Explicações para a divulgação voluntária ambiental no Brasil utilizando a análise de regressão em painel Outros Idiomas

ID:
7551
Resumo:
O objetivo no estudo aqui apresentado foi identificar os fatores que determinam a divulgação voluntária ambiental pelas empresas brasileiras potencialmente poluidoras. Para tanto, foram analisadas as Demonstrações Financeiras Padronizadas (DFPs) e os Relatórios de Sustentabilidade (RS) do período de 2005 a 2007 das empresas abertas com ações listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) e pertencentes a setores de alto impacto ambiental, que compreendem extração e tratamento de minerais; metalúrgico; químico; papel e celulose; indústria de couros e peles; transporte, terminais, depósitos e comércio (de combustíveis, derivados de petróleo e produtos químicos). Com o intuito de explicar a evidenciação ambiental divulgada pelas empresas investigadas, foram formuladas sete hipóteses testadas a partir de instrumentos de análise estatística. Essas hipóteses referem-se a fatores individuais das empresas, que englobam tamanho, rentabilidade, endividamento, empresa de auditoria, sustentabilidade, internacionalização e publicação do RS. Os resultados mostram que, nos três anos analisados, as 57 empresas que compõem a amostra do estudo evidenciaram um total de 6.182 sentenças ambientais, 73% delas divulgadas nos RS e 27% nas DFPs. A análise de regressão em painel demonstrou que as variáveis tamanho da empresa, empresa de auditoria, sustentabilidade e publicação do RS são relevantes a um nível de significância de 5% para a explicação do disclosure voluntário de informações ambientais. Concluiu-se que os achados da pesquisa corroboram a teoria positiva da contabilidade, e parcialmente a teoria da legitimidade.
Citação ABNT:
ROVER, S.; TOMAZZIA, E. C.; MURCIA, F. D.; BORBA, J. A. Explicações para a divulgação voluntária ambiental no Brasil utilizando a análise de regressão em painel. RAUSP Management Journal, v. 47, n. 2, p. 217-230, 2012.
Citação APA:
Rover, S., Tomazzia, E. C., Murcia, F. D., & Borba, J. A. (2012). Explicações para a divulgação voluntária ambiental no Brasil utilizando a análise de regressão em painel. RAUSP Management Journal, 47(2), 217-230.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/7551/explicacoes-para-a-divulgacao-voluntaria-ambiental-no-brasil-utilizando-a-analise-de-regressao-em-painel/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ADAMS, C. Internal organizational factors influencing corporate social and ethical reporting: beyond current theorising. Accounting, Auditing and Accountability Journal, v. 15, n. 2, p. 223-250, 2002.

ADAMS, C.; HILL, W.; ROBERTS, C. Corporate social reporting practices in Western Europe: legitimating corporate behavior? The British Accounting Review, London, v. 30, n. 1, p. 1-21, Mar. 1998.

AHMAD, Z.; HASSAN, S.; MOHAMMAD, J. Determinants of environmental reporting in Malaysia. International Journal of Business Studies, Perth, v. 11, n. 1 p. 69-90, June 2003.

AKERLOF, G. The market for 'lemons': quality, uncertainty and market mechanism. Quarterly Journal of Economic, Cambridge, v. 84, n. 3, p. 488-500, Ago. 1970.

ALCIATORE, M. L.; DEE, C. C. Environmental disclosures in the oil and gas industry. Advances in Environmental Accounting and Management, Amsterdam, v. 3, n. 1, p. 49-75, Ago. 2006.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. 3 ed. Lisboa: Edições 70, 2004.

BERTHELOT, S.; CORMIER, D.; MAGNAN, M. Environmental disclosure research: review and synthesis. Journal of Accounting Literature, Gainesville, v. 22, n. 1, p. 1-44, 2003.

BRAGA, J. P.; SALOTTI, B. M. Relação entre nível de disclosureambiental e características corporativas de empresas no Brasil. In: CONGRESSO USP DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EM CONTABILIDADE, 5.; 2008, São Paulo. Anais. . . São Paulo: FEA-USP, 2008.

