Entre Valores e Entrincheiramento: Uma Análise em uma Instituição Federal de Ensino Superior Outros Idiomas

ID:
54741
Resumo:
Este estudo teve por objetivo analisar como valores do trabalho e entrincheiramento organizacional se relacionam em servidores de uma Instituição Federal de Ensino Superior. O entrincheiramento nasce da proposta de um comprometimento unidimensional, apenas de base afetiva, enquanto a base cognitiva torna-se um novo constructo. Assim, faz-se necessário analisar as relações desse novo vínculo com os demais aspectos organizacionais, como os valores do trabalho. Para isso, foram utilizadas a Escala Revisada de Valores Relativos ao Trabalho (EVT-R) e a versão reduzida da Escala de Entrincheiramento Organizacional (EEO), junto a 220 servidores públicos de uma Instituição Federal de Ensino Superior. Utilizou-se uma abordagem quantitativa, de natureza descritiva, por meio do alfa de Cronbach e da correlação de Spearman. Os resultados obtidos apontam evidências de possíveis relações entre entrincheiramento organizacional e valores do trabalho, de modo que os tipos motivacionais de poder, universalismo, benevolência, realização, autodeterminação e estimulação provavelmente estão relacionados à percepção dos servidores sobre estabilidade financeira, empregabilidade, alternativas no mercado de trabalho e investimentos feitos para a adaptação. De modo geral, os resultados desta pesquisa buscam fornecer um panorama mais amplo de como os valores e entrincheiramento se relacionam para os servidores, fornecendo, então, reflexões para futuros estudos.
Citação ABNT:
SILVA, S. R. M.; PAIVA, L. E. B.; LIMA, T. C. B. Entre Valores e Entrincheiramento: Uma Análise em uma Instituição Federal de Ensino Superior . GESTÃO.Org - Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, v. 17, n. 1, p. 1-16, 2019.
Citação APA:
Silva, S. R. M., Paiva, L. E. B., & Lima, T. C. B. (2019). Entre Valores e Entrincheiramento: Uma Análise em uma Instituição Federal de Ensino Superior . GESTÃO.Org - Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, 17(1), 1-16.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/54741/-entre-valores-e-entrincheiramento--uma-analise-em-uma-instituicao-federal-de-ensino-superior-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ALBRECHT, P. A. T.; KRAWULSKI, E. Concurseiros e a busca por um emprego estável: reflexões sobre os motivos de ingresso no serviço público. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho, v. 14, n. 2, p. 211-226, 2011.

ANDRADE, T.; COSTA, V. F.; ESTIVALETE, V. F. B.; LENGLER, L. Valores do trabalho e satisfação como antecedentes dos comportamentos de cidadania organizacional: um estudo com colaboradores do setor educacional. ENCONTRO DA ANPAD, 39, 2015, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: ANPAD, 2015.

BABBIE, E. Métodos de pesquisas de survey, 3. ed. Belo Horizonte: UFMG, 2005.

BALSAN, L. A. G.; LOPES, L. F. D.; ALVES, J. N.; VIZZOTTO, F. B.; COSTA, V. M. F. Impacto do treinamento, comprometimento e entrincheiramento organizacionais em servidores de uma universidade pública. Revista Gestão Universitária na América Latina-GUAL, v. 9, n. 1, p. 143-164, 2016.

BASTOS, A. V. B.; SIQUEIRA, M. M. M.; MEDEIROS, C. A. F.; MENEZES, I. G. Comprometimento Organizacional. In: SIQUEIRA, Mirlene Maria Matias. Medidas do comportamento organizacional: ferramentas de diagnóstico e de gestão. Porto Alegre: Artmed, 2008.

BECKER, H. S. Notes on the concept of commitment. American Journal of Sociology, v. 66, n. 1, p. 32-40, 1960.

BECKER, Howard S. Notes on the concept of commitment. American Journal of Sociology, v. 66, n. 1, p. 3240, 1960.

BLAU, G. On assessing the construct validity of two multidimensional constructs: Occupational commitment and occupational entrenchment. Human Resource Management Review, v. 11, n. 3, p. 279-298, 2001.

BLAU, G.; HOLLADAY, B. E. Testing the discriminant validity of a four‐dimensional occupational commitment measure. Journal of Occupational and Organizational Psychology, v. 79, n. 4, p. 691-704, 2006.

