A Influência dos Programas de Incentivos na Percepção de Risco dos Executivos Outros Idiomas

ID:
60449
Resumo:
O equilíbrio entre remuneração dos executivos e valor agregado é um desafio constante para as organizações, além de ser uma chave importante para minimizar os problemas de agência. Este estudo tem como objetivo avaliar a relação entre a variabilidade do prazo de pagamento e remuneração e a percepção de risco dos executivos, bem como sua motivação para agregar valor, usando a Teoria da Agência e a literatura sobre remuneração de executivos como referências para o estudo. Foram aplicados métodos quantitativos, coletando dados primários de 121 executivos brasileiros que responderam a uma pesquisa sobre os modelos de programas de remuneração de sua empresa e sua percepção de risco. Os resultados do estudo mostraram que a percepção de risco dos executivos, bem como sua motivação para agregar valor, têm relação estatisticamente significativa com o nível de variabilidade da remuneração. Também foi encontrada relação estatisticamente significante entre características individuais, como idade e tempo de trabalho na organização e percepção de risco do executivo.
Citação ABNT:
CEDRAZ FILHO, E. L.; HELAL, D. H.; ARAÚJO, M. A. V.; TUNICO, F. R. L. The Influence of Incentive Programs on Executives’ Risk Perception. BASE - Revista de Administração e Contabilidade da UNISINOS, v. 17, n. 4, p. 634-663, 2020.
Citação APA:
Cedraz Filho, E. L., Helal, D. H., Araújo, M. A. V., & Tunico, F. R. L. (2020). The Influence of Incentive Programs on Executives’ Risk Perception. BASE - Revista de Administração e Contabilidade da UNISINOS, 17(4), 634-663.
DOI:
10.4013/base.2020.174.05
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/60449/a-influencia-dos-programas-de-incentivos-na-percepcao-de-risco-dos-executivos/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Inglês