Estudo de Casos Múltiplos em Usinas de Reciclagem no Manejo de Resíduos da Construção Civil Outros Idiomas

ID:
55146
Resumo:
Com a função de reciclar os Resíduos da Construção Civil (RCC), as Usinas de Reciclagem de Entulho (URE) reduzem o impacto do setor no meio ambiente. Assim, é apresentada neste trabalho uma discussão acerca do papel das UREs na promoção da Economia Circular no gerenciamento de resíduos da construção civil. Para tal, foi utilizada metodologia de estudos de casos múltiplos em sete UREs situadas na região de São Paulo, bem como entrevistas com gestores das UREs, com o presidente da Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos de Construção Civil e Demolição, além de engenheiros com experiência em obras civis. Conclui-se que as UREs possuem potencial na promoção da Economia Circular, no entanto apresentam limitações, entre as quais destacam-se a falta de programas de qualidade dos agregados reciclados, utilização de métodos pouco eficientes de triagem, baixa qualificação de mão de obra, falta de esclarecimento ao mercado e ausência leis que incentivem uso dos resíduos em obras.
Citação ABNT:
PASCHOALIN FILHO, J. A.; FRASSON, S. A.; CONTI, D. M. Estudo de Casos Múltiplos em Usinas de Reciclagem no Manejo de Resíduos da Construção Civil . Desenvolvimento em Questão, v. 17, n. 49, p. 136-157, 2019.
Citação APA:
Paschoalin Filho, J. A., Frasson, S. A., & Conti, D. M. (2019). Estudo de Casos Múltiplos em Usinas de Reciclagem no Manejo de Resíduos da Construção Civil . Desenvolvimento em Questão, 17(49), 136-157.
DOI:
http://dx.doi.org/10.21527/2237-6453.2019.49.136-157
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/55146/estudo-de-casos-multiplos-em-usinas-de-reciclagem-no-manejo-de-residuos-da-construcao-civil-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. ABNT: NBR 15.114: 2004. Resíduos da Construção Civil – Áreas de reciclagem – Diretrizes para o projeto, implantação e operação. Rio de Janeiro, 2004.

ABRECON. Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos da Construção Civil e Demolição. Panorama das usinas de reciclagem de RCD no Brasil: a pesquisa setorial Abrecon 2014/2015. São Paulo, SP: Abrecon, 2016.

ADAMS, K. T.; OSMANI, M.; THORPE, T.; THORNBACK, J. Circular Economy in construction: current awareness, challenges and enablers. Waste and Resource Management, v. 170, p. 15-24, 2017. Available from: https://doi.org/10.1680/jwarm.16.00011.

ARIF, M.; BENDI, B.; TOMA-SABBAGH, T. Construction waste management in India: an exploratory study. Construction Innovation, n. 12, v. 2, p. 133-155, 2012.

AZEVEDO, G.; KIPERSTOK, A. Resíduos da construção civil em Salvador: os caminhos para uma gestão sustentável. Engenharia Sanitária Ambiental, n. 2, v. 1, p. 65-72, 2006.

BARROS, E.; JORGE, F. C. Gestão de RCD Resíduos de Construção e Demolição, na Obra de Ampliação do Aeroporto Francisco Sá Carneiro. Revista da Faculdade de Ciência e Tecnologia, Porto, n. 5, p. 62-74, 2008.

BERELSON, B. Content analysis in communication research. New York: Hafner, 1984.

BODI, J.; BRITO FILHO, J. A.; ALMEIDA, S. Utilização de entulho de construção civil reciclado na pavimentação urbana. In: REUNIÃO ANUAL DE PAVIMENTAÇÃO, 29., ABPV, 1995, Cuiabá. Anais [...]. Cuiabá, MT, 1995. p. 409-436. V. 3.

BONI, V.; QUARESMA, S. J. Aprendendo a entrevistar: como fazer entrevistas em ciências sociais. Revista Eletrônica de Pós-Graduandos em Sociologia e Política da UFSC, n. 3, v. 2, p. 68-80, 2005.

