A Omissão do Estado na Gestão do Transporte Público Municipal em Acopiara/CE: Reflexos Socioeconômicos a partir de Percepções Locais Outros Idiomas

ID:
54410
Resumo:
O presente artigo objetiva compreender as consequências da omissão do poder local na gestão do transporte público no município de Acopiara, Ceará, a partir da visão dos atores sociais que a ele se relacionam. Neste processo, destaca-se a presença do caminhão Pau de Arara no transporte de pessoas e mercadorias entre a sede do município e seus distritos, ainda que tal fato contrarie as leis de trânsito do Brasil. Para compreender a questão em tela, foi realizado um Estudo de Caso, se utilizando de dados estatísticos oficiais e entrevistas com representantes de grupos específicos da população. De posse das informações obtidas, observou-se que o Pau de Arara, ainda que seja a única opção de transporte, é visto como prova da inércia de políticas públicas de mobilidade, e contribui para a redução do poder de consumo dos habitantes da região, posto que dificulta as relações comerciais entre o campo e a cidade. Dessa forma, cabe à Administração Pública local adotar medidas de melhoria da gestão do transporte público no município, observadas as necessidades dos usuários.
Citação ABNT:
ARRAIS, E. L.; NASCIMENTO, I. R. T.; SILVA, F. R. M. A Omissão do Estado na Gestão do Transporte Público Municipal em Acopiara/CE: Reflexos Socioeconômicos a partir de Percepções Locais . Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, v. 8, n. 1, p. 68-82, 2018.
Citação APA:
Arrais, E. L., Nascimento, I. R. T., & Silva, F. R. M. (2018). A Omissão do Estado na Gestão do Transporte Público Municipal em Acopiara/CE: Reflexos Socioeconômicos a partir de Percepções Locais . Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, 8(1), 68-82.
DOI:
http://dx.doi.org/10.18028/rgfc.v8i1.3908
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/54410/a-omissao-do-estado-na-gestao-do-transporte-publico-municipal-em-acopiara-ce--reflexos-socioeconomicos-a-partir-de-percepcoes-locais-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
CARVALHO, M. Manual de Direito Administrativo. 4 ed. 2017.

FERREIRA, S.; MORAIS, A. M. Exigência conceptual do trabalho prático: abordagem multidisciplinar de análise do discurso pedagógico na aula de ciências. Práxis Educativa, v. 12, n. 1, p. 25-47, 2017.

FLORENTINO, E. H. B.; LIMA, F. C. G.; TORRES, J. A.; GOMES, R. L. R. Transporte coletivo urbano: a qualidade do transporte coletivo urbano na perspectiva dos usuários que utilizam o termina de integração do Antônio Bezerra. Revista Caribenã de Ciencias Sociales. 2017.

GONDIM, S. M. G. et al. Da descrição do caso à construção da teoria ou da teoria à exemplificação do caso?Uma das encruzilhadas da produção do conhecimento em administração e áreas afins. Organizações & Sociedade, v. 12, n. 35, p. 47-68, 2005.

IPECE. Perfil básico municipal de Acopiara 2015. . Acesso em: 17 dez. 2015.

LEMOS, Ubiratan de; MORAES, Mário de. Uma tragédia brasileira: os paus-de-arara. In. Revista O cruzeiro. Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional (Hemeroteca), 22 deOutubrode1955.

MAGALHÃES, J.M.; OLVEIRA, A.V.M. Um estudo do transporte coletivo urbano de Fortaleza: previsão de demanda para 2015. Revista de Engenharia e Tecnologia, v. 5, n. 2. 2013.

MINAYO, M. C. S. Pesquisa Social: Teoria, Método e Criatividade. 6 ed. Petrópolis: Editora Vozes, 1996.

ORTIZ, S. G. Uma análise do sistema integrado de mobilidade do transporte público de passageiros urbano de Florianópolis sob a ótica da eficiência, da eficácia e da efetividade. Florianópolis, 2016.

PINTO, F. A.; MISOCZKY, M. C. A.; FLORES, R. K. A produção social da organização do transporte coletivo urbano rodoviário de Porto Alegre - 2012-14. Revista de Administração Pública, v. 51, n. 3, p. 348-368, 2017.

