Sem Açúcar e com Afeto: A Trajetória de Alexandre Carrieri nos Estudos Organizacionais Outros Idiomas

ID:
56107
Resumo:
O objetivo deste texto é demonstrar, parcialmente, a expressividade e importância que o Doutor Alexandre de Pádua Carrieri, Professor Titular no Curso de Administração da Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais, tem para a área de Estudos Organizacionais no Brasil. Sua expertise e características peculiares são apresentadas de um ponto de vista em particular, isto é, a partir da minha experiência de trabalho e convívio pessoal. Contudo, nos anos de proximidade com o Professor Carrieri e também com a pessoa do Alexandre, pude constatar a dedicação e a paixão que ele tem em proporcionar aprendizado e fazer pesquisa. Homem brilhante, de excelente caráter, com valores sublimes e de muito respeito ao próximo. Academicamente admirável. É assim que posso defini-lo inicialmente, mas também vale ressaltar que, mesmo sendo um crítico do produtivismo exacerbado – quando esvaziado de sentido – o Professor Carrieri é um profissional de produção expressiva, tendo contribuído, em 16 anos, com a publicação de 185 artigos científicos, nos mais variados periódicos da área. Organizou 11 livros de importante impacto para os Estudos Organizacionais. Escreveu 56 capítulos de livros. Produziu 97 trabalhos completos publicados em anais de congressos, 12 resumos expandidos e 75 resumos. Apresentou 49 trabalhos em eventos da área. Orientou 30 dissertações de mestrado, 22 teses de doutorado e uma supervisão de pós-doutorado. Participou de 74 projetos de pesquisa e foi coordenador em 34 deles. Em suma, um homem que faz a crítica sem deixar de fazer, com maestria, a sua parte.
Citação ABNT:
NATT, E. D. M.Sem Açúcar e com Afeto: A Trajetória de Alexandre Carrieri nos Estudos Organizacionais . Revista Interdisciplinar de Gestão Social, v. 8, n. 3, p. 21-39, 2019.
Citação APA:
Natt, E. D. M.(2019). Sem Açúcar e com Afeto: A Trajetória de Alexandre Carrieri nos Estudos Organizacionais . Revista Interdisciplinar de Gestão Social, 8(3), 21-39.
DOI:
http://dx.doi.org/10.9771/23172428rigs.v8i3.32465
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/56107/sem-acucar-e-com-afeto--a-trajetoria-de-alexandre-carrieri-nos-estudos-organizacionais-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
AGUIAR, A. R. C.; VILLAS BOAS, A. L.; CARRIERI, A. P.; ALENCAR, E. O processo de participação na associação de desenvolvimento comunitário dos produtores da FeiraLivre de Coração de Jesus. Agricultura em São Paulo, São Paulo, v. 40, n. 1, p. 33-43, 1993.

BOURDIEU, P. Algumas propriedades dos campos. In: BOURDIEU, P. Questões de sociologia. Rio de Janeiro: Marco Zero, 1983. p. 89-94.

BOURDIEU, P. O campo intelectual: um mundo à parte. In: BOURDIEU, P. Coisas ditas. São Paulo: Brasiliense, 1990. p. 169-180.

BRETAS, P. F. F.; CARRIERI, A. P. Uma breve reflexão sobre epistemologias, teorias e métodos da prática social da resistência. Espacios, v. 38, p. 6, 2017.

CARRIERI, A. P. Questão ambiental, agricultura e mudanças de paradigma: o ecodesenvolvimento, a agricultura sustentável e a biotecnologia. Cadernos de Administração Rural, Lavras, v. 9, n. 1, p. 1-20, 1997.

CARRIERI, A. P.; AGUIAR, A. R. C. A transferência da gestão em unidades de produção familiar: a sucessão e a herança no bairro rural de Cardoso, município de Poço Fundo. Agricultura em São Paulo, São Paulo, v. 42, n. 1, p. 101-111, 1995.

CARRIERI, A. P.; AGUIAR, A. R. C. Sistemas de produção: um estudo de caso do bairro Rural de Dourado dos Lopes (Poço Fundo, MG). Análise & Conjuntura, Belo Horizonte, v. 8, n. 2/3, p. 73-85, 1993.

