Impactos nos Níveis de Eficiência no Hospital Universitário de Santa Maria: Antes e Após a Contratação da EBSERH Outros Idiomas

ID:
63592
Resumo:
Como estratégia para reestruturação, maior autonomia na administração dos recursos, legalização dos contratos de trabalho e aprimoramento do processo de gestão dos Hospitais Universitários Federais (HUFs) integrados ao Sistema Único de Saúde (SUS), foi criada, em 2011, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). Considerando que sua fundação objetivou sanar os problemas que originaram a crise nos HUFs, esta pesquisa propõe identificar as principais mudanças na gestão do Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM) após a contratação da EBSERH. Neste sentido, foi realizada uma pesquisa exploratória e descritiva, de natureza aplicada, com abordagem qualitativa-quantitativa, para aferição dos índices de eficiência técnica na gestão do HUSM antes e após a contratação. No contexto analisado, os resultados encontrados indicaram tendência de melhoria da eficiência técnica, principalmente pela equalização dos macroproblemas diagnosticados, como quadro de pessoal e infraestrutura física, tecnológica e de processos organizacionais.
Citação ABNT:
MAYER, A. P. C.; PAINES, A. T.; CORONEL, D. A.; RIBEIRO, J. O. M. Impactos nos Níveis de Eficiência no Hospital Universitário de Santa Maria: Antes e Após a Contratação da EBSERH . Revista de Gestão e Secretariado, v. 12, n. 2, p. 147-172, 2021.
Citação APA:
Mayer, A. P. C., Paines, A. T., Coronel, D. A., & Ribeiro, J. O. M. (2021). Impactos nos Níveis de Eficiência no Hospital Universitário de Santa Maria: Antes e Após a Contratação da EBSERH . Revista de Gestão e Secretariado, 12(2), 147-172.
DOI:
http://dx.doi.org/10.7769/gesec.v12i2.1197
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/63592/impactos-nos-niveis-de-eficiencia-no-hospital-universitario-de-santa-maria--antes-e-apos-a-contratacao-da-ebserh--/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Alcântara, C. M. (2009). Os princípios constitucionais da eficiência e da eficácia na administração pública. Constituição, Economia e Desenvolvimento: Revista da Academia Brasileira de Direito Constitucional, 1(Ago-Dez), 24-49. DOI: 10.24068/2177.8256.2009.1.1;24.49.

Almeida, M., Mariano, E., & Rebelatto, D. (2006). Ferramenta para calcular a eficiência: um procedimento para engenheiros de produção. Trabalho apresentado o XXXIV Congresso Brasileiro de Ensino de Engenharia. Passo Fundo, RS, Brasil.

Bandeira, D. (2000). Análise da eficiência relativa de departamentos acadêmicos: o caso da UFRGS. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Administração. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil.

Banker, R., Charnes, A., & Cooper, W. (1984). Some models for estimating technical and scale inefficiencies in data envelopment analysis. Management Science, 30(9), 1078-1092. DOI: https://doi.org/10.1287/mnsc.30.9.1078.

Barata, L. R. B., Mendes, J. D. V., & Bittar, O. J. N. V. (2010). Hospitais de ensino e o Sistema Único de Saúde. Revista de Administração em Saúde. 12(46). 7-14. Disponível em:

Berwig, A., & Jalil, L. (31 dez., 2007). O Princípio Constitucional da Eficiência na Administração Pública (versão eletrônica). Âmbito Jurídico Acesso e, 15 de fevereiro de 2020 de https://ambitojuridico.com.br/cadernos/direito-administrativo/o-principio-constitucional-da-eficiencia-na-administracao-publica/

Brasil (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Disponível em:

Brasil. (2010). Decreto n. 7.082, de 27/01/2010. Institui o Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais – REHUF, dispõe sobre o financiamento compartilhado dos hospitais entre as áreas da educação e da saúde e disciplina o regime da pactuação global com esses hospitais. Disponível em: Acesso em: 15 de fevereiro de 2020.

Brasil. (2015). Relatório de Gestão 2015. Disponível em: Acesso em: 05 de junho de 2016.

Charnes, A., Cooper, W., & Rhodes, E. (1978). Measuring the efficiency of decision making units. European Journal of Operational Research, 2(6), p. 429-444. DOI: https://doi.org/10.1016/0377-2217(78)90138-8.

Cooper, W., Seiford, L., & Tone, K. (2000). Data Envelopment Analysis: a comprehensive text with models, applications, references and DEA: Solver Software. Boston: Kluwer Academic Publishers.

Cunha, J. A. C., & Correa, H. L. (2013). Avaliação de desempenho organizacional: um estudo aplicado em hospitais filantrópicos. Revista de Administração de Empresas, 53(5), p. 485-499. DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-75902013000500006.

Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares. (2013). Contrato de Gestão Especial Gratuita n. 263/2013 entre a UFSM e a EBSERH. Disponível em: Acesso em: 14 de fevereiro de 2020.

Farrell, M. (1957). The measurement of produtive efficiency. Journal of the Royal Statistical Society, 120(3), p. 253-290. DOI: https://doi.org/10.2307/2343100.

