Contribuições das Tecnologias Digitais Associadas à Indústria 4.0 para a Formação Profissional Outros Idiomas

ID:
57948
Resumo:
Este artigo tem por objetivo analisar como as tecnologias digitais ligadas à Indústria 4.0 podem contribuir para o aprimoramento da formação profissional, a partir da particularidade do ensino de engenharia na Universidade Federal de Sergipe (UFS). Metodologicamente, utilizou-se de um estudo de caso sob uma abordagem quanti-qualitativa, exploratória e descritiva, aplicando questionários com os docentes e discentes do Centro de Ciências Exatas e Tecnologia da UFS (CCET/UFS). Os resultados apontaram que a inserção das tecnologias digitais na formação profissional traz contribuições quanto à modernização dos sistemas de ensino, por meio da adequação dos currículos escolares e projetos pedagógicos de curso, e a estruturação de um espaço que simule o ambiente que os egressos encontrarão no mercado de trabalho, culminando no aprimoramento do processo de formação. A análise indicou ainda impactos do uso das tecnologias digitais na formação profissional, revelando que, embora os desafios envolvidos incluam fatores como a falta de investimento para a aquisição de tecnologias digitais e capacitação profissional e a falta de estrutura disponível, as tecnologias digitais podem trazer contribuições no que tange à melhoria das condições de ensino, atualização profissional e desenvolvimento de habilidades e competências essenciais ao contexto da Indústria 4.0.
Citação ABNT:
SILVA, M. R. D. S.; OLAVE, M. E. L. Contribuições das Tecnologias Digitais Associadas à Indústria 4.0 para a Formação Profissional. Gestão e Desenvolvimento, v. 17, n. 2, p. 82-110, 2020.
Citação APA:
Silva, M. R. D. S., & Olave, M. E. L. (2020). Contribuições das Tecnologias Digitais Associadas à Indústria 4.0 para a Formação Profissional. Gestão e Desenvolvimento, 17(2), 82-110.
DOI:
https://doi.org/10.25112/rgd.v17i2.2047
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/57948/contribuicoes-das-tecnologias-digitais-associadas-a-industria-4-0-para-a-formacao-profissional/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
AIRES, R. W. A.; MOREIRA, F. K.; FREIRE, P. S. Indústria 4.0: competências requeridas aos profissionais da Quarta Revolução Industrial. In: Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação, 7, 2017, Foz do Iguaçu. Anais [...]. Foz do Iguaçu: CIKI, 2017. Disponível em: . Acesso em: 25 abr. 2018.

ALBERTIN, M. R.; ELIENESIO, M. L. B.; AIRES, A. S.; PONTES, H. L. J.; ARAGÃO JUNIOR, D. P. Principais inovações tecnológicas da indústria 4.0 e suas aplicações e implicações na manufatura. In: Simpósio de Engenharia de Produção, 26, 2017, Bauru. Anais [...]. Bauru: SIMPEP, 2017. Disponível em: . Acesso em: 25 abr. 2018.

ANDRADE, K. O desafio da Educação 4.0 nas escolas. Empresas e Negócios. São Paulo, 13 mar. 2018, p. 07. Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2018.

BARBOSA, E. F.; MOURA, D. G. Metodologias Ativas de Aprendizagem no Ensino de Engenharia. In: International Conference on Engineering and Technology Education, 13, 2014, Guimarães/Portugal. Anais […]. Guimarães: 2014. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2018.

BITTENCOURT, P. A. S.; ALBINO, J. P. O uso das tecnologias digitais na educação do século XXI. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 12, n. 01, p. 205-214, 2017. Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2018.

BORDENAVE, J. D.; PEREIRA, A. M. P. Estratégias de ensino-aprendizagem. 33. ed. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2015.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CES 11, de 11 de março de 2002. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Engenharia. Brasília, 11 mar. 2002. Disponível em: . Acesso em: 22 jul. 2018.

BRUNO, F. S. A Quarta Revolução Industrial do setor têxtil e de confecção: a visão de futuro para 2030. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2016.

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA (CNI). Educação: a base da competitividade. Propostas da indústria eleições 2018. Brasília: CNI, 2018b, v. 6, 42 p.

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA (CNI). Ensino de engenharia: fortalecimento e modernização. Propostas da indústria eleições 2018. Brasília: CNI, 2018a, v. 7, 32 p.

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA (CNI). Indústria 4.0 e digitalização da economia. Propostas da indústria eleições 2018. Brasília: CNI, 2018c, v. 32, 50 p.

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA (CNI). Mapa Estratégico da Indústria 2013-2022. Brasília: CNI, 2013.

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA (CNI). Sondagem Especial Indústria 4.0. Indicadores CNI, ano 17, n. 02, 2016. Disponível em: . Acesso em: 07 mar. 2018.

