Da Vassoura de Bruxa à fazenda de chocolate: a reconversão produtiva no Sul da Bahia Outros Idiomas

ID:
61119
Resumo:
Com as diversas crises pelas quais passou, em especial após a iniciada no fim dos anos 80, a cacauicultura do sul da Bahia vem apresentando um cenário de reconversão produtiva. A antiga monocultura cacaueira, por longo período fonte de riquezas e responsável por subsidiar o alto padrão de vida das famílias produtoras do “fruto de ouro”, atingida fortemente pela entrada do fungo da “vassoura-de-bruxa” nas plantações, cedeu seu lugar de destaque nos indicadores econômicos nacionais e estaduais para o setor terciário, realçando-se o subsetor dos serviços, na microrregião Itabuna-Ilhéus. Este artigo visa a analisar se a atividade cacaueira ainda possui importância socioeconômica para o sul baiano, tomando-se por base as alternativas encontradas pelos produtores para o soerguimento e renovação da cultura, o que se chamou de reinvenção produtiva no pós-crise de 1989, confrontando-se e questionando o tão presente setor terciário na sustentação da economia regional. Metodologicamente, são analisados dados empíricos a respeito dos processos de importação/exportação e produção/beneficiamento do cacau, responsáveis por reflexos da cacauicultura na economia e dinâmica locorregionais, os quais ratificam a ainda significativa importância da lavoura cacaueira na região sul baiana
Citação ABNT:
CARVALHO, J. I. C.; SOARES NETO, H. F.; PINHEIRO, L. I. F. Da Vassoura de Bruxa à fazenda de chocolate: a reconversão produtiva no Sul da Bahia. Desenvolvimento em Questão, v. 18, n. 53, p. 245-265, 2020.
Citação APA:
Carvalho, J. I. C., Soares Neto, H. F., & Pinheiro, L. I. F. (2020). Da Vassoura de Bruxa à fazenda de chocolate: a reconversão produtiva no Sul da Bahia. Desenvolvimento em Questão, 18(53), 245-265.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/61119/da-vassoura-de-bruxa-a-fazenda-de-chocolate--a-reconversao-produtiva-no-sul-da-bahia/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ALMEIDA. Jackson Cordeiro de et al. Relatos das sagas do cacau no sul da Bahia – o outro lado da história: coronéis, o Estado e monocultura do cacau. Revista Eletrônica da Fainor, Vitória da Conquista: Fainor, v. 6, n. 2, p. 74-111, 2013. Disponível em: http://srv02.fainor.com.br/revista237/index.php/memorias/article/ view/234. Acesso em 20 maio 2018.

BRASIL. Balança comercial brasileira: Estados. Brasília: MDIC, 2018. Disponível em: http://www.mdic.gov. br/index.php/comercio-exterior/estatisticas-de-comercio-exterior/balanca-comercial-brasileira-unidades-da-federacao. Acesso em: 5 jul. 2018.

BRASIL. Cartilha do drawback integrado. Brasília: MDIC, 2016a. Disponível em: http://www.mdic.gov.br/ images/REPOSITORIO/secex/decex/CGEX/Cartilha-2016.pdf. Acesso em: 5 jul. 2018.

BRASIL. ComexStat. Brasília: MDIC, 2020. Disponível em: http://comexstat.mdic.gov.br/pt/municipio. Acesso em: 22 abr. 2020.

BRASIL. Dados do drawback suspensão e isenção junho 2016. Brasília: CGEX, 2016b. Disponível em: http:// www.mdic.gov.br/images/REPOSITORIO/secex/.../Relatrio-drawback---junho.pdf. Acesso em 5 jul. 2018.

CARNEIRO, Wendell Marcio Araújo et al. A agroindústria de alimentos derivados de cacau no Nordeste brasileiro. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 46., 2008, Rio Branco. Anais [...]. Rio Branco: Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural, 2008. p. 1-21. Disponível em: http://www.sober.org.br/palestra/9/636.pdf. Acesso em: 12 jun. 2018.

CARTIBANI, Moema; SILVA, Alecsandri Marcos da. Paridade de preços do cacau da região Sul da Bahia, período de 1975-2000. In: CONGRESSO BRASILEIRO DA SOBER, 39., 2001, Recife. Anais [...]. Recife: Sober, 2001. Disponível em: http://www.uesc.br/dcec/moema1.doc. Acesso em: 30 jun. 2018.

COOPERATIVA DOS PRODUTORES ORGÂNICOS DO SUL DA BAHIA – Cabruca. A cooperativa. Disponível em: https://www.cabruca.com.br/a-cooperativa. Acesso em: 12 jun. 2018.

FALCÓN, Gustavo Aryocara de Oliveira. Os coronéis do cacau: raízes de mandonismo político em Ilhéus 1890-1930. 1983. 153 f. Disponível em: https://pt.scribd.com/document/324153462/Os-Coroneis-Do-Cacau. Acesso em: 20 maio 2018.