Ferreira, C. M. C., & Gomes, A. P. (2009). Introdução à Análise Envoltória de Dados: Teoria, Modelos e Aplicações. Editora UFV, Viçosa.

Ferreira, M. P. (2009). Assistência à saúde nos departamentos regionais de saúde. Tese de Doutorado, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil.

Fitzsimmons, J., & Fitzsimmons, M. (2005). Administração de serviços: operações, estratégia e tecnologia da informação. 4. ed. Porto Alegre: Bookman.

Gomes, A. (1999). Impactos das transformações da produção de leite no número de produtores e requerimentos de mão-de-obra e capital. Tese de Doutorado, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG, Brasil.

Gonçalves, P. (2013). Reflexões sobre o estado regulador e o estado contratante. Coimbra Editora.

Lima, S., & Bressan, C. (2003). Mudança organizacional: uma introdução. In: LIMA. S. M. V. (Org). Mudança organizacional: teoria e gestão. FGV. p. 17-63.

Mariano, E. (2007). Conceitos básicos de análise de eficiência produtiva. Trabalho apresentado no XIV Simpósio de Engenharia de Produção. Bauru, SP.

Marinho, A., & Façanha, L. O. (2001). Hospitais universitários: avaliação comparativa de eficiência técnica. Rio de Janeiro, IPEA. 29p., jun. 2001 (Texto para discussão 805)

Motta, P. F., & Bresser Pereira, L. C. (1980). Introdução à organização burocrática. 4. ed. São Paulo: Brasiliense.

Motta, P. R. (2001). Desempenho em equipes de saúde: manual. Rio de Janeiro, FGV.

Nassuno, M. O (1999). controle social nas organizações sociais no Brasil. In Bresser Pereira, L., GRAU, N. (Org.). O público não-estatal na reforma do Estado. Rio de Janeiro: Ed. FGV, p. 335-361.

Oliveira, A de., & Pereira, D. (2009). Gestão econômica de sistemas de produção de bovinos leiteiros. Trabalho apresentado no I Simpósio Brasileiro de Agropecuária Sustentável. Viçosa, MG, Brasil.

Ozcan, Y. (1995). Efficiency of hospital service production in local markets: the balance sheet of U.S. medical armament. Socioeconomic Planning Sciences, 29(2), p. 139-150. DOI: https://doi.org/10.1016/0038-0121(95)00006-8

Pedraja, F., & Salinas, J. (2005). Es posible medir la eficiencia de los servicios públicos? Economistas, 105, p. 86-94. Disponível em:

Ramanathan, R. (2003). An introduction to data envelopment analysis: A tool for performance measurement. New Delhi: Sage Publications India Pvt Ltd.

Sant’ana, C., Silva, M., & Padilha, D. (2015). Avaliação da eficiência econômico-financeiro de hospitais utilizando a análise envoltória de dados. Contabilometria Brazilian Journal of Quantitative Methods Applied to Accounting, 3(1), p. 89-106. Disponível em:

Silva, L. C. de P., Muller, D. A., Sales, P. R. de S., Almeida, J. L. de, Barbosa, P. M. K., & Melo, S. M. C. B. de. (2013). O faturamento hospitalar: quem cuida conhece? Revista de Administração em Saúde, 15(60), p. 121-126. Disponível em:

Soares, J. C. (2014). Eficiência das instituições federais de ensino superior brasileiras: o caso da Universidade Federal de Santa Maria. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Administração. Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, Brasil.

Sodré, F., Littike, D., Drago, L. M. B., & Perim, M. C. M. (2013). Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares: um novo modelo de gestão? Serviço Social & Sociedade, 114 DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0101-66282013000200009

Souza, A. A. de, Silva, E. A. da, Tormin, B. F., Avelar, E. A, & Moreira, D. R. (2013). Análise financeira e de desempenho em hospitais públicos e filantrópicos brasileiros entre os anos de 2006 a 2011. Trabalho apresentado no XXXIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção. Salvador, BA, Brasil

Souza, P, & Wilhelm, V. (2009). Uma introdução aos modelos DEA de eficiência técnica. TUIUTI. Ciência e Cultura, 4(42), p. 141-150. Disponível em: .

Teixeira, E. (2016). a implantação da gestão compartilhada no Hospital Universitário da UFJF: a aderência do plano de reestruturação ao padrão legal satisfatório. Trabalho apresentado no XV Colóquio Internacional de Gestão Universitária. Mar del Plata, Argentina.

Toro, I. F. C. (2005). O papel dos hospitais universitários no SUS: avanços e retrocessos. Serviço Social & Saúde, 4(1), p. 55-60. DOI: 10.20396/sss.v4i1.8634978.

Tyagi, P., Yadav, S., & Singh, S. (2009). Relative performance of academic departments using DEA with sensitivity analysis. Evaluation and Program Planning, 32(2), p. 168-177. DOI: https://doi.org/10.1016/j.evalprogplan.2008.10.002.

Vergara, S. (2007). Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 9. ed. São Paulo: Atlas.