Desenvolvimento Conceitual e Teórico sobre os Regimes de Bem-Estar Latinoamericanos Outros Idiomas

ID:
57343
Resumo:
Recentemente, pesquisadores se apropriaram do enquadramento analítico dos regimes de bem-estar, cunhado por EspingAndersen (1991), para estabelecer análises comparativas entre países da América Latina. Tais estudos proporcionaram um interessante desenvolvimento teórico sobre os regimes de bem-estar daquela região. O presente artigo realiza uma análise desse desenvolvimento teórico, debatendo seus principais postulados e relacionando-os com o debate geral sobre os regimes de bem-estar. Por um lado, é possível identificar similaridades com as teorias sobre os regimes de bem-estar da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Por outo lado, os estudos revelam que os regimes de bem-estar latino-americanos apresentam uma dinâmica mais complexa e requerem novas ferramentas analíticas.
Citação ABNT:
BARBOSA, P. M. R.Desenvolvimento Conceitual e Teórico sobre os Regimes de Bem-Estar Latinoamericanos. Administração Pública e Gestão Social, v. 12, n. 2, p. 1-23, 2020.
Citação APA:
Barbosa, P. M. R.(2020). Desenvolvimento Conceitual e Teórico sobre os Regimes de Bem-Estar Latinoamericanos. Administração Pública e Gestão Social, 12(2), 1-23.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/57343/desenvolvimento-conceitual-e-teorico-sobre-os-regimes-de-bem-estar-latinoamericanos/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português