Um Olho no Peixe e Outro no Gato: Como as Fintechs Disputam Espaço com os Bancos em Época de Juros Baixos Outros Idiomas

ID:
58736
Resumo:
Este caso de ensino contextualiza a evolução e transformação do Sistema Financeiro brasileiro, com destaque para o crescimento das fintechs (empresas financeiras de base tecnológica) e ruptura do momento de “sossego” dos grandes bancos. Com o surgimento das fintechs, o market share dos grandes bancos passa a ser ameaçado. Com isso, este caso tem por objetivo discutir as estratégias de mercado concorrenciais dos bancos e das fintechs frente aos cenários futuros possíveis, sobretudo, analisar as estratégias das fintechs com enfoque nas atividades políticas corporativas sob forma de influenciar o governo, a regulação e o Sistema Financeiro Nacional para obter acesso ao mercado. O caso ainda permite avaliar a integração das estratégias de mercado e de não mercado, atuando frente a um interesse em comum, entre as fintechs e os grandes bancos. Trata-se de um caso real dentro do contexto brasileiro. Pode ser utilizado em cursos de graduação e de pós-graduação em Administração, Ciências Contábeis, Economia e Gestão. Ainda pode ser utilizado em cursos complementares, de curta duração ou educação executiva, em temáticas tais como Relações Governamentais e Relações Institucionais e Estratégia de Não Mercado.
Citação ABNT:
PARTYKA, R. B.; LANA, J.; GAMA, M. A. B. Um Olho no Peixe e Outro no Gato: Como as Fintechs Disputam Espaço com os Bancos em Época de Juros Baixos. Administração: Ensino e Pesquisa, v. 21, n. 1, p. 147-180, 2020.
Citação APA:
Partyka, R. B., Lana, J., & Gama, M. A. B. (2020). Um Olho no Peixe e Outro no Gato: Como as Fintechs Disputam Espaço com os Bancos em Época de Juros Baixos. Administração: Ensino e Pesquisa, 21(1), 147-180.
DOI:
http://dx.doi.org/10.13058/raep.2020.v21n1.1401
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/58736/um-olho-no-peixe-e-outro-no-gato--como-as-fintechs-disputam-espaco-com-os-bancos-em-epoca-de-juros-baixos/i/pt-br
Tipo de documento:
Caso de Ensino
Idioma:
Português
Referências:
‘FINTECHS’ PODEM entrar na rede de empréstimos do BNDES. Estadão Conteúdo / Infomoney, 18 jul. 2017. Disponível em: . Acesso em: 08 abr. 2018.

ALVES, A. Decreto de Temer autoriza Nubank a ter financeira. Notícias de Tecnologia. Reuters, 22 jan. 2018. Disponível em: . Acesso em 04 abr. 2018a.

ALVES, A. Fintech Creditas capta R$ 165 milhões em aporte liderado pelo fundo sueco Vostok. Exame, 11 dez. 2017b. Disponível em . Acesso em: 04 jul. 2018.

ALVES, A. Fintechs se multiplicam com BC e CVM atentos e regulação precária. Exame, 03 mar. 2017a. Disponível em . Acesso em: 07 abr. 2018.

ANBIMA – Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais. Juros a 1 dígito. E agora? Disponível em: . Acesso em: 26 jul. 2017.

ARROYO, P. David contra os Golias. Isto É Dinheiro, 20 mar. 2018. Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2018.

AYRES, M. BC reduz contribuição mensal dos bancos ao FGC e espera repasse de economia para consumidor. Notícias de Negócios. Reuters, 26 abr. 2018. Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2018.

BARON, D. P. Integrated market and nonmarket strategies in client and interest group politics. Business and Politics, v. 1, n. 1, p. 7–34, 1999. DOI: 10.1515/bap.1999.1.1.7.

BESANKO, D.; DRANOVE, D.; SHANLEY, M.; SCHAEFER, S. A economia da estratégia. 5ª ed. Porto Alegre: Bookman, 2012.

BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Social. BNDES lança Fundo de Coinvestimento Anjo em startups brasileiras inovadoras. Mercado de Capitais. Inovação. BNDES, 14 nov. 2017. Disponível em: . Acesso em: 12 abr. 2018.

BODDEWYN, J. J. The internationalization of the public-affairs function in U.S. multinational enterprises. Business & Society, v. 46, n. 2, p. 136–173, 2007. DOI: 10.1177/0007650307301381.

