Pedagogical Transformation and Professor (Self)Training Other Languages

ID:
58738
Abstract:
The rapid transformations that occur in contemporary times require changes in the educational environment. These, in turn, engender a new paradigm of university teaching. In this context, the transformations that most impact on teaching practice derive from the need to guide teaching by and for students’ learning. But to what extent have we developed the pedagogical skills required for the teaching-learning process? To what extent have we been able to create environments that foster student learning? In an effort to overcome impressionist visions we conducted a data survey with the application of a questionnaire. We had 301 valid answers and the interpretive exercise of the data helped to identify our main challenges as undergraduate business administration teachers. The text evolves from the introduction to the description of the methodological resources, followed by the description and interpretation of the data, an exercise that legitimized the findings and the signaling of possible developments. Was identified the need for structural solutions in the formation and actualization process of professionals who perform in the new Higher Education Context.
ABNT Citation:
LIMA, M. C.; LANGRAFE, T. F.; TORINI, D. M.; CECCONELLO, A. R. Transformação Pedagógica e (Auto)Formação Docente. Administração: Ensino e Pesquisa, v. 21, n. 1, p. 214-243, 2020.
APA Citation:
Lima, M. C., Langrafe, T. F., Torini, D. M., & Cecconello, A. R. (2020). Transformação Pedagógica e (Auto)Formação Docente. Administração: Ensino e Pesquisa, 21(1), 214-243.
DOI:
http://dx.doi.org/10.13058/raep.2020.v21n1.1739
Permalink:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/58738/pedagogical-transformation-and-professor--self-training/i/en
Document type:
Artigo
Language:
Português
References:
ALCADIPANI, R. A hiperatividade do professor bombril. Organização & Sociedade, v.2, n.35, 2005. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/revistaoes/article/view/10811/0. Acesso em julho/2019.

ALMEIDA, M. I. de; PIMENTA, S. G. Pedagogia universitária – valorizando o ensino e a docência na universidade. Revista Portuguesa de Educação, 27(2), 2014. Disponível em: http://www.scielo.mec.pt/pdf/ rpe/v27n2/v27n2a02.pdf. Acesso em julho/2019.

BLOOM B. S.; KRATHWOHL, D. R., MASIA, B. B. Taxonomia dos objetivos educacionais. vol.1 (domínio cognitivo). Porto Alegre: Globo, 1973.

COLET, N. R. Relève professorale: des forces fraîches dans la mêlée. In: Denis B.; Béchard, J.-P. Innover dans l’enseignement supérieur. Paris: PUF, 2009.

CUNHA, M. I. da. Docência na educação superior: a profissionalidade em construção. Educação, v. 41, n.1, p. 6-11, jan.-abr. 2018. Disponível em . Acesso em: ago. 2019.

FERRAZ, A. P. do C. M.; BELHOT, R. V. Taxonomia de Bloom: revisão teórica e apresentação das adequações do instrumento para definição de objetivos instrucionais. Gestão & Produção. v.17, n.2, 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-530X2010000200015&lng=pt&tlng=pt. Acesso em julho/2019

FOWLER, F. J. Pesquisa de levantamento. Porto Alegre: Pensa, 2011.

GÜNTHER, H. Como elaborar um questionário. UNB, Laboratório de Psicologia Ambiental, Série Planejamento de Pesquisa nas Ciências Sociais, n.1, 2003.

HARARI, Y. N. 21 Lições Para o Século 21. São Paulo: Companhia das Letras, 2018.

HUBERMAN, M. O ciclo de vida profissional dos professores. In: NÓVOA, Antonio (org.) Vida de professores. 2 ed. Portugal: Porto Editora, 2000.

LANGRAFE, T. F.; BELTRÃO, K. e BERNDT, A. Análise dos Resultados dos ENADES 2009, 2012 e 2015 dos Cursos de Graduação em Administração (Oficina). Encontro Nacional dos Cursos de Graduação em Administração, Brasília, 2017.

LIMA, M.C.; TORINI, D. M.; SILVA, C. C. dos S. A transformação do processo de ensino e aprendizagem não é um voo de galinha. Associação Brasileira de Pesquisadores de Comunicação Organizacional e Relações Públicas – Abrapcorp (no prelo).

MORAES, M.C. A formação do educador a partir da complexidade e da transdisciplinaridade. Revista Diálogo Educacional. v.7, n.22, 2007. Disponível em < https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/view/4147>. Acesso em agosto/2019.

MORAIS, C. Descrição, análise e interpretação de informação quantitativa – escalas de medida, estatística descritiva e inferência estatística. Bragança, Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação, 2010. Disponível em: http://www.ipb.pt/~cmmm/discip/ConceitosEstatistica.pdf. Acesso em agosto/2019.

NÓVOA, A. A modernização das universidades: memórias contra o tempo. Revista Portuguesa de Educação, vol.31, número Especial, out. 2018. Disponível em: http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0871-91872018000200003. Acesso em agosto/2019.

NÓVOA, A. O futuro da universidade: o maior risco é não arriscar. Revista Contemporânea de Educação, v. 14, n. 29, jan/abr. 2019.

RUZ, S. P. da S.; RAMOS, N. B.; SILVA, K. A. C. P. C. da. Concepções de polivalência e professor polivalente: uma análise historico‐legal. Revista Histedbr Online, Campinas, v.17, n.4 [74], p.118614, out./dez.2017. Disponível em; https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/ view/8645863/17403. Acesso em agosto/2019.

SCHÖN, D. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA, A. Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992.

SOARES, S. R.; CUNHA, M. I. da. Programas de pós-graduação em educação: lugar de formação da docência universitária? Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília, v.7, n.14, dez.2010.

SORDI, M. R. L. de. Docência no Ensino Superior: interpelando os sentidos e desafios dos espaços institucionais de formação. Educar em Revista, Curitiba, v. 35, n. 75, mai./jun. 2019. Disponível em: http:// www.scielo.br/pdf/er/v35n75/1984-0411-er-35-75-0135.pdf. Acesso em agosto/2019.

VASCONCELLOS, M. M. M.; SORDI, M. R. L. de. Formar professores universitários: tarefa (im)possível? Interface, 20 (57), Abr/Jun. 2016. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1807-57622015.0450 https://www. scielosp.org/pdf/icse/2016.v20n57/403-414/pt. Acesso em agosto/2019.