CAMARA, S. M. A.; GUERRA, N. M. D. C. P.; GURGEL, F. F. Análise estatística dos valores relativos ao trabalho e o comprometimento organizacional. Connexio, v. 4, n. 2, p. 123-139, 2015.

CAMMAROSANO, M.; SANTOS, F. C. A.; ROJAS, F. A. Valores relativos ao trabalho de pesquisadores em uma organização brasileira. RAE – Revista de Administração de Empresas, v. 54, n. 4, p. 445-457, 2014.

CARSON, K. D.; CARSON, P. P.; BEDEIAN, A. G. Development and construct validation of a career entrenchment measure. Journal of Occupational and Organizational Psychology, v. 68, n. 4, p. 301-320, 1995.

CARVALHO, P.; ALVES, F. J. O.; PEIXOTO, A. D. L. A.; BASTOS, A. V. B. Comprometimento afetivo, de continuação e entrincheiramento organizacional: estabelecendo limites conceituais e empíricos. Psicologia: Teoria e Prática, v. 13, n. 2, p. 127-141, 2011.

CARVALHO, V. D.; BOAS, V.; MARTINHO, E.; GUERRA, A. C.; FREITAS, T. A. Valores do trabalho e incubação de empreendimentos solidários: a experiência da Associação Terra do Marolo. Psicologia & Sociedade, v. 26, n. 2, p. 449-460, 2014.

COHEN, A. Commitment before and after: an evaluation and reconceptualization of organizational commitment. Human Resource Management Review, v. 17, p. 336‑354, 2007.

FERREIRA, S. D.; FERRAZ, S. F. F.; COSTA, J. S. Valores do trabalho e satisfação no serviço público brasileiro: estudo em uma seccional da justiça federal. ENCONTRO DA ANPAD, 39, 2015, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: ANPAD, 2015.

FIELD, A. P. Descobrindo a estatística usando o SPSS. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

GRAY, D. E. Pesquisa no mundo real. 2. ed. Porto Alegre: Penso, 2012.

KLEIN, H. J.; MOLLOY, J. C.; COOPER, J. T. Conceptual foundations: construct definitions and theoretical representations of workplace commitments. In: KLEIN, Howard J.; BECKER, Thomas E.; MEYER, John P. Commitment in organizations: accumulated wisdom and new directions. New York: Routledge Academic, 2009.

LOIOLA, E. S. C.; ALVES, H. M. C.; SIQUEIRA, M. M. M. Relação entre percepção de justiça e bem-estar no trabalho em profissionais Brasileiros. Psicologia, Saúde & Doenças, v. 18, n. 1, p. 85-90, 2017.

MEIRELES, A. Q.; LEMOS, A. H. C.; BALASSIANO, M. Fico porque preciso: entrincheiramento organizacional e satisfação no trabalho para empregados de uma empresa de energia brasileira. Encontro de gestão de pessoas e relações de trabalho, Salvador. Anais... Salvador: ANPAD, 2015.

MEYER, J. P.; ALLEN, N. J. A three-component conceptualization of organizational commitment. Human Resource Management Review, v. 1, n. 1, p. 61-89, 1991.

MOWDAY, R. T.; PORTER, L. W.; STEERS, R. M. Employee-organization linkages: the psychology of commitment, absenteeism, and turnover. New York: Academic Press, 1982.

PAIVA, M. B. M.; FERRAZ, F. S. S. Hierarquia de Valores entre Grupos Geracionais em uma Pró-Reitoria de Instituição Federal de Ensino Superior: uma Análise através da Escala EVT. SEMEAD, 16, 2013, São Paulo. Anais... São Paulo: FEA USP, 2013.

PORTO, J. B.; PILATI, R. Escala revisada de valores relativos ao trabalho – EVT-R. Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 23, n. 1, p. 73-82, 2010.

PORTO, J. B.; TAMAYO, A. Escala de valores relativos ao trabalho: EVT. Psicologia: Teoria e Pesquisa, Brasília, v. 19, n. 2, p. 145-152, 2003.

PORTO, J. B.; TAMAYO, A. Valores do trabalho. In: SIQUEIRA, Mirlene Maria Matias. Medidas do comportamento organizacional: ferramentas de diagnóstico e de gestão. Porto Alegre: Artmed, 2008.

PORTO, J. B; TAMAYO, A. Prioridades axiológicas e regiões brasileiras: preditores de civismo nas organizações. Revista Psicologia Organizações e Trabalho, v. 2, n. 1, p. 31-61, 2002.

