Economia formal e desenvolvimento econômico turístico do Circuito dos Diamantes – MG Outros Idiomas

ID:
56340
Resumo:
Os circuitos turísticos de Minas Gerais foram criados pela Secretaria de Turismo do Estado, visando o fortalecimento do turismo a partir da organização entre municípios com potencial turístico, levando em consideração os aspectos econômicos, sociais e culturais comuns da região. O presente estudo buscou analisar o Circuito dos Diamantes, o mais antigo dos circuitos turísticos de Minas Gerais, por meio da sua economia formal a partir da evolução do número de estabelecimentos no setor e de seu mercado de trabalho formal, dentre as atividades econômicas do turismo propostas pela Organização Mundial de Turismo (OMT) entre os períodos de 2006 e 2014 utilizando-se da base de dados da Relações Anuais de Informações Sociais (RAIS). De forma complementar analisou-se o impacto dos incentivos financeiros por parte do Estado de Minas Gerais por meio do ICMS turístico como uma forma de verificar a eficácia e a contribuição que estes recursos têm para impulsionar o turismo. Os resultados apontam que apesar dos incentivos econômicos o mercado formal do turismo ainda é pequeno, com pouco crescimento no período analisado, o que coloca em questão a eficácia das políticas públicas no setor.
Citação ABNT:
FARIA, E. O.; TEIXEIRA, M. B. B. Economia formal e desenvolvimento econômico turístico do Circuito dos Diamantes – MG. Revista de Turismo Contemporâneo, v. 6, n. 2, p. 211-231, 2018.
Citação APA:
Faria, E. O., & Teixeira, M. B. B. (2018). Economia formal e desenvolvimento econômico turístico do Circuito dos Diamantes – MG. Revista de Turismo Contemporâneo, 6(2), 211-231.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/56340/economia-formal-e-desenvolvimento-economico-turistico-do-circuito-dos-diamantes-----mg/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português