COWEN, S. S.; FERRERI, L. B.; PARKER, L. D. The impact of corporate characteristics on social responsibility disclosure: a typology and frequency-based analysis. Accounting, Organisations and Society, v. 12, n. 2, p. 111-122, Mar. 1987.

CUNHA, J. V. A. da; RIBEIRO, M. Divulgação voluntária de informações de natureza social: um estudo nas empresas brasileiras. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO EPESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO, 30.; 2006, Salvador. Anais... Brasília: Anpad, 2006.

CUNHA, J. V. A. da; RIBEIRO, M. Divulgação voluntária de informações de natureza social: um estudo nas empresas brasileiras. Revista de Administração - eletrônica (RAUSP-e), v. 1, n. 1, p. 1-23, jan. /jun. 2008.

DEEGAN, C. The legitimizing effect of social and environmental disclosures: a theoretical foundation. Accounting, Auditing and Accountability Journal, Bradford, v. 15, n. 3, p. 282-311, Ago. 2002.

DUARTE, P. C.; LAMOUNIER, W. M.; TAKAMATSU, R. T. Modelos econométricos para dados em painel: aspectos teóricos e exemplos de aplicação à pesquisa em contabilidade e finanças. In: CONGRESSO USP DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EM CONTABILIDADE, 4.; 2007, São Paulo. Anais... São Paulo: FEA-USP, 2007.

DYE, R. An evaluation of “essays on disclosure” and the disclosure literature in accounting. Journal of Accounting and Economics, Amsterdam, v. 32, n. 1-3, p. 181-235, Dec. 2001.

EPSTEIN, M. J. The identification, measurement, and reporting of corporate social impacts: past, present and future. Advances in Environmental Accounting and Management, Amsterdam, v. 2, n. 1, p. 1-29, Dec. 2003.

FIRTH, M. The impact of size, stock market listing and auditors on voluntary disclosure in corporate annual reports. Accounting and Business Research, London, v. 9, n. 36, p. 273-280, Autumn 1979.

GALLON, A. V.; SOUZA, F C de; ROVER, S.; VAN BELLEN, H. M. Um estudo longitudinal da produção científica em administração direcionada a temática ambiental. Revista Alcance, Biguaçu, v. 15, n. 1, p. 81-101, jan. /abr. 2008.

GRAY, R.; BEBBINGTON, J. Accounting for the environmental. 2nd ed. London: Sage, 2001.

GRAY, R.; KOUHY, R.; LAVERS, S. Corporate social and environmental reporting: a review of the literature and a longitudinal study of UK disclosure. Accounting, Auditing and Accountability Journal, Bradford, v. 8, n. 2, p. 47-77, 1995.

GRAY, R.; KOUHY, R.; LAVERS, S. Methodological themes: constructing a research database of social and environmental reporting by UK companies. Accounting, Auditing and Accountability Journal, Bradford, v. 8, n. 2, p. 78-101, 1995.

GREENE, W. H. Econometric analysis. 5th ed. New Jersey: Prentice Hall, 2003.

HACKSTON, D.; MILNE, M. Some determinants of social and environmental disclosure in New Zealand companies. Accounting, Auditing and Accountability Journal, Bradford, v. 9, n. 1, p. 77-108, 1996.

HO, L. J.; TAYLOR, M. An empirical analysis of triple bottom--line reporting and its determinants: evidence from the United States and Japan. The Journal of International Financial Management and Accounting, v. 18, n. 2, p. 123-150, May 2007.

KPMG. KPMG international survey of corporate responsibility reporting 2005. Disponível em: . Acesso em: 4 set. 2009.

LIMA, G. Utilização da teoria da divulgação para avaliação da relação do nível de disclosure com o custo da dívida das empresas brasileira. 2007. 118p. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, São Paulo, Brasil, 2007.

LIU, X.; ANBUMOZHI, V. Determinant factors of corporate environmental information disclosure: an empirical study of Chinese listed companies. Journal of Cleaner Production, Amsterdam, v. 17, n. 6, p. 593-600, Abr. 2009.

