Análise dos efeitos da COVID-19 nos resíduos sólidos domiciliares coletados em 22 capitais brasileiras Outros Idiomas

ID:
65070
Resumo:
Objetivo: O objetivo principal foi analisar os efeitos da COVID-19 nos resíduos sólidos domiciliares coletados em 22 capitais brasileiras. Metodologia: Abordagem descritiva, incluindo a seleção de capitais brasileiras e análise de dados de resíduos sólidos domiciliares (RSD) por revisão bibliográfica e consulta a plataformas institucionais em meio digital, no início da pandemia. Relevância: A pandemia exigiu adaptações dos administradores locais e o estabelecimento de protocolos norteadores à prevenção do vírus, o que desencadeou adaptações emergenciais nas operações diárias da coleta de RSD, especialmente nas capitais brasileiras. Resultados: No período analisado, as capitais com o maior número de casos acumulados de COVID19 foram São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro. Considerando as 22 capitais analisadas, três possuem planos de contingência à COVID-19 para resíduos sólidos e, 16 delas apresentam diretrizes complementares à gestão de resíduos sólidos. Houve redução dos resíduos sólidos domiciliares coletados em abril e maio de 2020, logo após a disseminação do vírus no país. Contribuições: As principais contribuições foram a descrição quantitativa de RSD coletados em capitais brasileiras, a identificação de procedimentos adotados no período analisado e, um conjunto de iniciativas preliminares para melhoria da gestão pública no setor. Conclusão: O surto pandêmico à COVID-19 gerou adaptações emergenciais na coleta de resíduos sólidos domiciliares e ausência de divulgação de dados, mesmo após um ano de pandemia nas capitais brasileiras. Neste campo, as iniciativas propostas têm a capacidade de mobilizar os municípios à sustentabilidade e resiliência no pós-pandemia.
Citação ABNT:
PROTASIO, J. R.; MORAIS, M. S.; VENTURA, K. S. Análise dos efeitos da COVID-19 nos resíduos sólidos domiciliares coletados em 22 capitais brasileiras. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, v. 10, n. 1, p. 1-23, 2021.
Citação APA:
Protasio, J. R., Morais, M. S., & Ventura, K. S. (2021). Análise dos efeitos da COVID-19 nos resíduos sólidos domiciliares coletados em 22 capitais brasileiras. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, 10(1), 1-23.
DOI:
https://doi.org/10.5585/geas.v10i1.19698
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/65070/analise-dos-efeitos-da-covid-19-nos-residuos-solidos-domiciliares-coletados-em-22-capitais-brasileiras/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português