BOUBAKRI, N.; COSSET, J. -C.; SAFFAR, W. Political connections of newly privatized firms. Journal of Corporate Finance, v. 14, n. 5, p. 654–673, 2008. DOI: 10.1016/j.jcorpfin.2008.08.003.

BRASIL. (2016). Ministério da Fazenda. Comissão de Valores Mobiliários-CVM. Portaria CVM/PTE Nº 105, de 07 de junho de 2016. Institui o Núcleo de Inovação em Tecnologias Financeiras da CVM. CVM, Rio de Janeiro, RJ, 07 de junho de 2016.

BRASIL. (2018a). Ministério da Fazenda. Banco Central do Brasil. Resolução N. 4.649 de 28 de março de 2018. Dispõe sobre a prestação de serviços por parte de instituições financeiras a instituições de pagamento e a outras instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil. Publicado no Diário Oficial da União de 02 de abril de 2018. Disponível em: Acesso em: 21 abr. 2018.

BRASIL. (2018b). Presidência da República. Decreto Nº 9.283, de 7 de fevereiro de 2018. Regulamenta a Lei nº 10.973, de 2 de dezembro de 2004, a Lei nº 13.243, de 11 de janeiro de 2016, o art. 24, § 3º, e o art. 32, § 7º, da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, o art. 1º da Lei nº 8.010, de 29 de março de 1990, e o art. 2º, caput, inciso I, alínea “g”, da Lei nº 8.032, de 12 de abril de 1990, e altera o Decreto nº 6.759, de 5 de fevereiro de 2009, [...]. Publicado no Diário Oficial da União de 08.02.2018. Disponível em: Acesso em: 21 abr. 2018.

BRASIL. (2018c). Presidência da República. Ministério do Trabalho. Lei nº 13.636, de 20 de março de 2018. Dispõe sobre o Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO); e revoga dispositivos das Leis nos 11.110, de 25 de abril de 2005, e 10.735, de 11 de setembro de 2003. Diário Oficial da União, Brasília, DF, n. 55, 21 mar. 2018.

BROWN, R. S. AT&T’s establishment of a political capability. Journal of Public Affairs, v. 16, n. 1, p. 57–65, 2016a. DOI: 10.1002/pa.1568.

BROWN, R. S. How do firms compete in the non-market? The process of political capability building. Business and Politics, v. 18, n. 3, p. 263–295, 2016b. DOI: 10.1515/bap-2015-0019.

CAMPOS, E. CMN regulamenta fintechs para atrair participação de instituições. Valor Econômico, 26 abr. 2018. Disponível em: < www.valor.com.br/financas/5486409/cmn-regulamenta-fintechs-para-atrair-participacao-de-instituicoes>. Acesso em: 27 abr. 2018.

COETZEE, J. Strategic implications of Fintech on South African retail banks. South African Journal of Economic and Management Sciences, v. 21, n. 1, p. 1-11, 2018.

DOROBANTU, S.; KAUL, A.; ZELNER, B. Nonmarket strategy research through the lens of new institutional economics: An integrative review and future directions. Strategic Management Journal, v. 38, n. 1, p. 114–140, 2017. DOI: 10.1002/smj.2590.

FINTECHLAB. Conta-salário poderá ser transferida para fintechs sem tarifas em julho. 26 fev. 2018e. Disponível em: . Acesso em: 07 abr. 2018.

FINTECHLAB. Decreto permite a universidades e empresas públicas serem sócias de startups. 09 fev. 2018c. Disponível em: . Acesso em: 28 jun. 2018.

FINTECHLAB. Fintechs defendem aprovação do Cadastro Positivo em audiência no Senado. 25 apr. 2018b. Disponível em: . Acesso em: 28 jun. 2018.

FINTECHLAB. Novo Radar FintechLab mapeia mais de 400 iniciativas. 13 ago. 2018a. Disponível em: . Acesso em: 23 ago. 2018.

FINTECHLAB. Presidente do BC afirma que fintechs só serão reguladas quando se desenvolverem. 06 mar. 2018d. Disponível em: . Acesso em: 07 abr. 2018.

FINTECHS CAMINHAM para consolidação, diz presidente da ABFintechs. Época Negócios online, 28 jun. 2018. Disponível em: . Acesso em: 28 jun. 2018.

FINTECHS CRESCEM com apoio de órgãos de fomento. Forbes Brasil, 25 ago. 2017. Disponível em: . Acesso em: 12 abr. 2018.

