Desempenho da Aquisição Corporativa entre Empresas Brasileiras Familiares e não Familiares de Capital Aberto Outros Idiomas

ID:
61091
Resumo:
Objetivo: Este estudo objetiva verificar se as aquisições realizadas por empresas familiares geram melhor desempenho do que aquelas realizadas por empresas não familiares listadas na B3 no período entre 2009 e 2016. Método: As informações necessárias foram coletadas na base de dados da Thomson Reuters Eikon e no site da B3, e a classificação das empresas em familiares ou não familiares foi feita por meio da abordagem de componente de envolvimento da família no controle, na propriedade e na gestão da empresa e da abordagem de identidade organizacional. Regressões múltiplas com dados empilhados foram estimadas para a amostra de 244 aquisições (86 empresas). Resultados: Os resultados indicaram que as empresas brasileiras familiares apresentam, em média, desempenho superior dos eventos de aquisições corporativas em relação às empresas brasileiras não familiares. Os achados são consistentes com a Teoria da Agência, que diz que o distanciamento entre a propriedade e o controle resulta em conflitos de agência e assimetria informacional, problemas que oferecem maiores oportunidades de expropriação dos acionistas por parte dos gestores. Assim, visto que nas empresas familiares esse distanciamento é menor, pois a propriedade e a gestão tendem a coincidir, os conflitos de agência e a assimetria informacional entre principal-agente ocorrem com menor intensidade nas empresas familiares em comparação às empresas não familiares. Contribuições: As evidências empíricas permitem reflexões, tanto aos acionistas quanto aos executivos, sobre o uso da estratégia de aquisição corporativa, além de instigar novos mecanismos de controle e monitoramento por parte dos acionistas sobre a tomada de decisão dos gestores.
Citação ABNT:
OLIVEIRA, R. M.; PIMENTA, D. P.; FERREIRA, M. P.; RIBEIRO, A. M. Desempenho da Aquisição Corporativa entre Empresas Brasileiras Familiares e não Familiares de Capital Aberto. Advances in Scientific and Applied Accounting, v. 13, n. 3, p. 125-146, 2020.
Citação APA:
Oliveira, R. M., Pimenta, D. P., Ferreira, M. P., & Ribeiro, A. M. (2020). Desempenho da Aquisição Corporativa entre Empresas Brasileiras Familiares e não Familiares de Capital Aberto. Advances in Scientific and Applied Accounting, 13(3), 125-146.
DOI:
http://dx.doi.org/10.14392/asaa.2020130307
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/61091/desempenho-da-aquisicao-corporativa-entre-empresas-brasileiras-familiares-e-nao-familiares-de-capital-aberto/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português