A Produção Orgânica no Brasil sob a Ótica do Desenvolvimento Sustentável Outros Idiomas

ID:
62173
Resumo:
Diante da temática socioambiental e o número crescente de consumidores preocupados com a qualidade dos alimentos, muitos países têm dedicado esforços em ações voltadas à produção orgânica para atendimento destas demandas. No Brasil, várias políticas públicas foram instituídas para fomentar e regulamentar a produção orgânica e agroecológica. Este estudo teve como objetivo analisar o impacto da Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (PNAPO) na produção orgânica e agroecológica no país, bem como sua contribuição para o desenvolvimento sustentável e para a agricultura familiar. Para tanto, buscou-se identificar os avanços ocorridos nessa área a partir da análise de dados do Censo Agropecuário dos anos de 2006 e 2017. Os resultados evidenciam que a PNAPO se propõe a atender às dimensões social, econômica e ambiental da sustentabilidade. A análise comparativa dos dados do Censo Agropecuário evidenciou, contudo, a redução do pessoal ocupado e do número de estabelecimentos que, atrelados ao aumento do uso de agrotóxicos, compactuam com estudos anteriores quanto aos desafios enfrentados pela agricultura familiar e às formas sustentáveis de produção. É inegável, no entanto, a contribuição da política, pois, mesmo ante as barreiras e pressões existentes, a produção orgânica apresentou crescimento ao longo do período.
Citação ABNT:
WEBER, J.; SILVA, T. N. A Produção Orgânica no Brasil sob a Ótica do Desenvolvimento Sustentável. Desenvolvimento em Questão, v. 19, n. 54, p. 164-184, 2021.
Citação APA:
Weber, J., & Silva, T. N. (2021). A Produção Orgânica no Brasil sob a Ótica do Desenvolvimento Sustentável. Desenvolvimento em Questão, 19(54), 164-184.
DOI:
http://dx.doi.org/10.21527/2237-6453.2020.54.164-184
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/62173/a-producao-organica-no-brasil-sob-a-otica-do-desenvolvimento-sustentavel/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português