CARRIERI, A. P.; AGUIAR, A. R. C.; MOURA FILHO, J. A. O processo de gestão na produção familiar: um estudo de caso do sul de Minas Gerais. Agricultura em São Paulo, São Paulo, v. 40, n. 2, p. 167-179, 1993.

CARRIERI, A. P.; BASTOS FILHO, G. S. Um diagnóstico e a descrição dos sistemas de produção da Microbacia do Espraiado, Ribeirão Preto: um estudo de caso. Informações Econômicas, São Paulo, v. 24, n. 11, p. 9-17, 1994.

CARRIERI, A. P.; CAVEDON, N. R.; LEITE-DA-SILVA, A. R. (Org.). Cultura nas organizações: uma abordagem contemporânea. Curitiba: Juruá, 2008.

CARRIERI, A. P.; DINIZ, A. P. R.; SOUZA, E. M.; MENEZES, R. S. S. Gender and work: representations of femininities and masculinities in the view of women Brazilian executives. Brazilian Administration Review, v. 10, n. 3, p. 281-303, maio 2013.

CARRIERI, A. P.; LIMA, J. B.; ANDRADE, J. G.; MOURA FILHO, J. A. Práticas agrícolas e práticas administrativas na configuração de sistemas de produção rural. Cadernos de Administração Rural, Lavras, v. 7, n. 2, p. 83-101, 1995.

CARRIERI, A. P.; MONTEIRO, A. V. V. M. A agricultura sustentável e a biotecnologia: trajetórias tecnológicas e a (neo)territorialização no campo. Informações Econômicas, São Paulo, v. 26, n. 4, p. 11-19, 1996.

CARRIERI, A. P.; PERDIGÃO, D. A.; MARTINS, P. G.; AGUIAR, A. R. C. A gestão ordinária e suas práticas: o caso da Cafeteria Will Coffee. Revista de Contabilidade e Organizações, v. 12, e141359, 2018.

CARRIERI, A. P.; PIMENTEL, T. D.; CABRAL, A. C. A. O discurso e sua análise no enfoque foucaultiano da formação discursiva: um método de pesquisa nos estudos organizacionais. Gestão.org – Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, Recife, v. 3, n. 2, p. 111-124, 2005.

CARRIERI, A. P.; SANTOS, J. V. P.; PEREIRA, V. F.; MARTINS, T. S. Pesquisa histórica em administração: a (re)construção identitária da Galeria do Ouvidor em Belo Horizonte (MG). Revista de Ciências da Administração, v. 18, n. 46, p. 9-22, dez. 2016.

CARRIERI, A. P.; SARAIVA, L. A. (Org.). Simbolismo organizacional no Brasil. São Paulo: Atlas, 2007.

CARRIERI, A. P.; SARAIVA, L. A. S.; PIMENTEL, T. D.; SOUZA-RICARDO, P. A. G. (Org.). Análise do discurso em estudos organizacionais. Curitiba: Juruá, 2009.

CARRIERI, A. P.; SARAIVA, L. A.; ENOQUE, A. G.; GANDOLFI, P. E. (Org.). Identidade nas organizações. Curitiba: Juruá, 2010.

CARRIERI, A. P.; SARAIVA, L. A.; GRZYBOVSKI, D. (Org.). Organizações familiares: um mosaico brasileiro. Passo Fundo: UPF, 2008.

CARRIERI, A. P.; SOUZA-RICARDO, P. A. G. (Org.). Jogos e Sociedade. Belo Horizonte: Crisálida, 2012.

CARRIERI, A. P.; SOUZA-RICARDO, P. A. G.; FABRI, B. (Org.). Lado B[enjamin]. Belo Horizonte: Crisálida, 2011.

CARRIERI, A. P.; TEIXEIRA, J. C.; NASCIMENTO, M. C. R. (Org.). Gênero e trabalho: perspectivas, possibilidades e desafios no campo dos estudos organizacionais. Salvador: UFBA, 2016.

CORREIA, G. F. A.; PEREIRA, H. G.; CARRIERI, A. P. O território da pipoca nos arranjos organizativos de trabalhadores ambulantes belorizontinos. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, v. 15, n. 3, p. 228-241, 2019.

COUTO, F. F.; CARRIERI, A. P.; CKAGNAZAROFF, I. B. Participação na avaliação de políticas públicas: a pesquisa construtivista e a quarta geração de avaliação. Gestão & Planejamento, Salvador, v. 20, p. 36-55, jan./dez. 2019.

