Qualidade da Informação Contábil: o Impacto das Diferenças Temporais do Alongamento dos 'Accruals' em sua Capacidade Preditiva Outros Idiomas

ID:
56921
Periódico:
Resumo:
Este trabalho teve como objetivo avaliar o impacto das diferenças de alongamento dos accruals em sua capacidade preditiva de fluxos de caixas futuros. Esta pesquisa pode ser classificada como explicativa, quantitativa, empírico-analítica, positiva e ex-post-facto. Utilizou-se o programa Microsoft Excel® para estruturação dos dados do ano de 2017, que foram extraídos do programa Economatica®. A análise estatística foi realizada no software Stata®. O modelo utilizado, derivado de Barth, Cram e Nelson, controlou o alongamento dos accruals correntes por meio de uma variável dummy de ciclo operacional e os accruals não correntes por meio de uma variável dummy de vida útil do imobilizado, ambas como proxies de alongamento. As hipóteses de pesquisa não foram rejeitadas ao nível de significância de 5%. Este estudo concluiu que a capacidade preditiva dos accruals está inversamente relacionada com seu alongamento, pois, quanto mais alongados os accruals correntes ou não correntes, mais incertezas trazem às projeções e estimativas realizadas, portanto, menor é a capacidade preditiva deles.
Citação ABNT:
VALLIM, E. L.; MACEDO, M. A. S.; KOLOZSVARI, A. C. Qualidade da Informação Contábil: o Impacto das Diferenças Temporais do Alongamento dos 'Accruals' em sua Capacidade Preditiva . Pensar Contábil, v. 21, n. 76, p. 3-9, 2019.
Citação APA:
Vallim, E. L., Macedo, M. A. S., & Kolozsvari, A. C. (2019). Qualidade da Informação Contábil: o Impacto das Diferenças Temporais do Alongamento dos 'Accruals' em sua Capacidade Preditiva . Pensar Contábil, 21(76), 3-9.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/56921/qualidade-da-informacao-contabil--o-impacto-das-diferencas-temporais-do-alongamento-dos--accruals--em-sua-capacidade-preditiva-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português