Previsão da demanda turística da cidade de Foz do Iguaçu: uma aplicação com os modelos ARIMA Outros Idiomas

ID:
8987
Resumo:
O turismo é reconhecido como uma atividade econômica de importância regional e mundial. Com a importância adquirida por essa atividade, o turismo vem ganhando a cada dia mais atenção dos Governos, das organizações tanto governamentais como não governamentais, bem como nos meios acadêmicos. Em algumas localidades, o desenvolvimento do turismo representa a possibilidade de geração de empregos e receitas, visto que interfere em vários setores, ressaltando a sua relevância para a economia, através do seu efeito multiplicador. Dentro desse contexto, o presente estudo propõe-se a desenvolver um modelo de previsão de demanda turística para o segundo maior pólo turístico, relacionado ao lazer, do Brasil, localizado no Estado do Paraná, na cidade de Foz do Iguaçu. Essa previsão foi realizada através da análise dos anos de 1999 a 2009, da demanda turística da cidade de Foz do Iguaçu, considerando os dados relacionados à chegada de passageiros na referida cidade. Os modelos de previsão aplicados foram os modelos ARIMA com intervenção e ARIMA X-12, os quais apresentaram uma previsão de demanda adequada para o planejamento dos recursos a serem aplicados na área de turismo na localidade estudada cuja previsão de crescimento para os próximos anos pode ser usada para tomadas de decisão estratégica relacionadas ao crescimento turístico.
Citação ABNT:
CASANOVA, S.; ARAUJO, V. M. G.; SILVA, W. V.; ROCHA, D. T. Previsão da demanda turística da cidade de Foz do Iguaçu: uma aplicação com os modelos ARIMA. Turismo: Visão e Ação, v. 14, n. 3, p. 366-385, 2012.
Citação APA:
Casanova, S., Araujo, V. M. G., Silva, W. V., & Rocha, D. T. (2012). Previsão da demanda turística da cidade de Foz do Iguaçu: uma aplicação com os modelos ARIMA. Turismo: Visão e Ação, 14(3), 366-385.
Link Permanente:
http://www.spell.org.br/documentos/ver/8987/previsao-da-demanda-turistica-da-cidade-de-foz-do-iguacu--uma-aplicacao-com-os-modelos-arima/i/pt-br
Tipo de documento:
Artigo
Idioma:
Português
Referências:
ARCHER, B. Travel, tourism and hospitality research: A handbook for managers and researchers. 1987.

BENI, Mário Carlos. Análise Estrutural do Turismo. 5 ed. São Paulo: SENAC São Paulo, 2001.

BENI, Mário Carlos. Política e Planejamento de Turismo no Brasil. São Paulo: Aleph, 2006.

BRASIL Ministério do Turismo. Estatísticas e Indicadores no Mundo 2009. Disponível em: . Acesso em: 10 ago.2010.

BUTLER, R.; HALL, C. M.; JENKINS, J. Tourism and Recreation in Rural Areas. Chichester, UK: John Wiley & Sons. 1998.

CARVALHEIRO, Elizângela Mara; STAMM, Cristiano; LIMA, Jandir Ferreira de. A Análise da Movimentação Turística no Município de Foz do Iguaçu (PR) – 1983 a 2000. Informe GEPEC, v. 7, n. 2, 2003. Disponível em: Acesso em: 02 set.2010.

CHETTY, Pryia. Advantages of Forecasting the Demand for Tourism. Disponível em: . Acesso em: 01/05/2012.

DIAS, Reinaldo. Introdução ao Turismo. São Paulo: Atlas, 2005.

DIAS, Reinaldo; CASSAR, Maurício. Fundamentos do Marketing Turístico. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.

JUNG, Carlos Fernando. Metodologia Científica: Ênfase em Pesquisa Tecnológica. Disponível em: http://www.geologia.ufpr.br/graduacao/metodologia/metodologiajung.pdf. Acesso em: 10 ago.2010.

LAGE, Beatriz Helena G.; MILONE, Paulo Cesar. Fundamentos Multidisciplinares do Turismo: Economia do Turismo. In: TRIGO, Luiz Gonzaga Godoi (Org.). Turismo: Como Aprender, Como Ensinar. 2 ed. São Paulo: SENAC São Paulo, 2001. p. 151 175.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de Metodologia Científica. 7 ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MORLEY, C. L. Modeling International Tourism Demand: model specification and strucuture. Journal of travel research, p. 44, 1991.

NODARI, Maria Zeneide Ricardi. As Contribuições do Turismo para a Economia de Foz do Iguaçu. 2007. 97 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Econômico) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2007. Disponível em: http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/bitstream/1884/15157/1/Disserta_Zeneide_final_21.04.2008.pdf. Acesso em: 02 set.2010.

OMT. Recomendações Internacionais para Estatísticas de Turismo 2008. Tradução Vanessa Moreira Guedes de Araújo. Disponível em: . Acesso em: 10 ago.2010.

PARANÁ Prefeitura de Foz do Iguaçu. Caminhos do Paraíso. Disponível em: http://www.fozdoiguacu. pr.gov.br/portal2/home_turismo/index.asp. Acesso em: 11 set.2010.

PARANÁ Prefeitura de Foz do Iguaçu. Estatísticas. Disponível em: http://www.fozdoiguacu.pr.gov.br/ Turismo/uploadFiles/Estatistica_Sintese_2009.pdf. Acesso em: 11 set.2010.

PARANÁ Prefeitura de Foz do Iguaçu. Localização. Disponível em: . Acesso em: 10 ago.2010.

PARANÁ Secretaria de Estado do Turismo. Dados Estatísticos Relativos ao Turismo do Paraná 1996/2004. Curitiba, 2004.

PARANÁ Secretaria de Estado do Turismo. Dados Gerais sobre o Turismo no Estado. Disponível em: . Acesso em: 10 ago.2010.

PARANÁ Secretaria de Estado do Turismo. Foz do Iguaçu em Dados: Estudo da Demanda Turística 1995 2007. Disponível em: . Acesso em: 10 ago.2010.

PARANÁ Secretaria de Estado do Turismo. Plano de Desenvolvimento do Turismo do Paraná 2008 2011. Disponível em: . Acesso em: 10 ago.2010.

PARANÁ. Lei Estadual nº 15.973/2008. Política de Turismo do Paraná. Estabelece a Política de Turismo do Paraná, conforme especifica e adota outras providências. Diário Oficial nº. 7.849. Curitiba, PR, de 13 nov. 2008. Disponível em: . Acesso em: 10 ago.2010.

RIBEIRO, Uirá; CRUZ, Carla. Metodologia Científica: Teoria e Prática. 2. ed. Rio de Janeiro: Axcel Books do Brasil, 2004.

STEBBINS, Robert A. Identify and cultural tourism. Department of Sociology. University of Calgary, Canadá. 1996.

WTTC. Economic Data Search Tool. Disponível em: . Acesso em: 10 ago.2010.