Influência Familiar na Concepção dos Sistemas de Recompensas Outros Idiomas

ID:
61952
Resumo:
Este estudo analisa a influência familiar na concepção dos sistemas de recompensas de uma empresa familiar. A influência familiar foi analisada nas dimensões poder, experiência e cultura e os sistemas de recompensas nas formas monetária e não monetária. Um estudo de caso foi realizado em uma empresa industrial de baterias automotivas localizada no sudoeste do Paraná, no período anterior e posterior a transição na gestão da primeira para a segunda geração familiar. Os dados foram coletados por meio de entrevistas de gestores, documentos e observação em reuniões. Os resultados da pesquisa indicaram influência familiar na concepção dos sistemas de recompensas e que esses são utilizados para disseminar seus ideais na organização. Com o ingresso da segunda geração na gestão da empresa, mudanças foram percebidas no perfil da gestão e dos sistemas de recompensas, mas foi mantido o propósito de disseminar a ideologia da gestão familiar. Embora alguns indicadores revelem mudança sutil na gestão, observa-se que ela vem alterando a percepção de gestores chave da empresa. O estudo contribui para o conhecimento teórico-empírico de empresas familiares quanto à percepção da influência da família na concepção dos sistemas de recompensas e às mudanças na gestão com o ingresso da segunda geração familiar.
Citação ABNT:
NEZ, E.; BEUREN, I. M. Influência Familiar na Concepção dos Sistemas de Recompensas. Sociedade, Contabilidade e Gestão, v. 16, n. 1, p. 1-17, 2021.
Citação APA:
Nez, E., & Beuren, I. M. (2021). Influência Familiar na Concepção dos Sistemas de Recompensas. Sociedade, Contabilidade e Gestão, 16(1), 1-17.
DOI:
https://doi.org/10.21446/scg_ufrj.v0i0.31726
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/61952/influencia-familiar-na-concepcao-dos-sistemas-de-recompensas/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português