Influência dos Traços de Personalidade no Ceticismo Profissional de Auditores Independentes Outros Idiomas

ID:
55514
Resumo:
Esta pesquisa teve por objetivo verificar a influência dos traços de personalidade no ceticismo profissional de auditores no Brasil. A amostra corresponde a 321 auditores cadastrados no Conselho Federal de Contabilidade (CFC), com perfis ativos no LinkedIn®. O ceticismo profissional contempla as dimensões: mente questionadora, suspensão do julgamento, busca do conhecimento, conhecimento interpessoal, autoestima e autonomia (Hurtt, 2010) e o traço de personalidade é engloba as dimensões abertura à experiência, consciência, extroversão, amabilidade e neuroticismo (Gosling et al., 2003). Os resultados demonstram que os traços de personalidade explicam 22% do ceticismo profissional dos auditores, e que a abertura à experiência e a consciência possuem uma relação positiva com o ceticismo profissional, enquanto a amabilidade demonstrou uma relação negativa. O estudo sinaliza aos órgãos reguladores, auditores e firmas de auditoria que os traços de personalidade influenciam na formação do traço cético dos auditores. Assim, observar essas características pode contribuir para entender este comportamento durante o processo de auditoria.
Citação ABNT:
CUNHA, P. R.; SILVA, C. T.; PEYERL, D. A.; HAVEROTH, J. Influência dos Traços de Personalidade no Ceticismo Profissional de Auditores Independentes. Revista de Contabilidade e Organizações, v. 13, n. 2, p. 1-14, 2019.
Citação APA:
Cunha, P. R., Silva, C. T., Peyerl, D. A., & Haveroth, J. (2019). Influência dos Traços de Personalidade no Ceticismo Profissional de Auditores Independentes. Revista de Contabilidade e Organizações, 13(2), 1-14.
DOI:
http://dx.doi.org/10.11606/issn.1982-6486.rco.2019.158537
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/55514/influencia-dos-tracos-de-personalidade-no-ceticismo-profissional-de-auditores-independentes/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português