FONTES, Maria Josefina Vervloet. Do cacau ao chocolate: trajetória, inovações e perspectivas das micro e pequenas agroindústrias de cacau/chocolate. 2013. 216 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade) – Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. 2013. Disponível em: http://nbcgib.uesc.br/cicacau/arquivos/producao_tecnico_ cientifica/tese-de-doutorado.pdf. Acesso em: 12 jun. 2018.

G1 BAHIA. Afetada pela seca, indústria de chocolate importa cacau da África para produção no sul da BA. TV Santa Cruz. 2017. Disponível em: https://g1.globo.com/bahia/noticia/afetada-pela-seca-industria-de-chocolate-importa-cacau-da-africa-para-producao-no-sul-da-ba.ghtml . Acesso em: 6 jul. 2018.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Em janeiro, IBGE prevê safra de 6,0% inferior à de 2017. Brasília, 10 abr. 2018. Estatísticas Econômicas. Disponível em: https://agenciadenoticias.ibge.gov. br/agencia-noticias/2013-agencia-de-noticias/releases/19942-em-janeiro-ibge-preve-safra-6-0-inferior-a-de-2017.html. Acesso em: 6 jul. 2018.

ITABUNA. Anuário Estatístico de Itabuna: base de dados 2013-2016. Itabuna: PMI/Uesc, 2017. Disponível em: http://www.itabuna.ba.gov.br/download/anuario_Itabuna_2016.pdf. Acesso em: 25 maio 2018.

LAMBERTI, Felippo. Economic History of Cocoa in Southern Bahia Its role on economy, society and culture. 2017. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/19259. Acesso em: 20 maio 2018.

LOBÃO, Dan Erico Petit. Manual do cacau cabruca sistema agrossilviculturaltropical. Ilhéus: Ceplac, 2018. Disponível em: http://conservacaoprodutiva.com.br/wp-content/.../MANUAL_DO_CACAU_CABRUCA. pdf. Acesso em: 10 jun. 2018.

MARINHO, Pedro Lopes. Exportação de cacau, crescimento e desenvolvimento regional no sul da Bahia (1965-1980). Economia, Curitiba: UFPR, v. 28-29 (26-27), p. 7-25, 2003. Disponível em: http:// https:// revistas.ufpr.br/economia/article/view/1992/1653. Acesso em: 30 jun. 2018.

MERCADO DO CACAU. Clima prejudica produção de cacau no Sul da Bahia. Itabuna. 28 jul. 2017b. Artigo. Disponível em: http://mercadodocacau.com/artigo/clima-prejudica-producao-de-cacau-no-sul-da-bahia. Acesso em: 8 jul. 2018.

MERCADO DO CACAU. Moagem de cacau é a pior em sete anos. Itabuna, 9 fev. 2017a. Artigo. Disponível em: http://mercadodocacau.com/artigo/moagem-de-cacau-e-a-pior-em-sete-anos. Acesso em: 4 jul. 2018.

MIRA, Elson Cedro. Controvérsia sobre a economia do Sul da Bahia: uma análise evolutiva do desenvolvimento humano a partir da crise do cacau nos anos 1980. In: SEMANA DO ECONOMISTA, 4., 2014, Ilhéus: Uesc, 2014. p. 1-18. Disponível em: http://www.uesc.br/eventos/ivsemeconomista/anais/gt1-4.pdf. Acesso em: 25 maio 2018.

MIRA, Elson Cedro. Mudança institucional e reconversão produtiva no sul da Bahia. 2013. 215 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade) – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, 2013. Disponível em: https://pt.scribd. com/document/347324599/Mudanca-Institucional-e-Reconversao-Produtiva-No-Sul-Da-Bahia. Acesso em: 25 maio 2018.

PEDROZO, Soraia. Cacau clonado pode recuperar a lavoura da Bahia. Diário do Grande ABC, Santo André, 26 ago. 1999. Economia. Disponível em: http://www.dgabc.com.br/(X(1)S(sqeevmfeej4le05lhsv1wb4u))/ Noticia/276478/cacau-clonado-pode-recuperar-lavoura-na-bahia. Acesso em: 9 jun. 2018.

PEREIRA, José Marques. Programa de pesquisas da CEPLAC – 2018. Ilhéus: Ceplac, 2018. Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/assuntos/.../2018/.../diretrizes-de-pesquisa-jose-marques.pdf. Acesso em: 10 jun. 2018.

PIROLA, Talita Penido de Britto; GOMES, Andrea da Silva; PIRES, Mônica de Moura. Análise dos sistemas de produção com cacau mais representativos no sul da Bahia. GT 5 – Desarrollo rural, globalización y crisis. Disponível em: http://actacientifica.servicioit.cl/biblioteca/gt/GT5/GT5_PenidodaSilvadeMoura.pdf. Acesso em: 5 jul. 2018.