FRIEDLANDER, D. Meirelles relança na internet banco Original, de donos da JBS. Folha de São Paulo, 29 mar. 2016. Disponível em: . Acesso em: 28 jun. 2018.

FUNK, R. J.; HIRSCHMAN, D. Beyond nonmarket strategy: market actions as Corporate Political Activity. Academy of Management Review, v. 42, n. 1, p. 32–52, 2017. DOI: 10.5465/amr.2013.0178.

GETZ, K. A. Research in Corporate Political Action. Business & Society, v. 36, n. 1, p. 32–72, 1997. DOI: 10.1177/000765039703600103.

GONZÁLEZ, F. Determinants of bank‐market structure: efficiency and political economy variables. Journal of Money, Credit and Banking, v. 41, p. 735-754, 2009. DOI: 10.1111/j.1538-4616.2009.00229.x.

GRADILONE, C. “Gostaria que essas taxas caíssem ainda mais rápido”. Isto É Dinheiro, 13 abr. 2018a. Disponível em: < https://www.istoedinheiro.com.br/gostaria-que-essas-taxas-caissem-ainda-mais-rapido/>. Acesso em: 27 abr. 2018.

GRADILONE, C. A cruzada de Ilan Goldfajn contra os juros altos. Isto É Dinheiro, 13 abr. 2018b. Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2018.

HADANI, M.; DOH, J. P.; SCHNEIDER, M. Social movements and corporate political activity: Managerial responses to socially oriented shareholder activism. Journal of Business Research, v. 95, n. February, p. 156-170, 2019. DOI: 10.1016/j.jbusres.2018.10.031.

HAMBRICK, D. C.; MISANGYI, V. F.; PARK, C. A. The quad model for identifying a corporate director’s potential for effective monitoring: Toward a new theory of board sufficiency. Academy of Management Review, v. 40, n. 3, p. 323-344, 2015. DOI: 10.5465/amr.2014.0066.

HILLMAN, A. J.; KEIM, G. D.; SCHULER, D. Corporate political activity: A review and research agenda. Journal of Management, v. 30, n. 6, p. 837–857, 2004. DOI: 10.1016/j.jm.2004.06.003.

HODER, F.; WAGNER, M., SGUERRA, J.; BERTOL, G. A revolução fintech: como as inovações digitais estão impulsionando o financiamento às MPME na América Latina e Caribe. Oliver Wyman / CII Corporação Interamericana de Investimentos, 2016. Disponível em: . Acesso em: 28 jun. 2018.

HOLBURN, G. L. F.; VANDEN BERGH, R. G. Making friends in hostile environments: political strategy in regulated industries. Academy of Management Review, v. 33, n. 2, p. 521–540, 2008. DOI: 10.5465/ amr.2008.31193554.

JAKŠIČ, M.; MARINČ, M. Relationship banking and information technology: The role of artificial intelligence and FinTech. Risk Management, p. 1-18, 2018. DOI: 10.1057/s41283-018-0039-y.

JIA, N. Are collective political actions and private political actions substitutes or complements? Empirical evidence from China’s private sector. Strategic Management Journal, v. 35, p. 292–315, 2014. DOI: 10.1002/smj.2092.

KUO, L.; YU, H. -C. Corporate political activity and environmental sustainability disclosure: The case of Chinese companies. Baltic Journal of Management, v. 12, n. 3, p. 348-367, 2017. DOI: 10.1108/BJM-072016-0149.

LAIER, P. A. Fintech Toro Investimentos lança corretora neste semestre após aporte de R$46 mi. Reuters, 27 mar. 2018. Disponível em: . Acesso em: 12 abr. 2018.

LEAHY, J. Brazilian start-ups defy economic gloom with record fundraisings. Financial Times, 4 jul. 2018. Disponível: Acesso em: 11 jul. 2018.

LOCK, I.; SEELE, P. Deliberative lobbying? Toward a noncontradiction of Corporate Political Activities and Corporate Social Responsibility? Journal of Management Inquiry, v. 25, n. 4, p. 415–430, 2016. DOI: 10.1177/1056492616640379.

MACK, C. Business, politics, and the practice of government relations. Westport, CT: Quorum Brooks, 1997.

MANDL, C. Banco Inter espera levantar até 816 milhões de reais em IPO. Reuters, 05 abr. 2018. Disponível em: . Acesso em: 12 abr. 2018.

MIOZZO, J. Não existe diferença entre banco e fintech, diz presidente do Santander no Brasil. Infomoney, 27 out. 2017. Disponível em: . Acesso em: 07 abr. 2018.

