Saturação e Rejeição ao Turismo nas Destinações Turísticas Outros Idiomas

ID:
57881
Resumo:
O Turismo é um fenômeno multi, inter e transdisciplinar na sua formação superior e na gestão pública. Além dessas características, temos que considerar ainda a transversalidade e a intersetorialidade. Em virtude dessas características, mudanças ocorrem continuamente, quer sejam no comportamento dos turistas quer sejam com os residentes locais. Nesta última década, nos defrontamos com dois novos e desafiantes problemas: a saturação e a rejeição ao turismo nas destinações turísticas. É sobre este assunto preocupante que iremos tratar neste artigo.
Citação ABNT:
BENI, M. C.Saturação e Rejeição ao Turismo nas Destinações Turísticas. Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo, v. 14, n. 2, p. 1-8, 2020.
Citação APA:
Beni, M. C.(2020). Saturação e Rejeição ao Turismo nas Destinações Turísticas. Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo, 14(2), 1-8.
DOI:
http://dx.doi.org/10.7784/rbtur.v14i2.1847
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/57881/saturacao-e-rejeicao-ao-turismo-nas-destinacoes-turisticas/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Beni, M. C. (2012) Clusters de turismo. In: Beni, M. C. (org). Turismo: planejamento estratégico e capacidade de gestão – desenvolvimento regional, rede de produção e clusters. São Paulo: Manole, p.517.

Beni, M. C. e Cury, M. J. F. (2012) Bases territoriais e redes de cluster de turismo. In: Beni, M. C. (org). Turismo: planejamento estratégico e capacidade de gestão – desenvolvimento regional, rede de produção e clusters. São Paulo: Manole, p. 487.

Moraes, L. N. de. (2012) Dimensão mercadológica de sustentabilidade do desenvolvimento turístico. In: Beni, M. C. (org). Turismo: planejamento estratégico e capacidade de gestão – desenvolvimento regional, rede de produção e clusters. São Paulo: Manole, p. 283.