A Inteligência Emocional e Social Auxiliando o Líder A Atuar no Ciclo de Sucesso nas Organizações de Serviço Outros Idiomas

ID:
60744
Resumo:
As inteligências emocional e social têm sido muito abordadas no âmbito empresarial, destacando a necessidade de os líderes desenvolverem-nas, por serem eles as peças-chave para o ciclo de sucesso das organizações de serviço. Nessa direção, este artigo, baseado em pesquisas bibliográficas, em que foram explorados os componentes das inteligências emocional e social com foco no líder, pesquisando em periódicos científicos, sites e livros, sobretudo os de Goleman, tem como objetivo verificar a possibilidade de correlacionar as práticas do ciclo de sucesso das organizações de serviço com os componentes das inteligências emocional e social que o líder deve desenvolver. Ainda que haja muitas fontes de pesquisa sobre os temas desenvolvidos, nenhuma faz a correlação entre eles, o que evidencia a contribuição deste estudo com a academia. Os resultados revelaram que é possível correlacionar as práticas do ciclo de sucesso com as inteligências emocional e social que o líder deve desenvolver. Nessa perspectiva, este ensaio pode ser um guia de grande auxílio para a tomada de decisão dos líderes, colaborando assim com a sociedade.
Citação ABNT:
CAMPOS, G. S.; MASSI, M. L. G. A Inteligência Emocional e Social Auxiliando o Líder A Atuar no Ciclo de Sucesso nas Organizações de Serviço. Revista ENIAC Pesquisa, v. 9, n. 2, p. 331-344, 2020.
Citação APA:
Campos, G. S., & Massi, M. L. G. (2020). A Inteligência Emocional e Social Auxiliando o Líder A Atuar no Ciclo de Sucesso nas Organizações de Serviço. Revista ENIAC Pesquisa, 9(2), 331-344.
DOI:
https://doi.org/10.22567/rep.v9i2.684
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/60744/a-inteligencia-emocional-e-social-auxiliando-o-lider-a-atuar-no-ciclo-de-sucesso-nas-organizacoes-de-servico/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
BUARQUE, A. O mini dicionário da língua portuguesa (4 ed.). Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira S.A, 2001.

CHIAVENATO, I. Administração Geral e Pública (3 ed.). Editora Monale. Barueri, SP, 2012.

DRUCKER, P. Administrando para o Futuro: os anos 90 e a virada do século. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2001

DUTRA, J. S., DUTRA, T. A., DUTRA, G. A. Gestão de Pessoas: Realidade atual e desafios futuros. São Paulo: Atlas, 2017

FILHO, J. G. L., & GOES, G. A. Liderança para gestão de pessoas: O líder que as empresas procuram (2001). Disponível em http://www.convibra.org/upload/paper/2013/34/2013_34_7682.pdf, acesso 02 Dez. 2018.

FONSECA, R. Conheça a definição de emoção. Segundo Rodrigo Fonseca. Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional (SBIE) (2017). Disponível em http://www.sbie.com.br/blog/conheca-definicao-de-emocao/ acesso 04 de Nov. 2018

GARCIA, O. M. Comunicação em prosa moderna: aprender a escrever, aprendendo a pensar (27a . ed.). Rio de Janeiro: Editora FGV, 2010

GOLEMAN, D. Inteligência Emocional: A teoria revolucionária que redefine o que é ser inteligente. Editora Objetiva. Rio de Janeiro, 2012

GOLEMAN, D. Inteligência segundo Daniel Goleman. Portal da liderança. 2016. Disponível em https://www.portaldalideranca.pt/videos/4603-inteligencia-social-e-lideranca-segundo-daniel-goleman, acesso 02 de Set. 2018

GOLEMAN, D. Inteligência Social (recurso eletrônico): o poder das relações humanas. Tradução Ana Beatriz Rodrigues. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011

GOLEMAN, D. Liderança – A inteligência emocional na formação do líder de sucesso. Editora Objetiva. Rio de Janeiro, 2015

GOLEMAN, D. Liderança com a inteligência emocional. Mettodo (2012). Disponível em http://www.mettodo.com.br/pdf/Lideran%C3%A7a%20com%20a%20Intelig%C3%AAncia%20Emocional.pdf, acesso 13 de Mar. 2019.

LOVELOCK, C. ; WIRTZ, M. A. H. Marketing de serviços: pessoas, tecnologia e estratégia. (7 ed.). São Paulo: Pearson Prentice Hall. Tradução Sônia Midori Yamamoto, 2011

LUSSIER, R. N. ; ACHUA, C. F.. Leadership: theory, application, skill development (2. ed.). Austrália: Thomson, 2004

MACIEL, A. P. ; SOUZA, B. S. Liderança e inteligência emocional: Ferramentas de apoio ao modelo de excelência em gestão pública (2016), Disponivel em https://app.uff.br/riuff/bitstream/1/2207/1/Andreza%20Paiva-Benjamin%20S%C3%A1.pdf, acesso 04 de Nov. 2018

SBIE. Lotus inteligência emocional (2019). Disponível em https://lp.sbie.com.br/metodolotusie/?utm_source=google&utm_campaign=lotusie&utm_term=%2Btreinamento%20%2Binteligencia%20%2Bemocional&utm_medium=1t2&utm_content=&gclid=EAIaIQobChMIkfWJ7ZP94QIVjwuRCh0VzQZAEAAYAiAAEgL5RfD_BwE , acesso 30 de abr. 2019

SILVA, E.W. da. Inteligência emocional e sua importância nas lideranças e no trabalho. XII Congresso Nacional de Excelência em Gestão, 29 e 30 setembro de 2016. Rio de Janeiro, RJ, 2016

WEISINGER, H. Inteligência Emocional no Trabalho (12 ed.). Rio de Janeiro: Objetiva, 1997

ZONIS. M. O que acontece na empresa quando o líder não sabe comandar. Revista exame (2016). Disponícel em https://exame.abril.com.br/pme/o-que-acontece-na-empresa-quando-o-lider-nao-sabe-comandar/ , acesso 13 de Mar. de 2019.