Implementação da Norma ISO 9001:2015 em uma Empresa de Assessoria Contábil, Jurídica e Administrativa Outros Idiomas

ID:
63862
Periódico:
Resumo:
A empresa que constitui foco deste estudo possui a certificação da norma ISO 9001 desde 2004, tendo sido escolhida para uma pesquisa aplicada devido às mudanças internas ocorridas durante o ano de 2016 e ao lançamento da atualização da referida norma em 2015. Além disso, este estudo foi motivado pela dificuldade de uma assessoria possuir e manter essa certificação e pela escassez de pesquisas sobre esse tema. Por isso, o objetivo deste artigo consiste em desenvolver modelos que sirvam como base para a aplicação das novas obrigações da norma ISO 9001:2015 em uma empresa de serviços, voltada para o ramo da assessoria contábil, jurídica e administrativa. Para tal, a pesquisa possui abordagem qualitativa, tendo sido viabilizada por meio de entrevistas pautadas em roteiro semiestruturado e aplicadas a funcionários de uma empresa do ramo privado, pertencente ao setor de serviços. O modelo proposto foi criado com base na realidade da empresa pesquisada, para que, dessa forma, possa auxiliar efetivamente no momento da implantação das novas regras, adaptando-se à prática executada no dia a dia da organização. Ademais, o modelo elaborado no estudo segue um padrão que permite sua adaptação a outras empresas de outros segmentos que procuram um método capaz de assessorar nas alterações necessárias ao atendimento da versão atualizada da ISO 9001.
Palavras-chave:
Citação ABNT:
MENDES, B. S.; FAORO, R. R.; MATTE, J.; MIRI, D. H.; CHAIS, C.; GANZER, P. P.; OLEA, P. M. Implementação da Norma ISO 9001:2015 em uma Empresa de Assessoria Contábil, Jurídica e Administrativa . Desafio Online, v. 9, n. 3, p. 546-567, 2021.
Citação APA:
Mendes, B. S., Faoro, R. R., Matte, J., Miri, D. H., Chais, C., Ganzer, P. P., & Olea, P. M. (2021). Implementação da Norma ISO 9001:2015 em uma Empresa de Assessoria Contábil, Jurídica e Administrativa . Desafio Online, 9(3), 546-567.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/63862/implementacao-da-norma-iso-9001-2015-em-uma-empresa-de-assessoria-contabil--juridica-e-administrativa-/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Al-Busaidi, K. Al., & Olfman, L. (2017). Knowledge sharing through inter-organizational knowledge sharing systems. VINE Journal of Information and Knowledge Management Systems, 47(1), 110-136.

Bakotić, D., Rogošić, A. (2017). Employee involvement as a key determinant of core quality management practices. Total Quality Management & Business Excellence, 28(11-12), 1209-1226.

Bardin, L. (2011). Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70.

Barros, A. J. S., & Lehfeld, N. A. S. (2007). Fudamentos da Metodologia Científica. 3º ed. São Paulo: Pearson Prenhce Hall, 84.

Carpinetti, L. C. R. (2016). Gestão da qualidade: conceitos e técnicas. Atlas.

Casolani, N., Liberatore, L., & Psomas, E. (2018). Implementation of quality management system with ISO 22000 in food Italian companies. Calitatea, 19(165), 125-131.

Chiarini, A. (2016). Strategies for improving performance in the Italian local government organizations: Can ISO 9001 really help? International Journal of Quality & Reliability Management, 33(3), 344-360.

Creswell, J. W. (2007). Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. Artmed.

Dellana, S., & Kros, J. (2018). ISO 9001 and supply chain quality in the USA. International Journal of Productivity and Performance Management, 67(2), 297-317.

Fonseca, L. M. (2015). ISO 9001 quality management systems through the lens of organizational culture. Calitatea, 16(148), 54.

Franceschini, F., Galetto, M., & Mastrogiacomo, L. (2018). ISO 9001 certification and failure risk: any relationship? Total Quality Management & Business Excellence, 29(11-12), 1279-1293.

Jenčo, M., & Lysá, Ľ. (2018). Evaluation of a Work Team Strategy by using the SWOT Analysis. Quality-Access to Success, 19(165), 39-42.

Lenning, J. (2018). Auditoria de processos exploratórios. Total Quality Management & Business Excellence, 29(9-10), 1185-1199.

Liu, N. C., & Liu, W. C. (2014). The effects of quality management practices on employees' well-being. Total Quality Management & Business Excellence, 25(11-12), 1247-1261.

Lobo, S. R., Samaranayake, P., & Laosirihongthong, T. (2018). Quality management capabilities of manufacturing industries in the Western Sydney region. International Journal of Quality & Reliability Management, 35(6), 1232-1252.

Mirzaee, S., & Ghaffari, A. (2018). Investigating the impact of information systems on knowledge sharing. Journal of Knowledge Management, 22(3), 501-520.

Murmura, F., & Bravi, L. (2018) Exploring customers’ perceptions about quality Management Systems: an empirical study in Italy. Total Quality Management & Business Excellence, 29(11-12), 1466-1481.

Paladini, E. P. (2012). Gestão da qualidade: teoria e prática. Atlas.

Pereira, J. A., Graciano, D. A., & Verri, R. A. (2016). O processo de preparação para a implantação de um sistema de gestão da qualidade: estudo das dificuldades na ótica do pessoal do setor de gestão da qualidade. Revista Gestão da Produção Operações e Sistemas, 11(4), 61-81.

Popova, L. F., Yashina, M. N., Bocharova, S. V., & Cherkashnev, R. Y. (2018). Development of Methodology of Identification of the Quality Management System Processes. Calitatea, 19(164), 43-47.

Prado-Roman, C., Del Castillo-Peces, C., Mercado-Idoeta, C., & Del Castillo-Peces, J. (2018). The effects of implementing ISO 9001 in the Spanish construction industry. Cuadernos de Gestión, 18(1), 149-171.

Preto, M. S. G. M. P. R. (2016). Proposta de processos de gestão de recursos humanos para cumprimento da norma ISO 9001. Dissertação de Mestrado, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.

Putri, N. T., Yusof, S. M., Hasan, A., & Darma, H. S. (2017). A structural equation model for evaluating the relationship between total quality management and employees’ productivity. International Journal of Quality & Reliability Management, 34(8), 1138-1151.

Sedighi, M., Lukosch, S., Brazier, F., Hamedi, M., & van Beers, C. (2018). Multi-level knowledge sharing: the role of perceived benefits in different visibility levels of knowledge exchange. Journal of Knowledge Management.

Silva, R., & Barbosa, A. (2016). Gestão da Qualidade Principais Marcos e como Influenciaram as Empresas. Revista De Engenharia e Pesquisa Aplicada, 1(1).

Toledo, J. C., Aires, M. Á. B., & Coser, R. M. (2013). Qualidade: gestão e métodos. Grupo Gen-LTC.

Wilson, J. P., Campbell, L. (2016). Developing a knowledge management policy for ISO 9001: 2015. Journal of Knowledge Management, 20(4), 829-844.

Yin, R. K. (2015). Estudo de caso: planejamento e métodos. Bookman.

Yuen, K. F., & Thai, V. (2017). Service quality appraisal: a study of interactions. Total Quality Management & Business Excellence, 28(7-8), 730-745.

Zaim, H., Keceli, Y., Jaradat, A., & Kastrati, S. (2018). The effects of knowledge management processes on human resource management: Mediating role of knowledge utilization. Journal of Science and Technology Policy Management. 9(3), 310-328.