RANGEL, Maria Cristina; TONELLA, Celene. A crise da região cacaueira do sul da Bahia/Brasil e a reconstrução da identidade dos cacauicultores em contexto de adversidades. Geoingá, Maringá: UEM, v. 5, n. 1, p. 77-101, 2013. Disponível em: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/Geoinga/article/view/20527 Acesso em: 20 maio 2018.

RITA, Luciana Matos Santana. Dinâmica da rentabilidade da cacauicultura orgânica na região sul da Bahia. 2009. 111 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente) – Universidade Estadual de Santa Cruz, Ilhéus, 2009. Disponível em: http://www.biblioteca.uesc.br/biblioteca/bdtd/200760080d.pdf. Acesso em: 10 jun. 2018.

ROCHA, Lurdes Bertol. A região cacaueira da Bahia – dos coronéis à vassoura-de-bruxa: saga, percepção, representação. Ilhéus: Editus, 2008. 258 p. Disponível em: http://www.uesc.br/editora/livrosdigitais/a_ regiao_cacaueira_da_bahia.pdf. Acesso em: 25 maio 2018.

ROCHA, Lurdes Bertol. O cacau na literatura regional do sul da Bahia: ícone de diferenças socioespaciais. Geograficidade, Rio de Janeiro: UFF, v. 1, n. 1, 2011. Disponível em: http://www.uff.br›Capa›v.1,n.1(2011)›Rocha. Acesso em: 30 jun. 2018.

ROSÁRIO, Milton et al. Cacau: história e evolução no Brasil e no mundo. Ceplac: Ilhéus. 1978. 43p. Disponível em: http://www.ceplac.gov.br/paginas/publicacoes/paginas/historia_do_cacau/historia_do_cacau. asp. Acesso em: 20 maio 2018.

SANTOS, Almir Martins dos; SANTOS, Priscilla B. M. dos; SANTOS, Givago B. Martins dos. Mercado do cacau fino no brasil e no mundo. Ilhéus: Ceplac, p. 1-26. Disponível em: http://www.ceplac.gov.br/.../ MERCADO%20DE%20CACAU%20FINO%20NO%20BRASIL.... Acesso em: 11 jun. 2018a.

SANTOS, Almir Martins dos; SANTOS, Priscilla B. M. dos; SANTOS, Givago B. Martins dos. Potencialidades de mercado para o cacau fino. Ilhéus: Ceplac, p. 1-17. Disponível em: http://www.ceplac.gov.br/.../POTENCIALIDADES_DE_MERCADO_PARA_O_CACAU_FI.... Acesso em: 11 jun. 2018b.

SILVA, Adriana Ferreira et al. Cadeia produtiva do cacau e chocolate: perfil e desafios. In: CONGRESSO DA SOBER, 2015, João Pessoa. Anais [...]. João Pessoa: UFPB, 2015. p. 1-21. Disponível em: http://nbcgib. uesc.br/cicacau/cicacau_producao.php?cat=1&pg=3. Acesso em: 5 jul. 2018.

SILVANO, Rodrigo Vanderlei; PETRI, Sérgio Murilo. Drawback – compreensão do regime e seus benefícios. In: CONGRESSO DE CONTABILIDADE, 2015, Santa Catarina. Anais [...]. Santa Catarina: UFSC, 2015. p. 1-16. Disponível em: http://dvl.ccn.ufsc.br/congresso_internacional/anais/6CCF/62_15.pdf. Acesso em: 5 jul. 2018.

SODRÉ, George Andrade (ed.). Cultivo do cacaueiro no Estado da Bahia. Ilhéus: Mapa; Ceplac, 2017. Disponível em: http://www.ceplac.gov.br/paginas/publicacoes/paginas/cartilhas_tecnicas/.../CCEB.pdf. Acesso em: 10 jun. 2018.

UESC. Universidade Estadual de Santa Cruz. Boletim de Conjuntura Econômica e Social. Ilhéus. Departamento de Economia, n. 1, n. 4, n. 8, n. 12, 2015, 2016, 2017, 2018. Disponível em: http://caces.uesc.br/. Acesso em: 20 maio 2018.

VIEIRA, Cristina. Seca no sul e sudoeste da BA causa impacto na agricultura e na pecuária. Ilhéus. 1º jul. 2016. Artigo. Disponível em: http://g1.globo.com/economia/agronegocios/globo-rural/noticia/2016/07/ seca-no-sul-e-sudoeste-da-ba-causa-impacto-na-agricultura-e-na-pecuaria.html. Acesso em: 8 jul. 2018.

ZUGAIB, Antônio Cesar Costa. Análise da importação de cacau via drawback no Brasil e sua influência para os produtores, industriais e governo. Ilhéus: Ceplac, 2005. p. 1-35. Disponível em: http://www.ceplac.gov.br/radar/drawback.pdf. Acesso em: 9 jun. 2018.