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA (CNI). Universidades e IEL-SP dialogam sobre a preparação de profissionais para a Indústria 4.0. Agência CNI de Notícias. 2017. Disponível em: . Acesso em: 29 ago. 2018.

CORDEIRO, M. M.; POZZO, D. N. O processo de inovação na educação: um estudo em uma organização educacional. Gestão e Desenvolvimento, Novo Hamburgo, ano XII, v. 12, n. 2, p. 130-149, ago. 2015. Disponível em: . Acesso em: 10 fev. 2020.

DELOITTE. Industry 4.0: Challanges and solutions for the digital transformation and use of exponential technologies. The Creative Studio/Deloitte AG, 2015. Disponível em: . Acesso em: 15 mar. 2018.

DIESEL, A.; BALDEZ, A. L. S.; MARTINS, S. N. Os princípios das metodologias ativas de ensino: uma abordagem teórica. Revista Thema, v. 04, n. 01, p. 268-288, 2017. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2018.

FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO RIO DE JANEIRO (FIRJAN). Panorama da Inovação: Indústria 4.0. Rio de Janeiro: DIN/GIE, 2016.

HEINDL, A.; WERBIK, A.; WINTER, J.; MAYER; B. S.; ZARPELLON, B. V.; REMANN, F. Industrie 4.0: Possibilidades de colaboração com a cooperação para o desenvolvimento e a economia alemã na área de tecnologia/transferência de know-how para o Brasil. Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ), 2016.

HERMANN, M.; PENTEK, T.; OTTO, B. Design Principles for Industrie 4.0 Scenarios: A Literature Review. Technische Universitat Dortmund, 2015. Disponível em: . Acesso em: 27 fev. 2018.

KAGERMANN, H.; WAHLSTER, W.; HELBIG, J. Recommendations for implementing the strategic initiative Industrie 4.0: Final report of the Industrie 4.0 Working Group. National Academy of Science and Engineering. 2013.

LORENZ, M.; RUBMANN, M., STRACK, R.; LUETH, K. L.; BOLLE, M. Man and Machine in Industry 4.0: How Will Technology Transform the Industrial Workforce Through 2025? The Boston Consulting Group (BCG), 2015.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Metodologia do trabalho científico: procedimentos básicos, pesquisa bibliográfica, projeto e relatório, publicações e trabalhos científicos. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MARION, J. C.; MARION, A. L. C. Metodologias de Ensino na Área de Negócios. São Paulo: Atlas, 2006.

MARTINS, G. A.; THEÓPHILO, C. R. Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas. 2. ed. São Paulo, SP: Atlas, 2009.

RAIZER, L. Transformações de um mundo globalizado. Gestão e Desenvolvimento, Novo Hamburgo, ano XI, v. 11, n. 1, p. 164-165, jan. 2014. Disponível em: . Acesso em: 10 fev. 2020.

RODRIGUES, R. G. Educação 4.0. Correio Brasiliense, Brasília, 25 fev. 2018. Trabalho, p. 09. Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2018.

RUBMANN, M.; LORENZ, M.; GERBERT, P.; WALDNER, M.; JUSTUS, J.; ENGEL, P.; HARNISCH, M. Industry 4.0: The Future of Productivity and Growth in Manufacturing Industries. The Boston Consulting Group (BCG), 2015.

SCHWAB, K. A Quarta Revolução Industrial. São Paulo: Edipro, 2016.

SCHWAB, K.; DAVIS, N. Aplicando a Quarta Revolução Industrial. São Paulo: Edipro, 2018.

SILVA, R. A.; NOVA, J. G. G. V.; VASCONCELOS, R. F. S.; CALADO, I. A. A. R.; BRANCO, K. R. L. J. C.; BRAGA, R. T. V. Aplicando Internet das Coisas na Educação: Tecnologia, Cenários e Projeções. In: Congresso Brasileiro de Informática na Educação, 6, 2017, Recife. Anais [...]. Recife: WCBIE, 2017. Disponível em: . Acesso em: 25 abr. 2018.

SILVA, R. F.; CORREA, E. S. Novas tecnologias e educação: a evolução do processo de ensino e aprendizagem na sociedade contemporânea. Revista Educação e Linguagem, v. 01, n. 01, p. 23-35, jun. 2014. Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2018.

SIQUEIRA, J. R. M.; BATISTA, R. S.; MORCH, R. B.; BATISTA, R. S. Aprendizagem baseada em problemas: o que os métodos podem ensinar para os contadores. Contabilidade Vista e Revista, Belo Horizonte, v. 20, n. 03, p. 101-125, jul./set. 2009. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE (UFS). Plano de desenvolvimento institucional (PDI) 2016-2020. 2016. Disponível em: . Acesso em: 20 jul. 2018.

VAIDYA, S.; AMBAD, P.; BHOSLE, S. Industry 4.0 A Glimpse. Procedia Manufacturing, v. 20, p. 233–238, 2018. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2019.

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 11 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.