Proposição de uma escala de avaliação da qualidade de parques públicos verdes urbanos Outros Idiomas

ID:
56326
Resumo:
Áreas verdes urbanas são comumente avaliadas por duas perspectivas: a primeira aponta dimensões relacionadas com benefícios para os indivíduos e consequentemente para a população local e na segunda perspectiva relacionada com a atratividade turística com dimensões focadas em atrair investimento e renda para a população e para a cidade. Por meio de um aporte teórico fundamentado em marketing de serviços, este estudo propõe um avanço das escalas existentes como, por exemplo, a SERVIQUAL, SERVICESCAPE e a IQAVU. Com o objetivo de desenvolver uma escala para a avaliação da qualidade percebida pelos visitantes de parques verdes urbanos, na cidade de Belo Horizonte, MG – Brasil. Este trabalho aponta indicadores de qualidade em áreas verdes urbanas sinalizados por usuários locais e/ou por turistas. Para alcançar o objetivo foi realizada uma revisão bibliográfica, a 17 vistas sistemáticas aos parques na cidade de Belo Horizonte. Os dados obtidos, de caráter exploratório foram analisados a partir da técnica de análise de conteúdo, atingiram a saturação ao numero de 77 entrevistas e forneceram o subsidio necessário para a elaboração de um segundo método. Caracterizado por um estudo do tipo survey, com uma coleta de 737 questionários estruturados, analisados por Analise Fatorial Exploratórios (AFE) para confirmar que a qualidade percebida é um construto multidimensional, composto por (1) Aspectos Tangíveis, (2) Facilidade Avaliações de Acesso, (3) Avaliação Segurança, (4) Avaliação Beleza, (5) Avaliação Propensão a Integração. A escala proposta é adequada para a avaliação da qualidade dos espaços verdes, contribuindo para ações que visem maior motivação de visita e satisfação de seus usuários.
Citação ABNT:
CARVALHO, I. B.; GOSLING, M. Proposição de uma escala de avaliação da qualidade de parques públicos verdes urbanos. Revista de Turismo Contemporâneo, v. 7, n. 2, p. 279-302, 2019.
Citação APA:
Carvalho, I. B., & Gosling, M. (2019). Proposição de uma escala de avaliação da qualidade de parques públicos verdes urbanos. Revista de Turismo Contemporâneo, 7(2), 279-302.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/56326/proposicao-de-uma-escala-de-avaliacao-da-qualidade-de-parques-publicos-verdes-urbanos/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português