DINIZ, C. M.; JUNQUILHO, G. S.; CARRIERI, A. P. Sistema de gestão ambiental: Construção, fatores e atores. Gestão & Planejamento, Salvador, v. 1, n. 6, p. 71-86, 2002.

FREIRE, P. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1967.

MACHADO, J. A. R.; CARRIERI, A. P.; FERREIRA, A. B. Custos de coleta de sementes e da produção de mudas da Cabreúva-Vermelha, Bauru. Informações Econômicas, v. 25, n. 12, p. 37-46, 1995.

NATT, E. D. M. Mercantilização de órgãos humanos: esse tema interessa à administração? In: ENCONTRO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E

NATT, E. D. M. Transplante de órgãos no Brasil: uma análise à luz da biopolítica. 2017. 344 f. Tese (Doutorado em Administração) – Faculdade de Ciências Econômicas, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2017.

NATT, E. D. M.; AGUIAR, A. R. C. O campo da arte circense no Brasil. In: ENCONTRO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO, 39, 2015, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2015.

NATT, E. D. M.; BARBOSA, B. F.; VIEIRA, F. G. D.; CARRIERI, A. P. Baixa renda: o consumo simbólico e o comércio informal de acessórios femininos. Revista Administração em Diálogo, v. 19, n. 1, p. 138-163, 2017.

NATT, E. D. M.; BRETAS, P. F. F.; MOURA-PAULA, M.; CARRIERI, A. P. Gestão participativa: a prática em uma grande siderúrgica. Revista Pensamento Contemporâneo em Administração, v. 12, n. 2, p. 102-116, 2018.

NATT, E. D. M.; CARRIERI, A. P. A teoria da ação comunicativa nos estudos do corpo e corporeidade: possibilidades de avanço para a administração? Perspectivas Contemporâneas, v. 11, n. 1, p. 55-76, 2016.

NATT, E. D. M.; CARRIERI, A. P. A teoria das representações sociais e a análise de conteúdo: instrumentos que se complementam na pesquisa em administração. Cadernos de Estudos Sociais, v. 29, n. 2, p. 66-89, 2014.

NATT, E. D. M.; CARRIERI, A. P. É para menino ou para menina? Representações de masculinidade e feminilidade. Revista Latino-americana de Geografia e Gênero, v. 7, n. 1, p. 110-131, jan./jun. 2016.

NATT, E. D. M.; CARRIERI, A. P. Energia hidrelétrica: a retórica da energia limpa. In: SARAIVA, L. A. S.; RAMPAZO, A. V. (Org.). Energia, organizações e sociedade. Recife: Massangana, 2017. p. 79-112.

NATT, E. D. M.; CARRIERI, A. P.; ECCEL, C. S. Ser ou não ser: a reprodução do ‘ideal’ de masculinidade entre gestores brasileiros. O Social em Questão, v. XVIII, n. 34, p. 391414, 2015.

NATT, E. D. M.; ICHIKAWA, E. Y. O simbólico em construções: estudando a vila barrageira da UHE Engenheiro Sérgio Motta à luz de Pierre Bourdieu. Revista de Ciências da Administração, v. 15, n. 36, p. 159-173, ago. 2013

NATT, E. D. M.; ICHIKAWA, E. Y. Práticas de subversão e resistência no campo da educação profissional. In: ENCONTRO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO, 37, 2013, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2013.

NATT, E. D. M.; SARAIVA, L. A. S.; CARRIERI, A. P. Criação de banheiros LGBTS: inclusão ou prática discriminatória? Revista Eletrônica de Ciência Administrativa, v. 14, n. 1, p. 31-44, 2015.

OTANI, M. N.; CARRIERI, A. P.; ÂNGELO, J. A. Microbacia-piloto do Córrego de São Joaquim, Dira de Campinas, estado de São Paulo: um estudo comparativo. Informações Econômicas, São Paulo, v. 26, n. 1, p. 47-60, 1996.

OTANI, M. N.; CARRIERI, A. P.; ÂNGELO, J. A.; CONSALTER, A. S.; BASTOS FILHO, G. S.; OLIVEIRA, S. J. M. Um exemplo de integração: estudo de caso da microbacia dos córregos Fortuna-Figueira-Palmeira. Informações Econômicas, São Paulo, v. 24, n. 12, p. 55-70, 1994.

