, what is it? (Doctoral dissertation, Lille University).

Góes, W. M., & Roquete, E. T. (2011). Gerenciamento de Projetos.

Goode, W. J., & Hatt, P. K. (1969). Métodos em pesquisa social; tradução de Carolina Martuscelli Bori. São Paulo, Ed. Nacional.

John Wiley & Sons. Furtado, M., Fortunato, G. T., & Teixeira, A. A. Gestão pública e de projetos: um estudo sobre a percepção dos gestores no gerenciamento de projetos no governo do Estado do espírito santos. In V Congresso ANPCONT(Vol. 20). Disponível em http://congressos.anpcont.org.br/congressosantigos/v/images/68-2.pdf Acesso em 30 de junho de 2017.

Kerzner, H. (2017). Gestão de Projetos-: As Melhores Práticas. Bookman Editora. Mafra, N. (2013). Gerenciamento de projetos.

Lei Nº 5.602, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2015. Dispõe sobre o Plano Plurianual do Distrito Federal para o quadriênio 2016-2019. Brasília, 2015.

Martins, A. P., Martins, M. R., PEREIRA, M. M. M., & Martins, V. A. (2005). Implantação e consolidação de escritório de gerenciamento de projetos: um estudo de caso. Revista Produção, 15(3), 404-415.

Maximiano, A. C. A., & Anselmo, J. L. (2006). Escritório de gerenciamento de projetos: um estudo de caso. Revista de Administração, 41(4), 394-403.

Motta, P. R. (2002). Gestão contemporânea: a ciência e a arte de ser dirigente. In Gestao contemporanea: a ciencia e a arte de ser dirigente. Record.

Pisa, B., Oliveira, A.. Gestão de Projetos na Administração Pública: Um instrumento para o planejamento e desenvolvimento. Seminário Nacional de Planejamento e Desenvolvimento, Curitiba, 2013.

Rad, P. F., & Raghavan, A. (2000). Establishing an organizational project office. AACE International Transactions, P13A.

Rodrigues, I., Rabechini Júnior, R., & Csillag, J. M. (2006). Os escritórios de projetos como indutores de maturidade em gestão de projetos. Revista de Administração-RAUSP, 41(3).

Schwalbe, K. (2015). Information technology project management. Cengage Learning. Secretaria de Planejamento, Gestão e Orçamento do Distrito Federal. Disponível em http://www.seplag.df.gov.br/images/ORGANOGRAMAS/Subsecretaria_de_Programas_Processos_e_Pr ojetos_Estrategicos.pdf. Acesso em 04 de abril de 2017.

Triviños, A. N. S. (1987). Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. Atlas.1987.

Tuman, G. J. (1983). Development and implementation of effective project management information and control systems. Project management handbook, 495-532.

Yin, R. K. (1989). Estudo de Caso-: Planejamento e Métodos. Bookman editora