Inovação e Gestão Pública: Uma Análise da Produção Científica Internacional Outros Idiomas

ID:
60899
Resumo:
Diversos desafios têm levado as organizações na esfera da administração pública a inovar na prestação de seus serviços e na gestão de seus processos. Neste contexto, o objetivo do presente trabalho foi realizar um mapeamento da produção científica internacional sobre inovação e gestão pública por meio de um estudo bibliométrico. Para atingir tal objetivo, foi levantada e uma base de análise de 673 artigos. Os resultados mostraram a consolidação da produção científica no campo nos últimos anos, além de confirmar os pressupostos das leis bibliométricas de Lotke e Bradford, ao se observar uma concentração desproporcional desta produção em alguns autores e periódicos, respectivamente. Ademais, a visualização e a análise de redes bibliométricas permitiram identificar as principais temáticas de pesquisas no campo. Algumas limitações e sugestões de pesquisas futuras são discutidas para o desenvolvimento dos estudos no campo.
Citação ABNT:
LIMA, S. H. O.; CÂNDIDO, L. F.; IBIAPINA, I.; LEOCADIO, ?. L. Inovação e Gestão Pública: Uma Análise da Produção Científica Internacional. Revista Organizações em Contexto, v. 16, n. 32, p. 77-94, 2020.
Citação APA:
Lima, S. H. O., Cândido, L. F., Ibiapina, I., & Leocadio, ?. L. (2020). Inovação e Gestão Pública: Uma Análise da Produção Científica Internacional. Revista Organizações em Contexto, 16(32), 77-94.
DOI:
https://doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v16n32p77-94
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/60899/inovacao-e-gestao-publica--uma-analise-da-producao-cientifica-internacional/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
AGGER, A.; SØRENSEN, E. Managing collaborative innovation in public bureaucracies. Planning Theory, v. 17, n. 1, p. 53-73, 2018.

ALVARADO, R.U. A produtividade dos autores sobre a lei de Lotka. Ciência da Informação, v. 37, n. 2, p. 87-102, 2008.

ARUNDEL, A.; BLOCH, C.; FERGUSON, B. Advancing innovation in the public sector: Aligning innovation measurement with policy goals. Research Policy, v. 48, n.3, p. 789-798, 2019.

AXELSON, M.; NETZ, J.; SANDSTRÖM, C. Collective action problems in public sector innovation: A business model perspective. Creativity and Innovation Management, v.26, n. 4, p. 370–378, 2017.

BARTON CUNNINGHAM, J.; KEMPLING, J.S. Implementing change in public sector organizations. Management Decision, v. 47, n. 2, p. 330-344, 2009.

BOSSERT, T. Analyzing the decentralization of health systems in developing countries: Decision space, innovation and performance. Social Sciences & Medicine, v.47, n. 10, p. 1513-1527, 1998.

BRANDÃO, S.; BRUNO-FARIA, M. Inovação no setor público: Análise da produção científica em periódicos nacionais e internacionais da área de administração. Revista de Administração Pública, v. 47, n.1, p. 227-248, 2013.

BUFREM, L.; PRATES, Y. O saber científico registrado e as práticas de mensuração da informação. Ciência da Informação, v.34, n.2, p. 9-25, 2005.

COSTA SANTOS, M.J.V. Correspondência científica de Bertha Lutz: um estudo de aplicação da lei de Zipf e ponto de transição de Goffman em um arquivo pessoal. Ponto de Acesso, v.3, n. 3, p. 317-326, 2009.

DE VRIES, H.; TUMMERS, L.; BEKKERS, V. The diffusion and adoption of public sector innovations: A meta-synthesis of the literature. Perspectives on Public Management and Governance, v. 1, n. 3, p. 159-176, 2018.

DEMIRCIOGLU, M.A. The effects of empowerment practices on perceived barriers to innovation: Evidence from public organizations. International Journal of Public Administration, v.41, n. 15, p. 1302-1313, 2018.

FASSAUER, G.; SCHIRMER, F. Professionals as an implementation barrier to change in public organisations: Political and identity perspectives. International Journal of Leadership in Public Services, v. 4, n. 4, p. 11-23, 2008.

FERREIRA, F.; DE LIMA, S.; GOMES, A.; MELLO, G. Governança Corporativa: um estudo bibliométrico da produção científica entre 2010 a 2016. Organizações em contexto, v. 15, n. 29, p. 323-342, 2019.

HOOD, C. A public management for all seasons? Public Administration, v.69, n.1, p. 3-19, 1991.

KESSLER, M.M. Bibliographic coupling between scientific papers. Journal of the Association for Information Science and Technology, v. 14, n. 1, p. 10-25, 1963.

LIMA, D.H.; VARGAS, E.R. Estudos internacionais sobre inovação no setor público: como a teoria da inovação em serviços pode contribuir? Revista de Administração Pública, v. 46, n.2, p, 385-401, 2012.

MACHADO JUNIOR, C., SOUZA, M.T.S., PARISOTTO, I.S., & PALMISANO, A. As leis da bibliometria em diferentes bases de dados científicos. Revista de Ciências da Administração, v. 18, n. 44, p. 111-123, 2016.

OSBORNE, S.P.; BROWN, L. Innovation, public policy and public services delivery in the UK: The word that would be king? Public Administration, v. 89, n.4, p. 1335-1350, 2011.

PEREIRA, C. S. T.; VIEIRA, A. M.; DAMIÃO, W. S. Dimensões da Inovação na Pós-Graduação: Papéis e Significados. Revista Organizações em Contexto, v. 14, n. 27, p. 211-234, 2018.

ROCHA, A. F. R.; SANTOS, I. C. D.; VIEIRA, A. M. Semi-open Innovation: an Approach to the Innovation Typology. Future Studies Research Journal: Trends and Strategies, v. 10, n. 1, p. 55-81, 2018.

RUEDIGER, M.A. The rise and fall of Brazil’s public security program: PRONASCI. Police Practice and Research, v. 14, n. 4, p. 280–294, 2013.

SERDYUKOV, P. Innovation in education: What works, what doesn’t, and what to do about it? Journal of Research in Innovative Teaching & Learning, v. 10, n.1, p. 4–33, 2017.

SMALL, H. Co-citation in the scientific literature: a new measure of the relationship between two documents. Journal of the American Society for Information Science, v. 24, n.4, p. 265–269, 1973.

SMITH, G.; SOCHOR, J.; KARLSSON, I.C.M. Public–private innovation: Barriers in the case of mobility as a service in West Sweden. Public Management Review, v. 21, n.1, p. 116-137, 2018.

VAN ECK, N.; WALTMAN, L. Visualizing bibliometric networks, in Ding, Y., Rousseau, R. e Wolfram D. (Orgs.), Measuring scholarly impact: methods and practice, Springer, New York, NY, p. 285-320, 2014.

VANTI, N.A.P. Da bibliometria à webometria: uma exploração conceitual dos mecanismos utilizados para medir o registro da informação e a difusão do conhecimento. Ciência da Informação, v. 31, n. 2, p. 152-162, 2002.

VOLACU, A. Justice, efficiency, and the new public management. Australian Journal of Public Administration, v. 77, n. 3, p. 404-414, 2017.