ROCHA, J. S.; ALBUQUERQUE, K S L de S. Princípios das organizações focalizadas na estratégia: o processo de implementação das estratégias do governo do estado da Bahia. Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, UNEB, Salvador, v. 1, n. 1, p. 48-57, 2011.

RUA, João. Paus-de-arara e pardais: o Brasil migrante em começos do século XXI. GEOINOVA - Revista de Geografia e Planejamento Regional, Universidade Nova, n. 8, 2003.

SANTARPIO, A. F. R.; CAVALCANTI, A.; ALVES, A. L. O direito de ir e vir: a acessibilidade do transporte público. Cad. Ter. Ocup. UFSCar, v. 23, n. 4, p. 775-780, 2015.

SANTOS, A. F. C.; TANAKA, W. Y.; REIS, J. G. M.; MACHADO, S. T. Transporte público de passageiros: análise de rede da área nordeste da cidade de São Paulo. South American Development Society Journal, v. 3, n. 07, p. 35-49, 2017.

SILVA, A. Mobilidade urbana e equidade social: possibilidades a partir das recentes políticas de transporte público na Metrópole do Rio de Janeiro. Revista de Geografia e Ordenamento do Território, n. 10, p. 293-317, 2016.

SILVEIRA, M. R.; COCCO, R. G. Transporte público, mobilidade e planejamento urbano: contradições essenciais. Estudos Avançados, v. 27, n. 79, p. 41-53, 2013 .

SINDUPROM-PE. Imagem do pau de arara. Acesso em:15jan.2016.

SOUZA, F. J. V.; BARROS, C. C.; ARAÚJO, F. R.; SILVA, M. C. Índice de transparência municipal: um estudo nos municípios mais populosos do Rio Grande do Norte. Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, v. 3, n. 3, p. 94-113, 2013.

WU, X.; RAMESH, M.; HOWLETT, M.; FRITZEN, S. Guia de Políticas Públicas: Gerenciando processos; traduzido por Ricardo Avelar de Souza. Brasília: Enap, 2014.

ARAÚJO, M. R. M.; OLIVEIRA, J. M.; JESUS, M. S.; SÁ, N. R.; SANTOS, P. A. C.; LIMA, T. C. Transporte público coletivo: discutindo acessibilidade, mobilidade e qualidade de vida. Psicologia & Sociedade, 23(3), 574-582, 2011.

ARRAIS, E. L. ANTUNES, J.; FERREIRA, L. S. O. Examinando as consequências econômicas no período da ditadura militar brasileira: O caso da indústria algodoeira de Acopiara - CE. In: Caderno de experiências da UFCA - Pesquisa e Foco, v. 1, n. 1, 2015.

BAR-EL, R. Reduzindo a pobreza através do desenvolvimento econômico do interior do Ceará. Fortaleza: Edições Iplance, 2002.

BARBOSA, M. A.; SANTOS, M.A.M. A Análise do Discurso Ideológico do Direito e a Teoria do Agendamento Midiático. Direito, Estado e Sociedade, n. 48, p. 224-246. 2016. .

CASCUDO, L. C. Dicionário do Folclore Brasileiro. 11. ed. São Paulo: Global, 2002.

Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN). Resolução nº 508 de 27 de novembro de 2014. Dispõe sobre os requisitos de segurança para a circulação, a título precário, de veículo de carga ou misto transportando passageiros no compartimento de cargas. . Acesso em: 30 maio 2014.

COSTA, A. P. R.; NOSSA, V.; TEIXEIRA, A. M. C.; TEIXEIRA, A. J. C. Otimização de custos do transporte público urbano: comprar ou vender ônibus usado? Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, v. 4, n. 2, p. 73-92, 2014.

CRISTINO, T. M.; MACHADO, T. D.; FARIA NETO, A. O uso da análise do discurso como um método para análise de dados qualitativos: definição e aplicação do método. Revista Ciências Exatas, v. 23, n. 1, 2017.

DA SILVA, Ruberval José. Da partida à saudade: as representações de migrantes do Nordeste na obra de Luiz Gonzaga. AEDOS, v. 10, n. 22, p. 71-85, 2018.

FARIA, J. H. Discourse analysis in organization studies: pêcheux and bakhtin concepts. Teoria e Prática em Administração, v. 5, n. 2, p. 51-71. 2015.

MARTINS, João. A odisseia do Nordeste. In. Revista O cruzeiro. Rio de Janeiro: ABI. 12 de maio de 1951.