NERY, C. Fintechs se organizam para crescer. Valor Econômico, 21 nov. 2016. Disponível em: . Acesso em: 07 abr. 2018.

PAMPLONA, N. BNDES prepara fundo de R$ 200 milhões para emprestar a start-ups. Folha de São Paulo, 24 mar. 2017. Disponível em: . Acesso em: 28 jun. 2018.

PERRIN, F. Regulamentação deixa espaço para fintechs crescerem. Folha de São Paulo, 30 maio 2018. Disponível em: Acesso em: 28 jun. 2018.

PORTER, M. The five competitive forces that shape strategy. Harvard Business Review, v. 86, n. 1, p. 57-71, jan. 2008.

PORTER, M. What is Strategy? Harvard Business Review, p. 61-78, nov./dez. 1996.

PRADO, M.; CARNEIRO, M. Fintechs poderão conceder crédito sem mediação de banco. Folha de São Paulo, 26 abr. 2018. Disponível em: Acesso em: 27 abr. 2018.

PWC. Redrawing the lines: FinTech’s growing influence on Financial Services. In: Global FinTech Report 2017. Disponível em: . Acesso em: 14 abr. 2018.

RABELLO: nova diretoria do BNDES vai reduzir intermediação para pequena empresa. Revista IstoÉ, 08 mar. 2018. Disponível em: Acesso em: 27 abr. 2018.

RIZÉRIO, L. Por que o Brasil simplesmente não imprime dinheiro para pagar as dívidas? Ilan Goldfajn responde. Infomoney, 27 abr. 2018. Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2018.

ROBERTS, R. W.; DWYER, P. D.; SWEENEY, J. T. Political strategies used by the US public accounting profession during auditor liability reform: The case of the Private Securities Litigation Reform Act of 1995. Journal of Accounting and Public Policy, v. 22, n. 5, p. 433–457, 2003. DOI: 10.1016/j.jaccpubpol.2003.08.001.

RODRIGUES, B. Com aporte de R$ 46 milhões, Banco Central autoriza a fintech Toro Investimentos a criar corretora de valores. ADVFN News, 05 abr. 2018. Disponível em: . Acesso em: 07 abr. 2018.

SAMBRANA, C. David Vélez. Negócios. Isto É Dinheiro, 20 out. 2017. Disponível em: . Acesso em: 07 abr. 2018.

SANT’ANA, T. E se o governo imprimisse mais dinheiro para dar aos pobres? Mundo Estranho. Superinteressante, 18 maio 2017. Disponível em: Acesso em: 28 jun. 2018.

SICSÚ, J. Quem tem medo da falta de espaço fiscal? Carta Capital, 24 abr. 2017. Disponível em: Acesso em: 23 jun. 2018.

SLOBODA, L.; DUNAS, N.; LIMAŃSKI, A. Contemporary challenges and risks of retail banking development in Ukraine. Banks and Bank System, v. 13, n. 1, p. 88-97, 2018. DOI: 10.21511/bbs.13(1).2018.09.

SREEHARSHA, V. Goldman Sachs sees big potential for Fintech in Brazil, The New York Times, 15 maio 2017. Disponível em: Acesso em 07 abr. 2018.

TRINDADE, P. Fintechs se organizam para fortalecer setor. Fecomércio-SP, 29 nov. 2017. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2018.

VASCONCELOS, F. C.; CYRINO, A. B. Vantagem competitiva: os modelos teóricos atuais e a convergência entre estratégia e teoria organizacional. RAE – Revista de Administração de Empresas, vol. 40, n.4, p. 20-37, out./dez. 2000. DOI: 10.1590/S0034-75902000000400003.

WONGLIMPIYARAT, J. FinTech banking industry: a systemic approach. Foresight, v. 19, n. 6, p. 590-603, 2017. DOI: 10.1108/FS-07-2017-0026.

ZHANG, J.J.; MARQUIS, C.; QIAO, K.Y. Do political connections buffer firms from or bind firms to the government? A study of corporate charitable donations of chinese firms. Organization Science, v. 27, n. 5, p. 1307–1324, 2016. DOI: 10.1287/orsc.2016.1084.

ZOGBI, P. Ilan diz que BC irá atacar o spread bancário “pela raiz”. Infomoney, 06 abr. 2018. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2018.

ZOGBI, P. Nubank contrata Gustavo Franco, ex-presidente do BC. Infomoney. 27 jul 2017. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2018.