POZZOBOM, J.; GAMA, L. R. R. R.; ÁVILA, L. V.; BEURON, T. A. Valores no Trabalho dos Gestores de Organizações de Saúde: Survey em um Hospital Público Federal. Revista Gestão & Tecnologia, v. 14, n. 3, p. 203-218, 2014.

RIBEIRO, C. V. S.; MANCEBO, D. O servidor público no mundo do trabalho do século XXI. Psicologia: Ciência e Profissão, v. 33, n. 1, p. 192-207, 2013.

RODRIGUES, A. C. A.; BASTOS, A. V. B. Do comprometimento de continuação ao entrincheiramento organizacional: evidências de sobreposição entre os construtos. ENCONTRO DA ANPAD, 35, 2011, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2011.

RODRIGUES, A. C. A.; BASTOS, A. V. B. Entrincheiramento organizacional: construção e validação da escala. Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 25, n. 4, p. 688-700, 2012.

RODRIGUES, A. C. A.; BASTOS, A. V. B. Problemas conceituais e empíricos na pesquisa sobre comprometimento organizacional: uma análise crítica do modelo tridimensional de J. Meyer e N. Allen. Revista Psicologia Organizações e Trabalho, v. 10, n. 2, p. 129-144, 2010.

RODRIGUES, A. C. A; GONDIM, S. M. G.; BASTOS, A. V. B.; SAKAMOTO, R. Como se constroem e se desenvolvem o entrincheiramento e o comprometimento com a organização: análise qualitativa de diferentes trajetórias profissionais. In: ENCONTRO DA ANPAD, 37, 2013, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2013.

RODRIGUES, A. P. G.; BASTOS, A. V. B. Os vínculos de comprometimento e entrincheiramento presentes nas organizações públicas. Revista de Ciências da Administração, v. 15, n. 36, p. 143-158, 2013.

ROESCH, S. M. A. Projetos de estágio e de pesquisa em administração. São Paulo: Ed. Atlas, 2006.

SCHEIBLE, A. C. F.; BASTOS, A. V. B. An examination of human resource management practices' influence on organizational commitment and entrenchment. BAR-Brazilian Administration Review, v. 10, n. 1, p. 5776, 2013.

SCHEIBLE, A. C. F.; BASTOS, A. V. B. Comprometimento com a carreira: explorando o conceito de entrincheiramento. ENCONTRO DA ANPAD, 30, 2006, Salvador. Anais... Salvador: ANPAD, 2006.

SCHWARTZ, S. H. An overview of the Schwartz theory of basic values. Online Readings in Psychology and Culture, v. 2, n. 1, p. 11, 2012.

SCHWARTZ, S. H. Universals in the content and structure of values: theoretical advances and empirical tests in 20 countries. Advances in Experimental Social Psychology, v. 25, p. 1-65, 1992.

SILVA, P. M. M.; LIMA, A. N. C.; LEONE, N. M. C. P. Entrincheiramento organizacional: percepção de empregados de uma agência bancária. Revista de Administração IMED, v. 5, n. 2, p. 111-120, 2015.

SILVA, R. C. D.; COSTA, V. M. F.; TOMAZZONI, G. C.; SANTOS, A. S.; LOPES, L. F. D.; TONIN, S. Modelo de gestão de pessoas agency-community e os vínculos de comprometimento e entrincheiramento organizacionais: um estudo comparativo entre universidades federais. ENCONTRO DE GESTÃO DE PESSOAS E RELAÇÕES DE TRABALHO, 5, 2015, Salvador. Anais... Salvador: ANPAD, 2015.

SIQUEIRA, M. M. M. Esquema mental de reciprocidade e influências sobre afetividade no trabalho. Estudos de Psicologia, v. 10, n. 1, p. 83-93, 2005.

SIQUEIRA, M. M. M.; GOMIDE JÚNIOR, S. Vínculos do indivíduo com o trabalho e a organização. In: ZANELLI, J. C.; BORGES-ANDRADE, J. E.; BASTOS, A. V. B. (Eds.). Psicologia, organizações e trabalho no Brasil. Porto Alegre: Artmed, 2004.

SOLINGER, O. N.; OLFFEN, W. V.; ROE, R. A. Beyond the three-component model of organizational commitment. Journal of Applied Psychology, v. 93, n. 1, p. 70-83, 2008.

SOUSA, J. M.; PORTO, J. B. Do Work Values Predict Preference for Organizational Values? Psico-USF, v. 21, n. 1, p. 135-145, 2016.

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1998.