CÂMARA BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL. Banco de dados, 2016. Disponível em: http://.cbicdados.com.br/institucional. Acesso em: 19 set. 2017.

CAMPOS, C. J. G. Método de análise de conteúdo: ferramenta para análise de dados qualitativos no campo da saúde. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, n. 57, v. 5, p. 611-614, 2004.

CONAMA. Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução nº 307, de 5 de julho de 2002. Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da Construção Civil. Diário Oficial da União, Brasília, DF. Disponível em: http:// www.mma.gov.br/port/conama/-index.cfm.

CUNHA, N. A. Resíduos da construção civil: análise de usinas de reciclagem. 2007. 176p. Dissertação (Mestrado) – Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, 2007.

DIAS, J. A construção civil e o meio ambiente. In: CONGRESSO ESTADUAL DE PROFISSIONAIS CREA, 2004, Minas Gerais. Anais [...]. Uberlândia, Minas Gerais, 2004.

ELLEN MACARTHUR FOUNDATION. Uma economia circular no Brasil: uma abordagem exploratória inicial, 2017. Disponível em: http://www.elenmacarthurfoundation.org/. Acesso em: 6 mar. 2017.

ESA, M. R.; HALOG, A.; RIGAMONTI, L. Developing strategies for managing construction and demolition wastes in Malasya based on concept of circular economy. Journal of Material Cycles and Waste Management, n. 19, v. 3, p. 1.144-1.154, 2017b. DOI: 10.1007/s10163-016-0516-x.

ESA, M. R.; HALOG, A.; RIGAMONTI, L. Strategies for minimizing construction and demolition wastes in Malasya. Resources, Conservation and Recycling, v. 120, p. 219-229, 2017a. Available from: https://doi. org/10.1016/j.resconrec. Cited: Dec. 2016.

EVANGELISTA, P. P. A.; COSTA, D. B.; ZANTA, M. V. Alternativa sustentável para destinação de resíduos de construção Classe A: sistemática para reciclagem em canteiros de obras. Revista Ambiente Construído, Porto Alegre, n. 10, v. 3, p. 23-40, 2010.

FULLER, B. R. Nine Chairs to the Moon: An Adventure Story of Thought. London U.K.: Jonathan Cape, 1973.

GEISSDOERFER, M.; SAVAGET, P.; BOCKEN, N. M.; HULTINK, E. J. The Circular Economy – A new sustainability paradigm? Journal of Cleaner Production, n. 143, p. 757-768, 2017.

GHISELLINI, P.; CIALANI, C.; ULGIATI, S. A review on circular economy: the expected transition to a balanced interplay of environmental and economic systems. Journal of Cleaner Production, n. 114, p. 11-32, 2016.

GOMES, C. F.; NUNES, K. R.; XAVIER, L. H.; CARDOSO, R.; VALLE, R. Multicriteria decision making applied to waste recycling in Brazil. Omega, n. 36, v. 3, p. 395-404, 2008.

GRAEDEL, T.; ALLENBY, B. Industrial Ecology. NJ, USA: Englewood Cliffs; Prentice Hall, 1995.

HWANG, B. G.; YEO, Z. B. Perception on benefits of construction waste management in the Singapore construction industry. Engineering, Construction and Architectural Management, n. 18, v. 4, p. 394-406, 2011.

INGLEZAKIS, V. J.; ZORPAS, A. Industrial hazardous waste in the framework of EU and international legislation. Management of Environmental Quality, n. 22, v. 5, p. 566-580, 2011.

JADOVSKI, I. Diretrizes técnicas e econômicas para usinas de reciclagem de resíduos de construção e demolição. 2005. 180p. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005.

JOHN, V. M. Reciclagem de resíduos na construção civil: contribuição à metodologia de pesquisa e desenvolvimento. 2000. Tese (Livre Docência). Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.