LOPES, A. B. Teoria dos contratos, governança corporativa e contabilidade. In: LOPES, Alexsandro Broedel; IUDíCIBUS, Sérgio de. (Org.). Teoria avançada da contabilidade. São Paulo: Atlas, 2004.

LOPES, A. B.; MARTINS, E. Teoria da contabilidade: uma nova abordagem. São Paulo: Atlas, 2005.

MASULLO, D. G.; LEMME, C. F. Nível de internacionalização como condicionante da divulgação de informações sobre responsabilidade ambiental nas grandes empresas brasileiras de capital aberto. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM ADMINISTRAÇÃO, 29.; 2005, Brasília. Anais... Brasília: Anpad, 2005.

MORRIS, R. D.; TRONNES, P. C. The determinants of voluntary strategy disclosure: an international comparison. In: AMERICAN ACCOUNTING ASSOCIATION (AAA), 2008, Anaheim. Proceedings... Anaheim: AAA, 2008.

MURCIA, F. D.; ROVER, S.; SANTOS, A. dos; BORBA, J. A. Determinants of corporate environmental reporting in Brazil: the case of industries sensitive to the environment. In: NORTH AMERICAN CONGRESS ON SOCIAL AND ENVIRONMENTAL ACCOUNTING RESEARCH (CSEAR), 2008, Montreal. Proceedings. . . Montreal: CSEAR, 2008.

MURCIA, F. D.; SANTOS, A dos; SALOTTI, B. M.; NASCIMENTO, A. R. do. Mapeamento da pesquisa sobre disclosure ambiental no cenário internacional: uma revisão dos artigos publicados em periódicos de língua inglesa no período de 1997-2007. In: CONGRESSO USP DE CONTABILIDADE E CONTROLADORIA, 8.; 2008, São Paulo. Anais. . . São Paulo: FEA-USP, 2008.

NOSSA, V. Disclosure ambiental: uma análise do conteúdo dos relatórios ambientais de empresas do setor de papel e celulose em nível internacional. 2002. Tese (Doutorado em Controladoria e Contabilidade) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, São Paulo, Brasil, 2002.

RIBEIRO, A. M.; VAN BELLEN, H. M. Evidenciação ambiental: uma comparação do nível de evidenciação entre os relatórios de empresas brasileiras. In: CONGRESSO USP DECONTABILIDADE E CONTROLADORIA, 8.; 2008, São Paulo. Anais. . . São Paulo: FEA-USP, 2008.

ROVER, S.; MURCIA, F. D.; BORBA, J. A.; VICENTE, E. F. R. Divulgação de informações ambientais nas demonstrações contábeis: um estudo exploratório sobre o disclosuredas empresas brasileiras pertencentes a setores de alto impacto ambiental. Revista de Contabilidade e Organizações, Ribeirão Preto, v. 3, n. 2, p. 53-72, maio/ago. 2008.

SALOTTI, B.; YAMAMOTO, M. Ensaio sobre a teoria da divulgação. Brazilian Business Review, Vitória, v. 2, n. 1, p. 53-70, jan. /jun. 2005.

VERRECCHIA, R. Essays on disclosure. Journal of Accounting and Economics, Amsterdam, v. 32, n. 1-3, p. 97-180, Dec. 2001.

WATTS, R.; ZIMMERMAN, J. Towards a positive theory of the determination of accounting standards. Accounting Review, Pittsburgh, v. 53, n. 1, p. 112-134, Jan. 1978.

WILMSHURST, T. D.; FROST, G. R. Corporate environmental reporting a test of legitimacy theory. Accounting Auditing and Accountability Journal, Bradford, v. 13, n. 1, p. 10-26, 2000.

YUSOFF, H.; LEHMAN, G.; NASIR, N. Environmental engagements through the lens of disclosure practices: a Malaysian story. Asian Review of Accounting, Kowloon, v. 14, n. 1/2, p. 122-148, 2006.