Intangibilidade e criação de valor em aquisições: o papel moderador do endividamento Outros Idiomas

ID:
6824
Resumo:
Estudos anteriores sobre a criação de valor em aquisições mostram que, na média, os acionistas de empresas adquirentes obtêm retornos nulos ou até negativos, em contraste com os retornos positivos dos acionistas das empresas-alvo. As variações em torno dessa média de retornos são, entretanto, muito grandes e estudos recentes sugerem que a intangibilidade possa ser um fator importante para explicar essa heterogeneidade. Neste artigo, tem-se por objetivo analisar a influência da intangibilidade e, estendendo-se a estudos anteriores, também do papel moderador do endividamento sobre a criação de valor para as empresas adquirentes nos eventos de aquisição. Esse objetivo é perseguido por meio da aplicação do método de estudo de eventos seguido por análises de regressão múltipla. Os resultados mostram que a variável de interação entre intangibilidade e endividamento apresenta uma relação negativa e significante com a criação de valor. Esse resultado rejeita o papel do endividamento como instrumento disciplinador contra os conflitos de agência, mas reforça a importância da folga financeira para a criação de valor nas aquisições promovidas por empresas intangível-intensivas.
Citação ABNT:
KAYO, E. K.; PATROCÍNIO, M. R.; MARTIN, D. M. L. Intangibilidade e criação de valor em aquisições: o papel moderador do endividamento. Revista de Administração, v. 44, n. 1, art. 5, p. 59-69, 2009.
Citação APA:
Kayo, E. K., Patrocínio, M. R., & Martin, D. M. L. (2009). Intangibilidade e criação de valor em aquisições: o papel moderador do endividamento. Revista de Administração, 44(1), 59-69.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/6824/intangibilidade-e-criacao-de-valor-em-aquisicoes--o-papel-moderador-do-endividamento/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português