JOHN, V. M.; ÂNGULO, S. C.; KAHN, H. Controle de qualidade dos agregados de resíduos de construção e demolição reciclados para concretos a partir de uma ferramenta de caracterização. Coletânea Habitare, n. 7, p. 168-207, 2006.

KARPINSKI, L.; MICHEL, P.; MACULAN, L.; GUIMARÃES, J.; SAÚGO, A. Proposta de gestão de resíduos da construção civil par o município de Passo Fundo – RS. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 28., 2008, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: Abepro, 2008. p. 2-15.

LEAL, A. I. G. C. O impacto da economia circular na cadeia de valor: o contexto das empresas Portuguesas. 2015. Dissertação (Mestrado) – Universidade do Minho, Braga, Portugal, 2015.

LEITÃO, A. Economia circular: uma nova filosofia de gestão para o século XXI. Portuguese Journal of Finance, Management and Accounting, Porto: UCP, n. 2, p. 149-171, 2015.

LEVY, S. M.; HELENE, P. R. L. Evolução histórica da utilização do concreto como material de construção. Boletim Técnico da Escola Politécnica – USP. São Paulo, 2002.

LIMA, J. A. R. Proposição de diretrizes para produção e normatização de resíduos de construção reciclado e de suas aplicações em argamassa e concreto. 1999. Dissertação (Mestrado) – USP, São Carlos, 1999.

LU, W.; YUAN, V. W. Y. Construction waste management policies and their effectiveness in Hong Kong: A longitudinal review. Renewable and Sustainable Energy Reviews, n. 23, v. 16, p. 214-223, 2011.

LUND, R. T. Making Products Live Longer: a Paper for the Environment Directorate of the Organization of Economic Cooperation and Development. Cambridge, MA, USA: Massachusetts Institute of Technology, 1955.

LYLE, J. Regenerative Design for Suistanable Development. New York, NY, USA: John Wiley, 1994.

MANFRENATO, J. W. S.; ESGUÍCERO, F. J.; MARTINS, B. L. Implementação de usina para reciclagem de resíduos da construção civil como ação para o desenvolvimento sustentável-estudo de caso. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro, 2008.

MARTINS, G. A.; THEÓPHILO, C. R. Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas. 2. ed. São Paulo. Ed. Atlas, 2009.

McDONOUGH, W.; BRAUNGART, M. Cradle to Cradle. New York, NY, USA: North Point Press, 2002.

MEADOWS, D.; WRIGHT, D. Thinking in Systens – A Primer. VT, USA: Chelsea Green Publishing; White River Junction, 2008.

MELO, A. V. S.; FERREIRA, E. A. M.; COSTA, D. B. Fatores críticos para a produção de agregado reciclado em usinas de reciclagem de RCC da região Nordeste do Brasil. Revista Ambiente Construído, n. 13, v. 3, p. 99-115, 2013.

MELO, A.V. S. Diretrizes para a produção de agregado reciclado em usinas de reciclagem de resíduos da construção civil. 2011. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2011.

MIRANDA, L. F. R.; ANGULO, S.; CARELI, E. A reciclagem de resíduos de construção e demolição no Brasil: 1986-2008. Ambiente Construído, Porto Alegre, n. 9, v. 1, p. 57-71, 2009.

MURRAY, A.; SKENE, K.; HAYNES, K. The circular economy: an interdisciplinary exploration of the concept and application in a global context. Journal of Business Ethics, n. 140, v. 3, p. 369-380, 2017.

OYEDETE, L. O.; REGAN, M.; MEDING, J.; AHMED, A.; OBAS, J.; ELNOKALY, A. Reducting waste to lanfill in the UK: identifying impediments and critical solutions. World Journal of Science, Technology and Sustainable Development, n. 10, v. 2, p. 131-142, 2013.