OTANI, M. N.; CARRIERI, A. P.; ÂNGELO, J. A.; OLIVEIRA, S. J. M.; OKAWA, H. Diagnóstico Socio-econômico de MBHs: Dira de Campinas. Informações Econômicas, São Paulo, v. 25, n. 4, p. 55-68, 1995.

QUARESMA Jr., E. A.; CARRIERI, A. P. Cultura e organizações: para além da lacuna epistemológica. Alcance, v. 22, n. 4, p. 570-285, out./dez. 2015.

RODRIGUES, S. B.; CARRIERI, A. P.; LUZ, T. R. (Org.). Tempos de desconstrução: evolução e transformação nas empresas. Belo Horizonte: CEPEAD/FACE/UFMG, 2003.

SANTOS, J. V. P.; CARRIERI, A. P. Estratégia como prática e organizações familiares: um estudo sobre as famílias e os negócios na galeria do ouvidor em Belo Horizonte (MG). Revista de Administração da Unimep, v. 16, n. 3, p. 57-78, set./dez. 2018.

SANTOS, J. V. P.; CARRIERI, A. P.; OLETO, A. F. As práticas cotidianas de negócio dos catireiros da região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Gestão & Regionalidade, v. 35, n. 103, p. 245-260, 2019.

SANTOS, J. V. P.; COUTO, F. F.; CARRIERI, A. P. The Brazilian catira: identities and rationalities. Acta Scientiarum. Human and social sciences, v. 40, n. 3, e41793, 2018.

SANTOS, Z. A. P.; SOUZA, M. C. M.; CARRIERI, A. P. Pesquisa em sistema de produção: uma revisão. Agricultura em São Paulo, São Paulo, v. 41, n. 2, p. 127-139, 1994.

SARAIVA, L. A. S.; ENOQUE, A. G.; CARRIERI, A. P. (Org.). Sete Pecados Capitais nas organizações. Salvador: UFBA, 2014.

SOUZA, E. M.; CARRIERI, A. P. A analítica Queer e seu rompimento com a concepção binária de gênero. Revista de Administração Mackenzie, v. 11, n. 3, p. 46-70, 2010.

SOUZA, M. M. P.; CARRIERI, A. P. Identidades, práticas discursivas e os estudos organizacionais: uma proposta teórico-metodológica. Cadernos EBAPE.BR, v. 10, n. 1, p. 1-25, 2012.

TEIXEIRA, J. C.; OLIVEIRA, P. G.; TAVARES, N. V. ; CARRIERI, A. P.; CAPPELLE, M. C. A. Dinâmica de distribuição de fontes de capitais científicos entre docentes / pesquisadores de um programa de pósgraduação Stricto-Sensu de uma universidade pública. Avaliação, v. 17, n. 1, p. 179-206, mar. 2012.

TEIXEIRA, J. C.; ZANOTELI, E. J.; CARRIERI, A. P. A importância dos clássicos na formação do pesquisador: o que nos diz os conceitos de socialização, identificação e campo intelectual como campo de poder. Revista de Ciências da Administração, v. 16, n. 38, p. 154-171, abr. 2014.

VEIGA FILHO, A. A.; LOMBARDI NETO, F.; OTANI, M. N. ; CARRIERI, A. P.; ÂNGELO, J. A.; OLIVEIRA, S. J. M.; OGUIDO, N. Análise prospectiva do retorno econômico em conservação do solo numa microbacia hidrográfica piloto: proposta alternativa de desenvolvimento sustentável. Informações Econômicas, São Paulo, v. 26, n. 2, p. 49-56, 1996.

VIEIRA, A.; CARRIERI, A. P. (Org.). Gênero e saúde na dinâmica do trabalho: a saúde da mulher em foco. Curitiba: Juruá, 2016.

VIEIRA, A.; CARRIERI, A. P. Max Weber e a questão do método nas ciências sociais. Economia e Gestão, Belo Horizonte, v. 1, n. 2, p. 1-32, 2001.

VIEIRA, A.; CARRIERI, A. P.; MONTEIRO, P. R. R.; ROQUETE, F. F. Gender differences and professional identities in health and engineering. Brazilian Administration Review, v. 14, n. 1, p. 1-21, maio 2017.

WEBER, M. A ética protestante e o espírito do capitalismo. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.