O programa de manejo diferenciado e reciclagem de resíduos da Prefeitura de Belo Horizonte Outros Idiomas

ID:
8055
Resumo:
Em consequência do grande volume de resíduos gerados e visando a recuperação ambiental, a empresa municipal responsável pela limpeza urbana de Belo Horizonte implantou, a partir de 1993, o Programa de Manejo Diferenciado e Reciclagem de Resíduos, buscando devolvê-los como matéria-prima para o setor produtivo, ou de forma a não agredir o meio ambiente. Foram criadas, também, unidades de reciclagem de entulho. Atualmente, encontram-se em operação três dessas unidades, localizadas em bairros distintos da cidade. Pretende-se, por meio deste artigo, apresentar a implantação Programa para a Correção das Deposições e Reciclagem de Resíduos da Construção Civil em Belo Horizonte - implantado com o objetivo de corrigir os problemas ambientais urbanos gerados pela deposição indiscriminada e clandestina de resíduos de construção nas vias urbanas, um panorama da situação atual do gerenciamento de resíduo de construção civil no município, como funcionam as Unidades de Recebimento de Pequenos Volumes e a importância que isto representa numa abordagem mais atual de gerenciamento integrado de resíduos sólidos municipais, cujas principais recomendações são: a prevenção; a reutilização; a recuperação; a reciclagem; o tratamento; a disposição final; a recuperação de áreas degradadas e a ampliação da cobertura de serviços ligados aos resíduos.
Citação ABNT:
MORAES, R. O.; PEREIRA, P. M. S. O programa de manejo diferenciado e reciclagem de resíduos da Prefeitura de Belo Horizonte. Revista de Gestão Social e Ambiental, v. 6, n. 1, p. 117-126, 2012.
Citação APA:
Moraes, R. O., & Pereira, P. M. S. (2012). O programa de manejo diferenciado e reciclagem de resíduos da Prefeitura de Belo Horizonte. Revista de Gestão Social e Ambiental, 6(1), 117-126.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/8055/o-programa-de-manejo-diferenciado-e-reciclagem-de-residuos-da-prefeitura-de-belo-horizonte/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
Ângulo, S. C., Zordan, S. E., John,V. M.(2001) Desenvolvimento sustentável e a reciclagem de resíduos na construção civil. In: IV Seminário Desenvolvimento Sustentável e Reciclagem na Construção. São Paulo, 2001.

Barros, R., Moller, L. M.(1995) Limpeza pública in Manual de Saneamento e Meio Ambiente para os Municípios. V. 2 – Saneamento. BH/DESA/GTZ.

Brollo, M. J., Silva, M. M. (2001) Política e gestão ambiental em resíduos sólidos. Revisão e análise sobre a atual situação Brasil. In: Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, 21. João Pessoa/PB.

Epa (1995) Decision Marker´s Guide to Solid Waste Management. – V. II, Cap. 3

Fiúza, S. M. (2001) Projeto para unidades de recolhimento de entulho da construção civil, Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, 21. João Pessoa/PB

Ibam/Sedu (2001) Manual de gerenciamento integrado de resíduos sólidos. Rio de Janeiro.

John, V. M., Agopyan, V.(2000) – Reciclagem de Resíduos da Construção. In: Seminário de Resíduos Sólidos e Domiciliares. São Paulo, 2000.

Lima, E. S.; Chenna, S. I. (2000) Reciclagem de entulho, Viçosa, CPT.

Pinto, T. P.(1999) Metodologia para a gestão diferenciada de resíduos de construção urbana. Tese de doutorado. São Paulo/USP.

Relatório SLU “Gerenciamento dos Resíduos Sólidos Urbanos em Belo Horizonte: um enfoque com base na realidade ambiental e sócio-econômica”, s.d. Relatórios de Atividades da Limpeza Urbana, SLU, de 1993 a 2007

Silva, P. J., Brito, M. J. (2006) Práticas de gestão de resíduos da construção civil: uma análise da inclusão social de carroceiros social de carroceiros e cidadãos desempregados, Gestão & Produção.

Amaral, V. G. (2006) Política e resolução de conflitos urbanos: o caso do aterro sanitário de Belo Horizonte/MG. Dissertação de Mestrado. FAFICH/UFMG.