PASCHOALIN FILHO, J. A; DUARTE, E. B.; GUERNER DIAS, A. J.; CORTES, P. L. Manejo de resíduos de demolição gerados durante as obras da arena de futebol Palestra Itália (Allianz Parque) localizada na cidade de São Paulo/Brasil. Revista Holos, n. 6, v. 3, p. 73-91, 2013.

PASCHOALIN FILHO, J.; DUARTE, E.; FARIA, A. Geração e manejo dos resíduos de construção civil nas obras de edifício comercial na cidade de São Paulo. Espacios, n. 37, v. 6, p. 30-45, 2016.

PASCHOALIN FILHO, J.; STOROPOLI, J.; DUARTE, E. Viabilidade econômica da utilização de resíduos de demolição reciclados na execução do contrapiso de um edifício localizado na Zona Leste da cidade de São Paulo. REGET, UFSM, n. 18, v. 2, p. 928-943, 2014.

PAULI, G. The Blue Economy: 10 Years – 100 Innovations – 100 Million. Report to the Club of Rome. Taos, NM, USA: Paradigm Publications, 2010.

PRESTON, F. A global redesign? Shaping the circular economy. Energy, environment and resource governance. London: Chatham House, 2012.

SAUVÉ, S.; BERNARD, S.; SLOAN, P. Environmental sciences, sustainable development and circular economy: Alternative concepts for trans-disciplinary research. Environmental Development, n. 17, p. 48-56, 2016.

SCHNEIDER, D.; PHILIPPI JR. A. Gestão pública de resíduos da construção civil no município de São Paulo. Ambiente Construído, n. 4, v. 4, p. 21-32, 2004.

SILVA, R. V.; BRITO, J. de; DHIR, R. K. Availability and processing of recycled aggregates within the construction and demolition supply chain: A review. Journal of Cleaner Production, n. 143, p. 598-614, 2017. https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2016.12.070.

SMOL, M.; KULCZYCKA, J.; HENCLIK, A.; GORAZDA, K.; WZOREK, Z. The possible use of sewage sludge ash (SSA) in the construction industry as a way towards a circular economy. Journal of Cleaner Production, n. 95, p. 45-54, 2015.

SOUZA, M. I. B.; SEGANTINI, A. A. S.; PEREIRA, J. A. Tijolos prensados de solo-cimento confeccionados com resíduos de concreto. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, n. 12, v. 2, p. 2.0152.212, 2008.

STAHEL, W. R. The Performance Economy. Basingstoke, U.K.: Palgrave Macmillan, 2010.

STEVENATO, S. Estudo da viabilidade de implantação de usina de moagem de entulho com recursos da iniciativa privada no município de Bauru/SP. 2005. 137p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) – Faculdade de Engenharia, Universidade Estadual Paulista, 2005.

TAM, V. W.; KOTRAYOTHAR, D.; LOO, Y. C. On the prevailing construction waste recycling practices: a South East Queensland Study. Waste Management and Research, v. 27, p. 167-174, 2009.

ULSEN, C.; KAHN, H.; ANGULO, S.; JOHN, V. Composição química de agregados mistos de resíduos de construção e demolição do estado de São Paulo. Revista da Escola de Minas, Ouro Preto, n. 63, v. 2, p. 339-346, 2010.

VIEIRA, G. L.; DAL MOLIN, D. C. C.; LIMA, F. B. de. Resistência e durabilidade de concreto produzidos com agregados reciclados provenientes de resíduos de construção e demolição. Engenharia Civil, n. 1, v. 19, p. 5-18, 2004.

WEIZSÄCKER, E. U. von; LOVINS, A. B.; LOVINS, L. H. Factor Four: Doubling Wealth – halving Resource Use. London: Earthscan, 1997.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 5. ed. Porto Alegre: Ed. Bookman, 2015.

YUAN, H. A model for evaluating the social performance of construction waste management. Waste Management, n. 32, v. 6, p. 1.218-1.228, 2012.

YUAN, H.; SHEN, L. Trend of the research on construction and demolition waste management. Waste Management, n. 31, v. 4, p. 670-679, 2011.